Do mesmo universo da trilogia As Aventuras de Tibor Lobato, em Missão Carbúnculo, o ganancioso Pedro Malasartes se une a Cosmo, um boto cor-de-rosa que pode assumir a forma humana, em uma difícil missão: Resgatar os saberes de uma população inteira, roubados por um lendário e perigoso lagarto conhecido como Carbúnculo. 

          Entretanto, todo o conhecimento roubado está aprisionado no interior da pedra preciosa que o lagarto tem incrustada na testa. Para concluir a missão, ambos precisarão vencer sete desafios pelo caminho e desvendar os mistérios que rondam a criatura, iniciando assim uma jornada fascinante e perigosa. 

          Nesta aventura diversos personagens do imaginário popular brasileiro se misturam entre aliados e vilões como Cobra Honorato, Maria Caninana, Caipora, Makunaima, Pavão Misterioso e tantos outros, em situações das mais malucas possíveis.


@Gustavo Barberá - 12/11/2019.




          Um clássico instantâneo quando foi publicado em 1985, a aclamada e premiada distopia de Margaret Atwood ganha vida nesta Graphic Novel ilustrada por Renée Nault. Ocupando novamente a lista de mais vendidos em vários países e adaptado para a TV em uma série de sucesso (The Handmaid’s Tale, no original), vencedora do Emmy e Globo de Ouro, O conto da Aia chega ao Brasil em formato ilustrado com texto original.  

          A história é icônica: As mulheres de Gilead não têm direitos. Elas são divididas em categorias, cada qual com uma função muito específica no Estado. A Offred coube ser aia, o que significa pertencer ao governo e existir unicamente para procriar, depois que uma catástrofe nuclear tornou estéril um grande número de pessoas.

          As mulheres transformadas em aias são entregues a algum homem casado do alto escalão do exército e obrigadas a fazer sexo com eles até engravidar. Depois de dar à luz, elas amamentam a criança por alguns meses, sendo o bebê propriedade do casal que as escravizou, e então são entregues a outro homem, agora com outro nome.

         Despojada de suas liberdades mais básicas (trabalho, propriedade, seu próprio nome), Offred relembra outro tempo, não muito distante, quando ela era valiosa por mais que seus ovários.

          Instigante, impactante e assustador, O Conto da Aia ganhou relevância desde que foi originalmente publicado, e continua sendo uma das histórias mais poderosas e amplamente lidas de nossos tempos. A edição Graphic novel é um presente para a legião crescente de fãs de Atwood, onde a aterrorizante realidade de Gilead é trazida à vida como nunca antes através da interpretação da canadense Renée Nault, que se utiliza da cor vermelha, tão simbólica na distopia, para nos transportar até a realidade de mulheres que lutam por sua identidade e liberdade.


@Gustavo Barberá - 11/11/2019.





         Em 1987, na Península de Yamal, na Sibéria, uma descoberta pode mudar o futuro da humanidade.
Durante uma caçada, o soviético Yuri encontra dentro de uma caverna de gelo quatro corpos de seres humanos, que ficaram congelados e preservados por 38 mil anos.

          Reconhecendo a oportunidade de ganhar uma fortuna, o ganancioso primo de Yuri vende um deles, clandestinamente, a membros de uma sociedade secreta que há décadas busca desvendar o enigma da imortalidade.

          Quando o impensável acontece e eles conseguem trazer o corpo de volta à vida, cientistas de várias partes do mundo entram em uma disputa sem limites pelo homem que venceu a morte.

          Só que, ao retomar a consciência, o primeiro imortal recupera também suas memórias, desejos e sonhos. E decide reaver o que é seu, fazendo com que o projeto saia totalmente de controle.

          Em sua estreia na ficção, o renomado autor Rodrigo N. Alvarez leva o leitor por uma viagem no tempo e por lugares tão diversos como Sibéria, Romênia, Estados Unidos, França, Alemanha e Brasil, passando por cavernas, geleiras, florestas, museus e centros de pesquisa de última geração.

          Com enorme habilidade, tece uma colcha narrativa mesclando arte, paleontologia, história e antropologia para contar a emocionante jornada de um sapiens ancestral em busca do sentido da própria existência.


@Gustavo Barberá - 10/11/2019.






          Dizem que segredos não sobrevivem por muito tempo em cidades pequenas. Mas, em Três Rios, eles estão por toda parte há tempo demais. Sombrios, aterrorizantes e indecifráveis — um espelho da cidadezinha onde tudo aquilo que é estranho e profano sempre encontra um jeito de se manifestar na superfície. O encontro inevitável de Cesar Bravo com a DarkSide® Books veio das profundezas. Algo visceral, que era para ser, como todas as coisas assinadas com sangue. 

          Ultra Carnem selou o pacto entre a editora mais sinistra do Brasil e a mente maldita de Bravo, povoando os pesadelos dos leitores, que pediram mais. Mais histórias. Mais mistérios. Uma nova experiência sobrenatural, quem sabe? Em VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, Bravo guia os leitores amaldiçoados até os cantos mais sombrios de nossas mentes. E a cidadezinha de Três Rios, localizada no noroeste paulista, é o palco principal — um ponto de encontro de todas as coisas estranhas que acontecem nas redondezas. O inferno corre por essas águas e lança suas sementes nessa terra. Um lugar vivo e pronto para devorar o próximo filho que renegar sua origem.  

          VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue se passa em um período especial e repleto de esquisitices, entre 1985 e 1995, e tem início em uma videolocadora peculiar capaz de alugar os sonhos e as vidas de seus clientes. Quem viveu nessa época vai ter para sempre suas lembranças com textura de VHS. Bravo constrói a narrativa de seu novo romance de horror fragmentado com base em registros orais, casos sinistros e uma porção de detalhes que rodeiam a vida dos moradores de Três Rios — mandingas macabras, crimes brutais, animais soturnos e inúmeros mapas, notícias de jornais e anúncios compõem o imaginário de um local esquecido pelo tempo. “Os relatos mais sangrentos de Três Rios têm lastro na vida real, e vão empurrar o leitor em um dilema moral”, comenta o autor, Cesar Bravo. 

          Em VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, cada fragmento é uma memória, algo a ser dividido, e os relatos dos habitantes de Três Rios deixa de ser pessoal e passa a fazer parte de um todo. As várias faces do horror se manifestam e prometem assombrar qualquer um que ousar mergulhar nas páginas desta obra. “A grandiosidade da vida está na reunião de episódios insólitos, belos e dantescos”, complementa. 

          A escrita de Cesar Bravo se mostra ainda mais audaciosa e transgressora em seu segundo livro publicado pela DarkSide® Books. Fãs de Stephen King, Clive Barker, Joe Hill e Robert Chambers têm outro mestre para seguir — com uma voz única e muito brasileira, o terror nacional volta a respirar na pele da nova geração de autores e leitores sedentos por histórias que deem voz a nossa identidade.


@Gustavo Barberá - 09/11/2019.





          Floresta dos medos é uma Grafic Novel que traz cinco contos de terror e sobrenatural que vai te impressionar com seu conteúdo. É uma obra que te leva ao ápice do pesadelo, pois suas histórias parecem sonhos que te atormentam a noite toda e te faz transpirando e com muito medo. Desejando saber mais, confira a resenha completa, clicando AQUI.

@Gustavo Barberá - 08/11/2019.





          Sozinha no mundo, Eleanor fica encantada ao receber uma carta do dr. Montague convidando-a para passar um tempo na Casa da Colina, um local conhecido por suas manifestações fantasmagóricas. O mesmo convite é feito a Theodora, uma alma artística e sensitiva, e a Luke, o herdeiro da mansão. 

          Porém, o que começa como uma exploração bem-humorada de um mito inocente se transforma em uma viagem para os piores pesadelos de seus hóspedes. Com o tempo, fica cada vez mais claro que a sanidade ― e a vida ― de todos está em risco.
 
          Nenhum organismo vivo pode existir muito tempo com sanidade sob condições de realidade absoluta; até cotovias e gafanhotos, supõem alguns, sonham. A Casa da Colina, desprovida de sanidade, se erguia solitária contra os montes, aprisionando as trevas em seu interior; estava desse jeito havia oitenta anos e talvez continuasse por mais oitenta. 

          Lá dentro, paredes continuavam de pé, tijolos se juntavam com perfeição, assoalhos estavam firmes e portas estavam sensatamente fechadas; o silêncio se escorava com equilíbrio na madeira e nas pedras da Casa da Colina, e o que entrasse ali, entrava sozinho.


@Gustavo Barberá - 08/11/2019.





          Outubro é o mês que o Leitura Enigmática dedica à leituras de terror e suspense, pelo fato de se comemorar o Halloween. E esse ano fiquei muito feliz de ter lido muitos títulos excelentes. Fiquei bem satisfeito com minhas leituras. Agradeço ao escritor Tiago Oaks pela gentileza de ter cedido sua obra. Fiquem sabendo com mais detalhes das minhas leituras, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá - 06/11/2019.






          Para os apreciadores e fãs do mais conhecido escritor gótico do mundo, Edgar Allan Poe, acaba de chegar ao mercado literário “A sociedade dos corvos II”, uma coletânea de contos escritos por autores brasileiros, baseados nos texto do escritor norte americano, lançado recentemente pela editora Coerência. Fique por dentro desse super lançamento, lendo a resenha completa. Confira, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá - 05/11/2019.





          Há anos, a jovem Briony Larkin esconde alguns segredos... Segredos que comprometeram para sempre a saúde mental de sua irmã gêmea, Rose, e que mataram sua madrasta. Mistérios que a impedem de sair de Swampsea. Consumida pela culpa, Briony só encontra alívio nas profundezas do pântano, cercada pela presença dos Antigos os espíritos que assombram o lugar. 

          O problema é que só as bruxas podem vê-los, e na sua aldeia elas são condenadas à morte. Por isso, ela vive com medo de que seu segredo seja descoberto, mesmo que ela acredite merecer as piores punições por todo o mal que já fez às pessoas que ama. A chegada de Eldric faz sua vida mudar, pois ele representa o que ela sempre desejou ser, tudo aquilo que ela teme sentir. Prender-se à magia ou libertar-se para o amor? Caberá a Briony fazer a decisão mais importante.


@Gustavo Barberá - 04/11/2019.





Imagine se do nada uma mulher com olhos e boca costurados se materializasse em sua sala ou nos pés da sua cama na calada da noite e ficasse lá, imóvel, somente te observando. É o que acontece em “Hex”, uma obra da Darkside books que te deixará totalmente perturbado. E não adianta fechar portas e janelas que isso não a impedirá dela fazer aquela visita inesperada. Deseja saber mais? Então confira a resenha completa, clicando AQUI.

@Gustavo Barberá - 03/11/2019.





"Coleção Folha - O melhor de Agatha Christie"


           Hoje venho com o último volume dessa magnífica coleção da rainha do crime que conquistou milhares de fãs com suas histórias repletas de suspense e mistério. O título que fecha com chave de ouro é "Encontro com a morte". Vamos conferir sua sinopse.

           Sinopse: Em uma viagem pelo exótico Oriente Médio, parte de um diálogo chega por acaso a Hercule Poirot: "Você entende que ela tem de ser assassinada, não entende?".

           Consciente da gravidade da situação, Poirot esperará o momento certo para investigar o caso. Enquanto isso, uma família de turistas americanos chama a atenção por onde passa em Jerusalém.

            A matriarca parece exercer um estranho domínio sobre os filhos, criando um clima de tensão que beira o sadismo.

         Uma jovem e curiosa médica se verá atraída por esse núcleo familiar – sem imaginar as consequências fatais. Quando a situação parece ter fugido ao controle, Poirot compreende o verdadeiro significado do diálogo, conduzindo a trama para um magistral desfecho.

           E se você deseja obter outros exemplares,  pode conseguir das seguintes formas:

*Nas bancas;

*Pelo site https://agathachristie.folha.com.br/ ;

*Pelo SAC 3224 3090 (Capital e Grande São Paulo) ou 0800 775 8080 (Demais localidades).

           Cada livro sai por apenas R$ 19,90 e assinantes Folha ou UOL, ao assinarem ganham uma surpresa no fechamento da assinatura. E ainda pode parcelar até em 10x no cartão de crédito.

Boa leitura.

@Gustavo Barberá - 03/10/2019. 





        
          Confirma mais uma resenha que acaba de sair. Em "Pelo sangue que nos une", Soraya Abuchaim mostra o lado diabólico do ser humano, em que ponto ele pode chegar para conseguir o que deseja e também ao realizar uma vingança. E com  muita pitada de sobrenatural que somente Soraya sabe fazer. Confira a resenha completa, clicando AQUI.

@Gustavo Barberá - 01/11/2019.




          Para fechar o mês de outubro com indicações de livros de terror, vamos finalizar o dia do Halloween com o mestre do terror, Stephen King e sua obra clássica "Carrie - a estranha".

          Sinopse: Carrie é uma adolescente tímida e solitária. Aos 16 anos, é completamente dominada pela mãe, uma fanática religiosa que reprime todas as vontades e descobertas normais aos jovens de sua idade. Para Carrie, tudo é pecado. Viver é enfrentar todo dia o terrível peso da culpa. 

          Para os colegas de escola, e até para os professores, Carrie é uma garota estranha, incapaz de conviver com os outros. Cada vez mais isolada, ela sofre com o sarcasmo e o deboche dos colegas. No entanto, há um segredo por trás de sua aparência frágil: Carrie tem poderes sobrenaturais, é capaz de mover objetos com a mente. No dia de sua formatura, Carrie é surpreendida pelo convite de Tommy para a festa - algo que lhe dá a chance de se enxergar de outra forma pela primeira vez. 

          O ato de crueldade que acontece naquele salão, porém, dá início a uma reviravolta cheia de terror e destruição. Chegou a hora do acerto de contas. Carrie, a estranha é um dos maiores clássicos de terror da literatura contemporânea e um dos livros mais aclamados de Stephen King.

          Já leram esse clássico que teve duas adaptações para o cinema?   É muito bom, o Leitura Enigmática recomenda.


@Gustavo Barberá - 31/10/2019.





          Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre bruxas; quase todas as informações devem estar erradas, de qualquer forma. Aquilo que você aprendeu na escola — que, por séculos, centenas de pessoas foram queimadas, torturadas, perseguidas e assassinadas por bruxaria — é um fato. 

          O que ninguém contou para você é que essas pessoas morreram para proteger uma terrível realidade escondida dos meros mortais: bruxas, bruxas de verdade, existem e estão por aí. Elas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar — e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda.É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade.

          Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo... e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso.Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, Wytches é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as HQs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos.

          Para esta série, ele chama o desenhista Jock, que além de também ter trabalhado em Batman, fez artes conceituais para Star Wars — Os Últimos Jedi e o filme ganhador do Oscar Ex_Machina: Instinto Artificial. Com isso, Wytches extrapola a mitologia das bruxas em algo muito mais profundo e amedrontador do que os leitores estão acostumados.Esqueça as escolas de magia, as casas de doces e as maçãs envenenadas; aqui, as bruxas são realmente perigosas e quando você é jurado para elas... bem, tudo que a Caveira pode dizer é que as coisas não terminam muito bem.

          Com todos os materiais extras presentes na edição original — rabiscos, esboços, processos de colorização e textos do autor que explicam a origem do conceito de Wytches — essa é uma edição para ninguém botar defeito. Além disso, como os fãs são os únicos e exclusivos donos do coração da Caveirinha, ela chamou Érico Assis para fazer com que essa história chegasse da melhor maneira para o público brasileiro. Agora, só resta uma questão, querido fã... você jura que está preparado para Wytches?


@Gustavo Barberá - 30/10/2019.









          Olá pessoal, vamos conferir essa dica da Editora Novo Conceito que é de arrepiar. O livro se chama "A desconhecida".

          É uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece cheio de mentiras. Em uma noite de sexta-feira, a rotina confortável e previsível de George Foss é quebrada quando, em um bar, uma bela mulher senta-se ao seu lado.

          A mesma mulher que desaparecera sem deixar vestígios vinte anos atrás. Agora, depois de tanto tempo, ela diz precisar de ajuda e George parece ser o único capaz de salvá-la. Será que ele a conhece o suficiente para poder ajudá-la?


@Gustavo Barberá - 29/10/2019.





          Para quem gosta de uma excelente e perturbadora história de terror, então não deixem de conferir "O herege", de Tiago Oaks, uma trama recheada de espíritos, possessão, exorcismos e demônios, que te deixará ligado o tempo todo nessa magnífica narrativa. Confira a resenha completa, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá - 28/10/2019.






"Coleção Folha - O melhor de Agatha Christie"

 
 
Olá pessoal, hoje venho com dois títulos da rainha do crime que sai de arrepiar vamos conferir...

1) "Treze a mesa": Num mundo de aristocratas excêntricos e de atrizes e atores famosos se tecem os fios da complexa e inquietadora intriga deste romance que poderia levar como subtítulo um baile de máscaras, porque na realidade transforma-se em um cenário macabro de mutantes e enganosas aparências, sob as quais se oculta o rosto de um implacável assassino.

2) "Morte na Mesopotâmia": Para a enfermeira Amy Leatheran, sua paciente era uma caso muito estranho. Louise, casada com um famoso arqueólogo, sofria de angústia nervosa, Segundo seu marido. Suas fantasias eram vívidas e macabras - uma mão decepada um rosto cadavérico contra a vidraça... Mas de que ou de quem ela teria tanto medo? Perto do marido, num sítio arqueológico no deserto do Iraque, ela estaria a salvo. Quase toda a expedição era formada de velhos colegas e amigos. Entretanto, a formalidade do grupo não parecia natural. Pairava no ar uma tensão, um certo desassossego. Algo muito sinistro estava acontecendo. E tinha a ver com assassinato.

Viram que histórias fantásticas? Olha como é fácil adquirir seus exemplares:

*Nas bancas;


*Pelo SAC 3224 3090 (Capital e Grande São Paulo) ou 0800 775 8080 (Demais localidades).

Cada livro sai por apenas R$ 19,90 e assinantes Folha ou UOL, ao assinarem ganham uma surpresa no fechamento da assinatura. E ainda pode parcelar até em 10x no cartão de crédito.

Boa leitura.

 
@Gustavo Barberá - 27/10/2019.





          Uma obra incomparável do medo, escrita de fã para fã. O Massacre da Serra Elétrica [Arquivos Sangrentos] faz uma verdadeira anatomia do clássico de Tobe Hopper, de 1974, apresenta pela primeira vez o making of e a história completa da série, e inclui um prefácio do próprio Leatherface (Gunnar Hansen), fotografias raras, inéditas e muito mais. Aumente o volume de sua serra elétrica e disseque este clássico que ajudou a formar muitos diretores da nova geração. 

          A Coleção Dissecando – Filmes Clássicos de Terror apresenta os bastidores das principais obras do gênero, ressaltando a amizade entre jovens apaixonados por cinema e sangue, que os leva a criar os filmes que queriam fazer, as histórias que queriam contar. 

“Ainda o melhor filme de todos os tempos quando se trata do medo puro e simples.” – Stephen King


@Gustavo Barberá - 26/10/2019.




        
          O folclore é parte integrante da história e da cultura de um povo. Os mitos, lendas e costumes da Europa se espalharam por todo o mundo e hoje fazem parte do nosso imaginário coletivo. Chegou então o momento de darmos ao Folclore Brasileiro o mesmo tratamento.
 
           Muito do que conhecemos sobre o nosso folclore é aquilo que aprendemos nas escolas. Mas se soubéssemos a verdade dessas histórias antigamente, criança alguma dormiria à noite e muitas delas poderiam ter sua infância destruída... Nem tudo é terror, nem tudo é fantasia. Aliás, você pode nunca ter visto, mas isto não significa que não seja real.
 
           Com toda essa riqueza que temos, a antologia Quando a Lenda Ganha Vida reúne quinze autores nacionais que voltaram seus olhos para a tradição e a cultura do nosso povo.


@Gustavo Barberá - 25/10/2019.






Conto: O baile de Halloween
Livro: Helloween – histórias ao redor da fogueira
Autora: vários
Editora: Coerência
Ano: 2018
Páginas: 160
Onde comprar: Amazon

Baile de Halloween é um dos contos que compõe a obra “Halloween – histórias ao redor da fogueira”, escrito pela autora Soraya Abuchaim e que irá deixar o leitor colado nesse texto que está aterrorizante e muito bem bolado.

          A história se passa em uma festa de Halloween realizada em uma escola, onde jovens são assassinados e esquartejados no decorrer da mesma, exceto a jovem Gabriela, que presencia tudo escondida atrás de uma geladeira e consegue sair ilesa, sem que o assassino perceba sua presença.
 

 
   

          Soraya Abuchaim estava inspirada ao escrever esse conto, pois ele poderia virar um especial para TV, pois as cenas e o desfecho dessa história irá te prender da primeira até a última página, está aterrorizante, com direito a sangue e carnificina. Quem curte uma história desse tipo, não imaginam o que está perdendo.



“O homem era enorme, estava usando uma capa preta que cobria tudo, até seu rosto”.



          Narrada em primeira pessoa pela própria Gabi, o conto traz um enredo que possui uma surpresa atrás da outra, e a escritora encontra palavras certas para aquele momento narrado, ficou incrível. Assuntos polêmicos aparecem no conto como bullying e insegurança na adolescência, pois Gabriela era alvo de chacota com um grupo de meninas e isso a chateava muito.

 

 
          E o que falar sobre o final do conto? Perfeito, sinistro, diabólico e aterrorizador. Será uma surpresa para quem ler, mas ao mesmo tempo verá que esse conto faz jus ao nome do livro e ao mês em que essa festa é comemorada. Ela deveria ser lida em toda festa de Halloween, mas não acho uma boa ideia, pois ao seu término, não ficaria uma pessoa no recinto. 


“A música tocava, ele dava uma facada, seu corpo se remexia. Os gritos eram horríveis. Todos gritando ao mesmo tempo, os adultos batendo nas portas para entrar, sons de crianças se afogando em seu próprio sangue. Aliás tinha sangue por todo o lugar. Por que o vermelho do sangue é tão lindo?”.


          Quem ainda não leu essa conto, não imagina o que está perdendo, essa obra além desse conto da Soraya Abuchaim está recheado de outros tão assustadores como esse. Recomendo para todos.


@Gustavo Barberá – 24/10/2019






          Gente, quem gosta de uma história sinistra e aterrorizante, então leia essa obra que está demais. Conheça mais sobre ela...

          Sinopse: Tess Gerritsen é a nova revelação norte-americana do thriller médico. Aclamada por seus fãs como uma versão feminina de Robin Cook, seus romances chegaram às principais listas de mais vendidos nos EUA. O Cirurgião, seu primeiro romance publicado no Brasil, teve os direitos de publicação vendidos para vários países, entre eles Alemanha, França e Itália. O livro narra a história de um serial killer que invade o quarto de mulheres à noite para dissecá-las vivas, arrancando seus úteros.

         E aí, ficaram curiosos? É uma leitura e tanto. Depois digam o que acharam, logo abaixo nos comentários. Até mais pessoal.


@Gustavo Barberá - 23/10/2019.






Conto: Gertrudes pede um conselho
Livro: Clarice Lispector – Todos os contos
Autora: Clarice Lispector
Editora: Rocco
Ano: 2015
Páginas: 656
Onde comprar: Amazon

Hoje é dia de mais uma etapa do projeto #12MesesComClarice2019, onde estou participando com três blogs parceiros, o “Café com leitura” da Ana Cláudia, o “Sobre a leitura” da Amanda e o “Conduta literária” da Fernanda.

          Nesse conto, iremos conhecer Gertrudes, uma adolescente sonhadora e que se sentia de lado e ignorada pela sua família. Cansada de levar essa vida, ela vai a procura de um emprego , o que seria, segundo ela, uma das soluções para seus problemas.

          E nesse emprego ela desejaria ter uma “doutora” que pudesse ser seu refúgio, sua forma de poder se desabafar sobre seus problemas, queria deitar no divã e ser analisada. Estava tão atônita pela entrevista que até imaginava como seria o momento da mesma.






          Ela desejava mudar, mas não sabia como fazer e isso a fazia brigar com sua insegurança e com suas fraquezas, deixando-a colérica e chateada. Até que certo dia, ela se cansa dessa “novela”, descarta a “doutora” e resolve seguir sua vida de forma independente.


“Ela era igual a Amélia, a Lídia, a todo mundo, a todo mundo”.


          Clarice passou de forma explícita a vida de algumas pessoas que são inseguras, solitárias e que desejam se abrir para alguém e que ao passar do tempo, se cansam dessa ladainha, chutam o balde e vão seguir sua vida de forma autônoma, sem mais a necessidade de outra pessoa em seu caminho. 
 
 
 
 
 

          É um conto em que mais uma vez o papel da mulher está presente e novamente Lispector prova que ela não é considerada sexo frágil, pois quando decide tomar uma decisão, não há nada que a faça voltar atrás. É um conto que fará o leitor refletir o tema ficção x realidade. Vale muito a pena conferir quem ainda não leu.


@Gustavo Barberá – 22/10/2019.

 
Menu





          Uma lenda do rock pesado, o cinquentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta. "Vou ‘vender’ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..." Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. 

          Sempre às voltas com seus próprios fantasmas – o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu –, Jude não tem medo de encarar mais um. Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora. O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente – verdadeira sentença de morte. 

          O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude. Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em "A estrada da noite" – e nada é exatamente o que parece. 


@Gustavo Barberá - 21/10/2019.




"Coleção Folha - O melhor de Agatha Christie"


          A rainha do crime chegou com duas super obras para te surpreender. São histórias fascinantes. Confira os títulos da semana retrasada e passada, simultaneamente:

           📘Assassinato no campo de golfe: Monsieur Hercule Poirot recebe uma misteriosa carta de um milionário sul-americano, monsieur Renauld, dizendo precisar dos serviços de um detetive e pedindo sua ajuda. A carta não dá detalhes do caso, nem informa exatamente o que está perturbando monsieur Renauld, só menciona que sua vida está em perigo.
.
           Imediatamente Poirot, seguido de seu assistente, o inseparável Hastings, parte para Merlinville-sur-Mer, uma pequena cidade no litoral francês onde reside o milionário. Porém, ao chegarem à casa de monsieur Renauld, descobrem que ele foi assassinado naquela noite, em um crime brutal: Renauld fora apunhalado pelas costas, estirado ao lado de uma cova no campo de golfe da propriedade.

           📘Seguindo a correnteza: o milionário Gordon Cloade morre num bombardeio aéreo em Londres, deixando tudo o que tinha para sua jovem esposa, Rosaleen. No entanto, cinco outras pessoas que precisavam desesperadamente de dinheiro já tinham combinado dividir sua fortuna, e um violento assassinato é cometido, mas a vítima não é Rosaleen. É então que Hercule Poirot entra em ação para desvendar esse mistério.

           Curiosos? Então veja como é fácil adquirir seus exemplares:

*Nas bancas;

*Pelo site https://agathachristie.folha.com.br/ ;

*Pelo SAC 3224 3090 (Capital e Grande São Paulo) ou 0800 775 8080 (Demais localidades).

           Cada livro sai por apenas R$ 19,90 e assinantes Folha ou UOL, ao assinarem ganham uma surpresa no fechamento da assinatura. E ainda pode parcelar até em 10x no cartão de crédito.

Boa leitura.

@Gustavo Barberá - 20/10/2019.



          Hoje venho com essa super indicação para quem curte um terror de arrepiar. Conheça "Segredos revelados".

          Todo mundo tem segredos. Seja sentimental, familiar, político, doentio, sobrenatural, criminoso, erótico, ganancioso… O que importa é que as consequências podem ser graves, impactantes ou até mesmo catastróficas.

         Os segredos podem durar por toda uma existência ou apenas temporariamente. São segredos justamente porque escondem o lado mais sombrio da psique humana, capaz de praticar os atos mais sórdidos para alcançar seus propósitos.

           Se você tiver um ou mais segredos a esconder, cuidado. Uma vez descobertos, eles podem alterar o curso de muitas vidas, da história ou do mundo. Guarde-os muito bem, antes que alguém os revele!

           E aí, está com curioso... e corajoso para ler? Vamos embarcar nessa aventura horripilante que te deixará atormentado a cada página lida. Até mais pessoal.


@Gustavo Barberá - 19/10/2019.





          - POR QUE VOCÊ USA ESSA FANTASIA IDIOTA DE COELHO?

          - POR QUE VOCÊ ESTÁ VESTINDO ESSA FANTASIA RIDÍCULA DE HOMEM?

          Você ainda não viu esse filme. Mesmo que seja fã de carteirinha, e já tenha assistido a Donnie Darko mais de uma vez - ou dez, ou quinze, quem está contando? Pois a versão que a DarkSide Books está lançando em 2016 é inédita. 

          Pela primeira vez no Brasil, você poderá entrar de cabeça no universo paralelo de Frank, Donnie e seu criador.Não se trata de uma adaptação do longa-metragem de 2001, e muito menos de um romance que poderia ter inspirado o cineasta Richard Kelly. 

          Donnie Darko, o livro, apresenta na íntegra o roteiro original. A primeira materialização da história, sua chance de conhecer a visão original dessa intrigante obra-prima. Kelly escreveu Donnie Darko muito antes de conseguir ordenar luzes, câmera, ação. E mesmo sem atores, figurinos e efeitos especiais, Donnie já estava lá, angustiado com o fim do mundo anunciado por um arauto vestido de coelho.


@Gustavo Barberá - 18/10/2019




          Hoje venho com uma leitura bem forte para esse Halloween. Vamos saber mais...


          A melhor apresentação para este longo e impactante depoimento do padre Gabriele Amorth - cuja redação final coube a Paolo Rodari, um dos melhores vaticanistas da atualidade - poderia se resumir ás palavras de São João Crisóstomo, na segunda homilia do seu De diabolo tentatore: “Não é para mim nenhum prazer falar-vos do diabo, mas a doutrina que este tema me sugere será muito útil para vós”.

           Em pleno império do relativismo, em plena modernidade acrítica, quando parcela da própria Igreja Católica encontra-se impregnada de secularismo e laxismo, este livro tem o poder, nem um pouco desprezível de reapresentar aos homens a materialidade do Mal.

           Padre Gabriele Amorth, exorcista da diocese de Roma desde 1986, arranca Satanás do confortável anonimato em que o colocaram - estado, aliás, pelo qual o demônio nutre exultante predileção - para apresentá-los sem mascaras filosóficas ou atenuações teológicas, vivo e atuante sob o sol de um século pagão e idólatra.

           Mas em meio a dramáticos casos de possessão, a depoimentos que vão muito além do que certa arrogante parapsicologia pretende explicar com infantil serenidade, o que mais impressiona é, no Capitulo 7, a figura do cardeal refestelado em sua sala de estar, pronto a sugerir: "O senhor faz o trabalho de exorcista, mais nós dois sabemos que Satanás não existe, não é verdade?". Ironia que encontra uma resposta adequada na afirmação de Paulo Vl, em 29 de junho de 1972: "Tenho a sensação de que, por alguma fissura, a fumaça de Satanás entrou no templo de Deus".

          Asssutados? Ou curiosos? Leriam essa obra? Deixe em nossos comentários logo abaixo. Até mais.


@Gustavo Barberá - 17/10/2019.




          Ao limpar o escritório de seu pai, falecido há uma semana, a investigadora forense Rory encontra pistas e documentos ocultados da justiça que a fazem mergulhar num caso sem solução ocorrido 40 anos atrás.

          No verão de 1979, cinco mulheres de Chicago desapareceram. O predador, apelidado de Ladrão, não deixou nenhum corpo ou pista — até que a polícia recebeu um pacote enviado por uma mulher misteriosa chamada Angela Mitchell, cujas habilidades não-ortodoxas de investigação levaram à sua identidade. Mas antes que a polícia pudesse interrogá-la, Angela desapareceu.

          Agora, Rory descobre que o Ladrão está prestes ser posto em liberdade condicional pelo assassinato de Angela: o único crime pelo qual foi possível prendê-lo.

          Sendo um ex-cliente de seu pai, Rory reluta em representar o assassino, que continua afirmando não ser o assassino de Angela. Agora o acusado deseja que Rory faça o que seu pai prometeu: provar que Angela ainda está viva.

          Enquanto Rory começa a reconstruir os últimos dias de Angela, outro assassino emerge das sombras, replicando o mesmo modus operandi daqueles assassinatos. A cada descoberta, Rory se enreda mais no enigma de Angela Mitchell, e na mente atormentada do Ladrão.

          Traçar conexões entre passado e presente é a única maneira de colocar um ponto final naquele pesadelo, mas até Rory pode não estar preparada para a verdade. . .


@Gustavo Barberá - 16/10/2019.





          Olha que lançamento incrível que a Editora Coerência está lançando no mês do Halloween. A obra "O inferno é aqui" é uma leitura tão perturbadora que irá atrapalhar suas noites de sono. Vamos conferir sua sinopse?

          Sinopse: Um casal de psicopatas sequestra uma garota acreditando que ela é a reencarnação da filha que perderam durante a gravidez graças a uma noite recheada de drogas, assassinatos e demônios.

           Agora, tentando conquistar o amor da criança, terão que sobreviver a uma caçada policial pelo país. Mas essa não é a maior ameaça. Nem de perto. A loucura, a necessidade de matar e o amor doentio são seus piores inimigos.

           E os demônios?

           Eles ajudam, mas querem a alma da garota.

          Para quemcurte um bom terror, essa sugestão de leitura é ideal. Espero que tenham gostado. Até mais pessoal.

@Gustavo Barberá - 15/10/2019.




          E se a morte não fosse o fim para quem deseja vingança? A partir de uma tragédia pessoal, James O’Barr criou a história de Eric Draven, o protagonista de "O corvo" que retorna para perseguir seus assassinos depois que estes interromperam uma vida de sonhos ao lado de sua amada Shelly.Sucesso desde quando começou a ser publicada de forma seriada e independente, em 1981, a jornada espiritual e a incapacidade de vencer o luto tocaram fundo os leitores, que se aproximaram de O’Barr, muitos de forma reverente. 

          Outra tragédia marcaria o personagem: na adaptação de "O corvo" para o cinema, Brandon Lee, que interpretava o protagonista, foi morto acidentalmente durante as filmagens, por uma bala de verdade, que deveria ser de festim. Todos esses incidentes, aliados à arte em preto e branco, as citações musicais de ícones do pós-punk e o lirismo de James O’Barr, carregam a graphic novel com uma sombria melancolia, que cativou e tocou o coração dos leitores ao redor do planeta.A versão definitiva deste clássico dos quadrinhos traz a força da arte e dos textos góticos de O’Barr, em edição mais que especial. 

          Além de reunir a história completa criada pelo autor na época do lançamento, "O corvo"— Edição Definitiva apresenta ainda trinta páginas de artes inéditas, e uma sequência que o quadrinista não se sentiu a vontade para produzir nos anos 1980, conforme O’Barr confessa na introdução inédita.

          Ler esta edição é uma oportunidade de reviver e de conhecer os anos 1980 por um viés bastante sensível e belo, que perpetua o legado da obra original: a poderosa jornada de um anjo vingativo e a celebração do amor verdadeiro, de forma tão intensa, inteligente e inesquecível como sua concepção original.


@Gustavo Barberá - 14/10/2019.





          Acompanhe uma investigação ocorrida na pequena cidade de Summit Lake, onde Becca Eckersley foi assassinada com requintes de crueldade e alguém está fazendo de tudo para abafar o caso, mas nenhum obstáculo será intransponível para a repórter Kelsey Castle, que quanto mais ela investiga, mais pistas e fatos surpreendentes vão surgindo. A garota do lago é um romance policial que vai te atormentar e ao mesmo tempo te deixar curioso para saber mais do que está acontecendo naquele pequeno local. Saiba mais, lendo a resenha completa, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá - 13/10/2019.






          Ao longo de três décadas, um monstro aterrorizou os moradores de Wichita, Kansas. Um assassino em série que amarrava, torturava e matava mulheres, homens e crianças, iludiu a polícia por anos a fio enquanto se vangloriava de suas terríveis façanhas para a mídia. A nação ficou chocada quando os crimes de BTK — a sigla para os termos em inglês bind, torture, kill, que eram sua assinatura criminosa — foram enfim associados a Dennis Rader, um vizinho amigável, marido devoto e respeitado presidente da congregação de uma igreja local. O jornal Wichita Eagle fez a cobertura do assassino em série desde seu primeiro ataque, em janeiro de 1974. Desde então, o jornal, a polícia e o assassino desenvolveram um intricado relacionamento. 

          Foi por meio do Eagle que BTK enviou sua primeira mensagem, em 1974. Foi para o Eagle que, alguns anos depois, o desesperado chefe de polícia de Wichita pediu ajuda para criar uma armadilha para o assassino. Foi em uma carta para o Eagle que BTK anunciou seu reaparecimento, em 2004. E foi por meio dos classificados do jornal que o chefe da investigação levou BTK a cometer um erro que resultou em sua captura, em 2005. O Wichita Eagle transcreveu todo o julgamento e o postou na internet para que a população tivesse acesso à informação. 

          A imagem da estranha máscara feita de plástico resistente, na qual ele pintara lábios, cílios e sobrancelhas se tornou icônica entre as evidências do caso. A cobertura abrangente e aprofundada — que gerou mais de oitocentos artigos entre 2004 e 2006 — rendeu prêmios jornalísticos e elogios a uma dedicada equipe compromissada com a verdade. E virou livro. BTK Profile: Máscara da Maldade é um registro contundente e não uma mera reconstituição do caso, com uma narrativa íntima e completa de um pesadelo que assolou a cidade de Wichita por décadas, contada em primeira mão pelas pessoas que estavam lá desde a chocante descoberta. 

          Os repórteres que cobriram o caso reuniram documentos, evidências e depoimentos da força-tarefa designada para a investigação, colocando todas as peças do horrendo quebra-cabeça em seu devido lugar. Enquanto muitos se concentraram apenas em retratar o mal, o competente time por trás deste livro optou por dedicar a mesma quantidade de tempo às pessoas que o erradicaram. As pessoas que detiveram BTK são policiais de verdade — personagens de carne e osso que baixaram a guarda para que os leitores pudessem seguir com eles em missões de vigilância e confronto, para dentro de seus lares e corações. 

          Os fãs da linha Crime Scene agora têm à disposição uma obra completa e cuidadosamente escrita para estudar o caso de Dennis Rader, o BTK. Em 2005, após a sua prisão e confissão, Dennis Rader teve a sua história contada no filme Hunt for the BTK Killer, de Stephen T. Kay, e também serviu de inspiração para Stephen King no conto “Um Bom Casamento”. Mindhunter, série da Netflix produzida por Charlize Theron e David Fincher, traz o assassino em destaque em sua segunda temporada, que tem estreia confirmada para agosto deste ano. 

          BTK Profile: Máscara da Maldade é um livro que investiga a mente e o comportamento humano e entra para a Coleção Profile da linha Crime Scene® ao lado de Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado e Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino. O trabalho de Wenzl, Potter, Laviana e Kelly nos faz questionar se realmente conhecemos as pessoas que convivem conosco — e o que nos torna vulneráveis diante do perigo.


@Gustavo Barberá - 12/10/2019.




          Pessoal, olha que indicação fantástica que o Leitura Enigmática vem trazendo hoje da Editora Novo Conceito, que aliás tem muito títulos formidáveis e emocionantes como esse. Vamos saber mais da obra "Sete minutos depois da meia noite".

          O livro que inspirou o filme estrelado por Sigourney Weaver, Felicity Jones, Toby Kebbell, Lewis Macdougall e Liam Neeson. Uma aventura que mistura fantasia e realidade. Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida. A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. 

          A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. 

          Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a VERDADE. Baseado na ideia de Siobhan Dowd, "Sete minutos depois da meia-noite" é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.

          Depois dessa descrição, não tem como não ficar sem ler. É uma obra que irá emocionar muito. Essa é a dica de hoje e espero que tenham gostado. Quem já leu ou pretende ler, deixe seu comentário logo abaixo. Até mais!!!


@Gustavo Barberá - 11/10/2019.





          Olha só pessoal que sugestão de leitura arrepiante. Vale muito a pena conferir.

          
          Ela não quer ser igual a você. Ela quer a sua vida!!!

          Quando Fig Coxbury compra uma casa na West Barrett Street, sua maior motivação não é o amor pelo bairro, ou ter se apaixonado pelo imóvel. É para ficar mais próxima de tudo o que ela deseja: o marido, a criança e a vida que pertence a outra pessoa.

         Com os olhos fixos na família Avery, Fig se insere gradualmente na rotina de Jolene, Darius e sua filha, Mercy. E não para por aí… Fig invade a privacidade familiar, e logo acredita que pode assumir, definitivamente, o lugar de Jolene.

         Ela persegue. Copia. Manipula. Cobiça. Usa táticas e cenas a cada momento.

          Toda stalker tem um objetivo. Para Fig, nada deve ficar em seu caminho.

          E SE VOCÊ DESCOBRISSE QUE ESTE LIVRO É BASEADO EM UMA HISTÓRIA REAL?


         Se eu fosse você, já estaria com o meu exemplar e subindo pelas paredes com esse suspense fantástico. Vale muito a pena. Até mais!!!


@Gustavo Barberá - 10/10/2019.