Resenha do livro "Ed e Lorraine Warren - demonologistas"






          Esse livro é diferente dos demais que já li: não se trata de uma ficção, mas sim de relatos verídicos de possessão demoníaca e exorcismos presenciados por Ed e Lorraine Warren, que posteriormente trariam sucessos no cinema como "Anabelle" e "Invocação do mal". É um livro perturbador e aterrorizante, mas que se assemelha a um livro didático do ocultismo e do sobrenatural. Se ficou curioso e tiver coragem,confira a resenha completa, clicando aqui.


@Gustavo Barberá - 30/04/2019.


Projeto "Mentes brilhantes da Contemporaneidade" - Duílio Souza






          Confira a biografia de Duílio Souza, escritor de Minas Gerais que está nos aterrorizando com seu romance policial "Sangue real".  Lá, você irá saber sobre sua carreira e também da sua primeira obra solo, além de outros trabalhos literários. Acesse a página, clicando aqui.


@Gustavo Barberá - 29/04/2019.


Editora Wish resgata os livros Bambi e Pocahontas em edição eco-friendly








   A campanha de financiamento coletivo receberá apoios até o dia 06 de Maio.


          Em sua sétima campanha de financiamento coletivo, a Editora Wish apresenta a coleção Filhos da Floresta, publicado em um box eco-friendly sob o selo de responsabilidade ambiental de papéis. O box traz os títulos “Bambi: uma vida na floresta”, original de 1923 por Felix Salten, e o inédito “Princesa Pocahontas”, romance escrito por Virginia Watson em 1916 com base na história real da famosa princesa indígena. Os dois livros terão em média 320 páginas cada.

       “Bambi: uma vida na floresta” deu origem ao filme de animação “Bambi”, lançado pelos Estúdios Disney em 1942, conquistando o coração de jovens e adultos por tratar de temas como infância, morte e abandono. A tradução será feita por Petê Rissatti (alemão), tradutor de livros como Wild Cards.

         Já o inédito “Princesa Pocahontas” nos narra, de forma mais fidedigna a partir de uma série de pesquisas realizadas pela autora, a história real sobre a vida da princesa indígena Pocahontas. O livro será traduzido para o português por Carolina Caires Coelho, tradutora de livros como Outlander.

         Para financiar a publicação, a editora precisa alcançar a meta de R$67.237,00 reais. Atualmente, já foram alcançados 78% da meta necessária. A campanha seguirá recebendo apoios até às 23h59 do dia 06 de maio.


SERVIÇO

Ano: 2019
Editora: Wish
Número de Páginas: 640
Outras especificações: capa em papel kraft, miolo papel amarelinho
Preço: R$ 72,00
Onde apoiar:
https://www.catarse.me/filhosdafloresta 













          Então é isso pessoal. Vamos ajudar a ter esse sonho realizado e esse projeto concretizado. Esse box está lindo e enfeitará qualquer estante, além de resgatar a infância de muitos leitores. Participem!!! Até a próxima.


@Gustavo Barberá - 28/04/2019. 



A verdadeira história do Lobisomem






          Essas criaturas sempre arrancam terror, medo e desespero nas pessoas. Eles nos fazem permanecermos em casa, trancados a sete chaves em noites de lua cheia. Mas quem são esses seres diabólicos da noite? O Leitura Enigmática trouxe uma matéria com todas essas curiosidades sobre essa fera que possui também sua fama na literatura. Saiba mais, clicando aqui.

@Gustavo Barberá - 27/04/2019.


Literatura infantil e infanto juvenil






          Desde criança tive o bom gosto de ler. Graças a Deus, minha mãe sempre deu valor e a medida que podia entre brinquedos e roupas que ganhava de presente, também haviam livros. Eu devorava tudo rapidinho e queria mais. Conforme fui crescendo, na escola em que estudava, as professoras pediam um livro por mês para ler valendo nota e claro, sempre tirava a nota máxima, pois era algo prazeroso que eu tinha entre as conjugações de verbos e resolução de equações. Com o tempo fiquei fã de carteirinha do escritor Pedro Bandeira e da escritora Giselda Laporta Nicolelis. Li muita, mas muita coisa mesmo deles, além dos que eram pedidos na escola, lia outros por conta própria. Em 2010, tive o prazer de conhecer Pedro Bandeira pessoalmente aqui na feira do livro de minha cidade. A emoção foi indescritível!!! 

          E mesmo agora ainda tenho muito apego com essas histórias e a medida que posso, leio e releio esse tipo de obra, intercalando-as com leituras adultas mais pesadas. Confesso que eles me levam a um clima de nostalgia completa e me deixam cada vez mais apaixonados com suas aventuras que não tem fim. 

           Então é isso pessoal, espero que tenham gostado do post e me digam qual livro marcou sua vida quando criança e adolescente. Até mais!!!


@Gustavo Barberá - 26/04/2019.


Resenha do livro "O cemitério"





          Um dos livros mais aterrorizantes de Stephen King, agora no hall de lidos do Leitura Enigmática. Acompanhe a história de Louis Creed que no desespero ultrapassa as barreiras da morte e traz de volta entes queridos ao enterrá-los em um cemitério indígena amaldiçoado. Só que as coisas não saem como ele esperava. Desejam saber como? Então leia a resenha completa, clicando aqui.

@Gustavo  Barberá - 25/04/2019.

Livrarias






          Elas representam "O mapa da mina" para os leitores, o local onde irá se encontrar o pote de ouro no fim do arco íris. As livrarias me fascinam. Quando estou em uma, não consigo pensar em mais nada, apenas viajo nas incríveis sinopses das contracapas e me realizo na compra dos meus escolhidos. São horas e horas de pura descontração. Ainda bem que na minha cidade estou bem servido delas, posso escolher nos dedos. Já houve mais aqui, pena que a crise e a falta de procura das mesmas fez muitas fecharem as portas. Para mim elas são minha segunda casa. Quase todos os sábados preciso dar uma passadinha para sentir aquele delicioso aroma de livros novos. Me faz um bem danado!!!
          
       E vocês? Com que frequência visita livrarias? Quais seções gostam mais?  Deixe nos comentários. Até mais pessoal!!!



@Gustavo Barberá - 24/04/2019.


Memórias do cárcere - Graciliano Ramos







          Em 3 de março de 1936, um destacamento da polícia de Maceió prende em casa Graciliano Ramos. O funcionário da Instrução Pública de Alagoas, alertado de véspera, já esperava de mala pronta e com a família de sobreaviso. O ato era parte da repressão do governo Vargas, desencadeada a partir de 35, com a desculpa de eliminar a ameaça comunista, mas no fundo abrindo caminho para a instauração da ditadura do Estado Novo. Graciliano passaria por presídios de Maceió, Recife e Rio de Janeiro, sem acusação formada, sem processo e, obviamente, sem sentença. Somente seria solto em janeiro de 37, devido à pressão da intelectualidade brasileira.

        Memórias do cárcere é o relato desse período, escrito por Graciliano dez anos depois e publicado postumamente. Constitui um testemunho fundamental da arbitrariedade, da violência e do atraso político incorporado à nossa cultura e história, cuja prosa precisa e pontual de Graciliano torna um texto maior da literatura brasileira. Adaptado para o cinema (1983) por Nelson Pereira dos Santos, o livro é a expressão mais íntegra daquilo a que se refere Murilo Mendes, nos versos que dedicou ao autor (Murilograma a Graciliano Ramos): “Brabo. Olhofaca. Difícil. Cacto já se humanizando/.../ Funda o estilo à sua imagem:/ Na tábua seca do livro./ Nenhuma voluta inútil./ Rejeita qualquer lirismo,/ Tachando a flor de feroz. / ... / Em dimensão de grandeza/ Onde o conforto é vacante./ Seu passo trágico escreve/ a épica real do BR/ Que desintegrado explode".


@Gustavo Barberá - 23/04/2019.



Literatura Brasileira





          Sempre gostei de ler livros da Literatura Brasileira. Nunca achei  suas histórias chatas ou maçantes. Eles nos trazem um pedacinho de cada região, conforme o título, são bem curiosos e nos deixam com aquela satisfação de sabermos que em nosso país temos escritores que fizeram história. Falando francamente, a única obra que não gostei da nossa Literatura foi "O Ateneu". Esse livro, pelo menos para mim foi meio complicado de concluir. Muito difícil e arrastado. Agora as que eu irei citar são as que mais gostei. Há outros, mas selecionei quatro indicações que recomendo:

1) "O cortiço" - Aluísio Azevedo:  Há várias razões pelas quais a leitura de "O Cortiço" é indispensável. Ele foi publicado em 1890, e é um romance com características do movimento naturalista. É uma das obras mais importantes desse movimento, pois denuncia que, diante de um ambiente degradado, as pessoas ás vezes comportam-se como animais. Isso é mostrado por meio do ambiente no qual o romance se passa: um cortiço, onde pessoas vivem aglomeradas, e também por meio das ações de seus personagens, como o caso trágico de piedade, portuguesa esposa de jerônimo, que se entregou ao álcool após perder seu marido para Rita baiana, mulata sensual que “fisga” o português ambicioso, dono do cortiço, que enriquece conforme seu estabelecimento cresce e se enche de moradores. Esse divertido enredo denuncia também os problemas sociais existentes no século XXI (muitos deles ainda existentes no século XXI), como pobreza, adultério, corrupção, formação de moradias em lugares inapropriados, e apresenta a maneira como as pessoas desses conglomerados viviam, explorados por alguém (no caso, por João Romão) que enriquece a custa das necessidades dos mais pobres. Além disso, trata de tabus da sociedade, como homossexualidade, alcoolismo e prostituição;

2) "Iracema" - José de Alencar: Iracema, a virgem tabajara consagrada a Tupã, apaixona-se por Martim, guerreiro branco, inimigo de seu povo. Por esse amor abandona a tribo, tornando-se sua esposa. Ao perceber, mais tarde, que Martim sente saudades de sua terra e talvez de alguma mulher, começa a sofrer. Tem o filho, Moacir, enquanto Martim está lutando em outras regiões. Quando ele volta, Iracema está prestes a morrer. A virgem dos lábios de mel tornou-se símbolo do Ceará, e seu filho, Moacir, representa o primeiro cearense, fruto da integração das duas raças;

3) "Memórias Póstuma de Brás Cubas" - Machado de Assis: 
Em 1881, Machado de Assis lançou aquele que seria um divisor de águas não só em sua obra, mas na literatura brasileira: Memórias póstumas de Brás Cubas. Ao mesmo tempo em que marca a fase mais madura do autor, o livro é considerado a transição do romantismo para o realismo. Num primeiro momento, a prosa fragmentária e livre de Memórias póstumas, misturando elegância e abuso, refinamento e humor negro, causou estranheza, inclusive entre a crítica. Com o tempo, no entanto, o defunto autor que dedica sua obra ao verme que primeiro roeu as frias carnes de seu cadáver tornou-se um dos personagens mais populares da nossa literatura. Sua história, uma celebração do nada que foi sua vida, foi transformada em filmes, peças e HQs, e teve incontáveis edições no Brasil e no mundo, conquistando admiradores que vão de Susan Sontag a Woody Allen;

4) "O Guarani" - José de Alencar: 
Romance que inaugurou a ficção indianista e que, de imediato, se tornou grande sucesso pela acolhida do público leitor, O Guarani, é um dos clássicos não só da estética romantica, mas também da literatura brasileira. Surgindo primeiramente em folhetins, foi tão forte a repercussão por ele alcançada nos meses de janeiro e abril de 1857 que obrigou o autor a transformá-lo depressa em volume. O início da colonização do país, no século XVI, é apresentado na narrativa de forma idealizada e nobre, com a consequente aculturação do índio. A força das imagens e o amor sincero do índio Peri por Ceci, moça branca, filha de nobre português, fazem da obra uma leitura obrigatória para quem deseja conhecer a fundo nossas raízes culturais. O índio brasileiro, aqui idealizado em Peri, representa o homem americano que vive em perfeita comunhão com a natureza, mas também demonstra todos os valores dos cavaleiros medievais, como ética, caráter, coragem audácia e lealdade. 

          Espero que tenha gostado do post. Já leu alguma obra citada acima? Gosta de Literatura Brasileira? Tem alguma indicação? Deixe sua opinião nos comentários logo abaixo e vamos conversar. Até mais pessoal!!!

@Gustavo Barberá - 22/04/2019.


Biblioteca Nacional






          Biblioteca Nacional, também chamada de Biblioteca Nacional do Brasil, cujo nome oficial institucional é Fundação Biblioteca Nacional, é a depositária do patrimônio bibliográfico e documental do Brasil, considerada pela UNESCO uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e a maior da América Latina. Entre suas várias responsabilidades incluem-se a de preservar, atualizar e divulgar uma coleção com mais de nove milhões de peças, que teve início com a chegada da Real Biblioteca de Portugal ao Brasil e cresce constantemente, a partir de doações, aquisições e com o depósito legal. 

         Entre os objetos que deveriam acompanhar a família real em sua viagem para o Brasil estavam os caixotes de livros e documentos da Real Biblioteca da Ajuda, de Lisboa, com um acervo de cerca de 60 mil peças. Na pressa, os caixotes ficaram abandonados no porto e só em 1810 começaram a ser transferidos para o Brasil. Com o acervo novamente reunido, o príncipe regente D. João fundou a Real Biblioteca Nacional. Até 1814, apenas os estudiosos podiam consultar a biblioteca e, mesmo assim, mediante autorização régia. Depois dessa data, o acesso foi liberado ao público. (Fonte, aqui).    


@Gustavo Barberá - 21/04/2019.




Cinco motivos para ler fábulas







        Fábula é uma composição literária em que os personagens são animais que apresentam características humanas, tais como a fala, os costumes, etc. Estas histórias são geralmente feitas para crianças e terminam com um ensinamento moral de caráter instrutivo.

           Antigamente, as escolas inseriam muitas fábulas nas aulas, hoje parece que elas estão deixadas de lado, poucas pessoas a exploram. Por isso venho com cinco motivos para mostras que esse tipo de leitura é essencial:


1- São leituras rápidas, pois são semelhantes a contos;

2- Estimula a criatividade e imaginação das crianças;

3- São divertidas e ao mesmo tempo educam;

4- São livros baratos;

5- E principalmente trabalham valores, através das lições de moral que cada uma dela nos passam.


          As fábulas mais conhecidas são:
  • 1- A cigarra e a formiga; 
  • 2 – O vestido azul;
  • 3- O menino e os pregos;
  • 4- A lebre e a tartaruga;
  • 5- O leão e o ratinho;
  • 6- A raposa e a cegonha;
  • 7- A menina e o leite.

          Espero que tenham curtido a postagem. Se conhece mais fábulas, deixe nos comentários logo abaixo e vamos bater um papo. Até a próxima, pessoal!!!


@Gustavo Barberá - 20/04/2019.


Lorraine Warren, que inspirou Invocação do Mal, morre aos 92 anos

 

         

          A série de filmes iniciada com Invocação do Mal se tornou uma das franquias de terror mais bem sucedidas da atualidade. Mas nenhuma dessas histórias teria acontecido sem Lorraine Warren, que junto com seu marido Ed, investigou e desvendou muitos casos sobrenaturais ao longo de várias décadas, que acabaram servindo de inspiração para os filmes. Infelizmente, Lorraine faleceu hoje, aos 92 aos, de causas naturais.

          Seu falecimento foi levado ao público por seu genro, Tony Spera, que disse em uma postagem emocionada no Facebook que sua morte foi tranquila e em casa. Seu marido, Ed Warren, interpretado nos filmes pelo ator Patrick Wilson, morreu em 2006.

         Vera Farmiga, que vive Lorraine Warren nos filmes, lamentou a morte da amiga em seu perfil no Twitter:

“Minha querida amiga Lorraine Warren se foi. De um profundo sentimento de tristeza, um profundo sentimento de gratidão emerge. Eu fui muito abençoada por conhecê-la e estou honrada por interpretá-la. Ela viveu sua vida com graça e alegria. Ela vestiu um capacete de salvação, empunhou sua espada de compaixão e usou um escudo de fé. A justiça era sua armadura e ela tocou a minha vida. Você está valsando com Ed agora”.

         A franquia Invocação do Mal, inspirado nas aventuras do casal Warren, tem vários projetos sendo tocados no cinema, como Anabelle 3: De Volta Para Casa e Invocação do Mal 3. No momento, os fãs podem conferir A Maldição da Chorona, que se passa nesse mesmo universo, nos cinemas.
 Fonte, clique aqui


              A editora Darkside lançou dois livros do casal: "Ed & Lorraine Warren  - demonologistas" e "Ed & Lorraine Warren  - Lugar sombrio".  Para saber mais das obras, clique em seus títulos.


             Para quem é fã de terror e sobrenatural como o Leitura Enigmática, foi uma grande perda, o blog está muito triste e de luto por essa estimada e querida celebridade.


@Gustavo Barberá - 19/04/2019.


Dia Nacional do livro infantil






        Você sabia que no dia 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil? A data não foi escolhida ao acaso: trata-se de uma justa homenagem a Monteiro Lobato, escritor que, como poucos, dedicou-se à literatura infantil no Brasil.

         O Dia Nacional do Livro Infantil foi instituído em 2002, ano em que foi criada a Lei 10.402/02, registrando a data de nascimento de Monteiro Lobato como o dia oficial da literatura infanto juvenil. Escritor vinculado ao Pré - Modernismo brasileiro que contribuiu com obras célebres para o público adulto, Lobato deixou também um enorme legado para a literatura infantojuvenil, já que mais da metade de seus livros era dedicada a esse público. Sua primeira história infantil, A menina do narizinho arrebitado, foi publicada em 1920, e o sucesso do livro fez com que outros tantos surgissem, imortalizando as personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, Emília, o Visconde de Sabugosa, entre outros, que posteriormente seriam eternizados no famoso programa de TV produzido no final dos anos 1970 até meados dos anos de 1980 e retomado no final dos anos de 1990 até meados dos anos 2000.

        Monteiro Lobato foi o primeiro escritor da literatura infantojuvenil a perceber a necessidade de inserir nas histórias para as crianças e os jovens elementos da cultura nacional, como os costumes do povo do interior e as lendas de nosso folclore. Fez isso de maneira única, combinando a identidade brasileira aos elementos da literatura universal, como a mitologia grega. Foi também o precursor da literatura paradidática, cuja principal característica é permitir que a criança aprenda enquanto brinca e lê. (Fonte, clique aqui). 


@Gustavo Barberá - 18/04/2019).


Maratona Literária de Páscoa







            Acontecerá nesse final de semana, na página Desafio dos 100 livros em um ano, que se encontra no Facebook, a Maratona Literária da Páscoa. Sempre tive um certo pavor dessas maratonas, mas dessa vez resolvi vencer meus monstros e participar pela primeira vez. Irei tentar terminar de ler "O cemitério", de Stephen King e ir até a metade do livro "Ed e Lorraine Warren - demonologistas". Vamos ver se consigo. Um dos meus maiores desafios de maratonas é o sono, já que a ler, me desligo de tudo, ele vem me fazer companhia. Mas será bem legal, o que eu ler será uma grande conquista. Quem quiser participar, clique aqui

              Começaremos quinta feira, dia 18/04 às 18:00hs e a maratona irá encerrar domingo, dia 21/04 às 23:59hs. Use a #mldd100livrosem1ano.

                E vocês, minha turma? Irão participar de alguma maratona? Estão se programando para ler o quê? 

Até mais!!!

@Gustavo Barberá - 17/04/2019.



Resenha do livro "A caça"






         Greer MacDonald, uma aluna bolsista da escola STAGS,  não imagina  o inferno que irá vivenciar no final de semana na mansão dos Warlencourt. Ao receber um convite onde apenas as palavras "Caça - tiro - pesca" estão escrito, ela segue rumo a uma hedionda tragédia que está a sua espera. Um livro de arrepiar e te deixar atônito, mas ao mesmo tempo curioso para saber do desfecho final. Confira a resenha completa, clicando aqui.

@Gustavo Barberá - 16/04/2019.


Livro "Acredite"






          O Leitura Enigmática, tem a honra de anunciar mais uma parceria literária. Dessa vez é com a escritora Eliane Quintella com seu livro "Acredite", vencedor do prêmio Wattys 2018. 

Sinopse: "Existe um mundo mágico, mas seu povo é dividido de acordo com seus poderes. Braites são mágicos mais poderosos e dominam a energia da transformação. Lalulis conseguem fazer apenas as magias simples. Os Braites mantêm sua magia forte, pois cultivam a leveza, a harmonia e a alegria, já os Lalulis não são capazes de aumentar seu poder de magia, pois são pessimistas por natureza e preferem se deixar dominar por sentimentos pesados a serem fúteis como os Braites.

          Nesse mundo dividido, Pamela, uma jovem braite, se apaixona por Raul, um Laluli. Porém, os dois acreditam que o amor é uma força poderosa e estão dispostos a desafiar a ordem das coisas ficando juntos.

        O casal é submetido a duras provações que desafiam a força do amor e a crença que separa aquele mundo. Um livro que tem a força dos contos de fadas e nos inspira a acreditar em nós mesmos e na vida que nos cerca".

          Estou muito curioso e assim que receber a obra e ler, haverá resenha aqui no blog. Em breve a biografia da escritora. Alguém já conhecia essa obra?



@Gustavo Barberá - 15/04/2019.


O destino dos blogs






          Me lembro perfeitamente quando surgiu a febre dos blogs. Eram bilhões de publicações rolando mundo afora, com inúmeras visitas e interações. Tanto que isso me entusiasmou e  abri meu primeiro blog com mais outras três pessoas em 2002 para comentarmos sobre a série, hoje já extinta "Dawson's Creek". E foi um sucesso. Logo após seu cancelamento, ficamos mais um pouquinho no ar, mas depois vimos que não estava mais valendo a pena e fechamos. Foram três anos de ótimas postagens, companhia e amizades criadas.

            Após alguns anos, comecei a sentir falta de postar e resolvi abrir o meu próprio blog. Então em 2017 nascia o "Laboratório de ideias", onde postava um pouco de cada coisa. Mas nesse intervalo de tempo, vi como que caiu as atividades em blog. E desse blog, vi que postava mais assuntos sobre literatura do que outras coisas, então no final do mesmo ano, resolvi transformá-lo em um blog literário. 

          E com isso vi o sofrimento que está sendo para atrair pessoas para cá.  Está no geral essa decadência. Fiz algumas parcerias com outros blogs literários e ontem à noite, visitando meus parceiros, um deles estava se despedindo e encerrando suas atividades. Confesso que me chateou demais, pois é um blog muito bom.

            Com isso me pergunto se um dia chegará a extinção dos blogs. Será que o instagram e outros meios que poderão surgir, os desintegrará? Porque um post instagram é muito mais fácil e rápido de se fazer que em um blog. Estava conversando sobre esse assunto ontem com a Claudia do blog Mãe Literatura. Eu fico um pouco triste com esse abandono que os blogs estão passando, mas eu estou decidido a investir no meu, até o último momento, pois me dá muito mais prazer que nas outras redes sociais. E estou satisfeito com meus visitantes, tenho recebido muitos comentários, mas fizesse post por causa do encerramento do post da minha parceira. Então fica em aberto para quem desejar comentar: será em breve o fim dos blogs?

Até mais pessoal!!!


@Gustavo Barberá - 14/04/2019.


Recebidos e comprados 




          Olá  pessoal, tudo bem?

          Venho mostrar os livros que comprei e recebi essa semana. São eles:




"O cemitério"







          Comprei o livro "O cemitério", de Stephen King para a leitura de um grupo em que faço parte e esse mês o tema é terror e o livro acima foi o que ganho na votação. Estou super curioso, pois é o estilo literário que mais gosto. Fiquei muito feliz pela surpresa que veio junto. A capa original é a da primeira foto, já a segunda é uma jacket que veio com a foto do cartaz do filme. Adorei!!! Estarei realizando essa leitura nessa semana e ao conclui-la, haverá resenha aqui no blog.




Trilogia "As peças infernais"





          Essa trilogia eu ganhei em um sorteio no instagram. É a trilogia "As peças infernais" da escritora Cassandra Clare. Ela é uma prévia da série que veio logo a seguir que se chama "Instrumentos mortais" e tem vários volumes publicados. Não tenho previsão de quando as lerei, mas assim que fizer, estarei avisando vocês. 

          E aí, gostaram? Já leram algum desses? O que estão lendo atualmente? Deixe seus comentários logo abaixo.


@Gustavo Barberá - 13/04/2019.



Blog Parceiro do Leitura Enigmática






          E com grande estima que o Leitura Enigmática vem anunciar mais um blog parceiro. Apresento-lhes o "Mãe Literatura", um blog repleto de dicas literárias com muitos anos de existência. Não deixem de visitá-lo, pois encontrará muitas novidades. Para acessá-lo, clique aqui.

@Gustavo Barberá - 12/04/2019.



Resenha do livro "No rastro da iguana dourada"







          Para quem curte uma boa história policial, "No rastro da iguana dourada" é um prato cheio, onde mistério e ação estão presentes, deixando essa narrativa com muita adrenalina. Vale muito a pena ler. Confira a resenha completa, clicando aqui.


@Gustavo Barberá - 12/04/2019.


Leitura Atual: "A caça"






          Confiram a sinopse da minha leitura atual, estou adorando a trama.


Livro: "A caça" - M.A. Bennett 

Sinopse: Alguns convites não devem ser aceitos.

Greer MacDonald não sabe disso... ainda.

O ano letivo começou e Greer MacDonald está se esforçando ao máximo para se adaptar ao colégio interno onde ela entrou como bolsista. O problema é que a STAGS, além de ser a escola mais antiga e tradicional da Inglaterra, é repleta de alunos ricos e privilegiados – tudo o que Greer não é.

Para sua grande surpresa, um dia Greer recebe um cartão misterioso com apenas três palavras: “caça tiro pesca”. Trata-se de um convite para passar o feriado na propriedade de Henry de Warlencourt, o garoto mais bonito e popular do colégio... e líder dos medievais, o grupo de alunos que dita as regras.

Greer se junta ao clã de Henry e a outros colegas escolhidos para o evento, mas esse conto de fadas não vai terminar da maneira que ela imagina. À medida que os três esportes se tornam mais sombrios e estranhos, Greer se dá conta de que os predadores estão à espreita... e eles querem sangue.

Que a caçada comece!

          Alguém já leu ou está lendo? Deixe suas impressões logo abaixo nos comentários.  Até mais pessoal.

@Gustavo Barberá - 11/04/2019.
 





Cinco motivos para ler ebooks







          Até um tempo atrás não curtia ler ebooks. Achava ruim pelo motivo de estar manuseando um aparelho ou um computador e não segurando um livro físico. Mas ao entrar para a vida de blogueiro literário não teve escapatória e tive que ir, mesmo contra minha vontade se adequar a essa era digital. E não é que foi uma experiência agradável?! 

          Hoje, mesmo continuando a preferir sempre o livro físico, o ebook já faz parte da minha rotina e o indico por cinco motivos.

1- Você pode levá-los para onde quiser, sem a preocupação de amassá-los ou estragá-los, já que se encontra armazenados em dispositivos eletrônicos;

2- A compra de um ebook, é muito barato, portanto se estiver muito apertado financeiramente é uma excelente forma de não ficar sem ler. Há ebooks na Amazon que são disponibilizados gratuitamente;

3- Você pode carregar vários livros de uma só vez;

4- Eles não ocupam espaço em sua estante;

5-  Você pode ter o livro físico e ir alternando com o ebook do mesmo título dependendo de onde está, não atrasando a sua leitura.

          Claro que baixo somente ebooks licenciados e autorizados pelos escritores e editoras, o Leitura Enigmática é radicalmente contra divulgação e distribuição de livros em pdf e outros meios ilícitos.

         Vocês curtem ler ebooks? Estão lendo algum no momento? Deixe seus comentários logo abaixo e vamos bater um papo. Até mais pessoal!!!

@Gustavo Barberá - 10/04/2019.


Calhamaços





          Sempre tive um pouco de medo de calhamaços. Talvez por ter um ritmo de leitura lenta e por não conseguir ler mais de uma obra ao mesmo tempo, eles me deram um certo tipo de receio em não dar conta de concluí-los ou de atrasar minhas leituras. E tenho vários em minhas estantes, o mestre do terror, Stephen King por exemplo, também pode ser considerado o rei dos calhamaços, pois muitos de seus livros são com mais de quinhentas páginas (o que para mim passou desse número já é considerado calhamaço, mas cada um em o seu conceito do mesmo). 

         Só que confesso que sempre tive vontade de ler esses "monstrões" e esse ano resolvi criar coragem e iniciar a leitura de "Os Miseráveis", de Victor Hugo. Infelizmente ele não coube aqui na foto. Resolvi lê-lo durante o ano, devagar e sem prejudicar minhas listas de leituras mensais. Não tenho previsão de quando terminá-lo e estou adorando a experiência. Assim que concluí-lo, haverá resenha no blog.

          Dentre os calhamaços que possuio, vou citar os que estão na foto acima e o que estou lendo atualmente:

- "As crônicas de Nárnia" -  C. S. Lewis;

- "It - a coisa" - Stephen King;

- "O apanhador de sonhos" - Stephen King;

- "Os miseráveis" - Victor Hugo;

- "LoverCraft - Volume 1" - H.P Lovercraft;

- Série "As crônicas de gelo e fogo" - George R. R. Martin.

           E vocês? Gostam de ler calhamaços? Qual(is) já leram ou estão lendo no momento? Deixe seus comentários logo abaixo. Esperam que tenham gostado do post. Até mais pessoal!!!


@Gustavo Barberá - 09/04/2019.



TAG Curadoria de abril






          Olhem só que linda foi a caixa da TAG curadoria de abril. TAG é uma assinatura literária que traz um livro indicado por uma celebridade. Esse mês, o curador foi o escritor "Javier Cercas". Confira o que veio:

Livro: "O sonho dos heróis" - Adolfo Bioy Casares.

Sinopse: Considerado um dos melhores romances argentinos de todos os tempos, O sonho dos heróis, de Adolfo Bioy Casares, publicado originalmente em 1954, narra a trajetória de Emilio Gauna, um jovem empregado de uma oficina mecânica, durante o insólito carnaval de 1927, em Buenos Aires. Com o dinheiro ganho nos cavalos, Gauna resolve pagar as três noites de festa para seus amigos do bar. Três anos depois, no carnaval de 1930, com uma nova aposta ganha, ele repete os mesmo passos daquela noite, com as mesmas pessoas. O protagonista busca, assim, relembrar algo muito importante que lhe aconteceu na outra ocasião, mas que ele não se lembra o que foi. A trama onírica, com uma estrutura circular, gira ao redor da estranha amnésia de Gauna. Suas lembranças esquivas lhe trazem de volta brigas de faca, festas terríveis, manifestações mágicas, histórias de amor e até uma fenda no espaço-tempo. "Um romance admirável", segundo Jorge Luis Borges.

        Também recebi um lindo copo com o tema do livro estampado. Muito show!!! Gostei demais dessa edição da TAG, como sempre nos trazendo livros de requinte, com excelentes histórias. Assim que realizar a leitura, haverá resenha aqui no blog.

        Alguém aqui assina a TAG ou desejam assinar? Gostaram do livro desse mês? Deixe sua opinião nos comentários.


@Gustavo Barberá - 08/04/2019.





Dicas para conservar seus livros






          Quem é leitor e ama seus livros, sempre deseja vê-los bem conservados. Fazer sua manutenção é um serviço nada agradável, mas necessário. Então o Leitura Enigmática vai lhes passar seis dicas para que eles fiquem sempre com a aparência de novos:

1) Limpe as capas com uma flanela macia e as páginas que compõem o miolo com um escovão macio, um pano macio que ficará somente para essa função ou um aspirador de pó portátil. Jamais passe álcool ou outro produto, pois estragará seu livro;

2) Jamais deixe seu livro ao Sol, pois seus raios amarelam suas páginas e desbotam a capa;

3) Deixe o local onde eles estão arejado, pois seus livros também precisam "respirar". Locais fechados, propagam fungos e os emboloram;

4) Há pessoas que gostam de guardar seus livros em sacos plásticos. Se isso acontecer, retire-os uma vez por semana e deixe-os alguns minutos tomando ar para depois devolvê-lo à sua embalagem;

5) Mantenha sua estante sempre limpa, para não atrair traças e outros insetos que irão estragar seus livros;

6) Manuseie seus livros com cuidado ao lê-lo. Abrindo demais a obra, pode-se rachar a lombada, acarretando na soltura de folhas. O melhor jeito e segurá-lo com as duas mãos limpas enquanto estiver lendo-o.

        Espero que tenham gostado dessas dicas e se tiver mais alguma, deixe aqui em nossos comentários. Até mais!!!


@Gustavo Barberá - 07/04/2019.


Caixa clube Skoob de Abril






          Chegou minha caixa do Clube Skoob de Abril. Ele é um clube de assinatura mensal, onde há dois planos: com um ou com dois livros + mimos incríveis. Conheça o que veio nesse mês, clicando aqui.


@Gustavo Barberá - 06/04/2019.



Projeto "Leituras Dark  2019"






          Olá pessoal, tudo bem com vocês?

         Quem me conhece sabe que eu sou fanático por leituras, filmes e séries de terror, suspense, thrillers e afins. E ao conhecera editora Darkside eu comecei a comprar algumas obras e deixei em minha estante. E esse ano pensando em como seriam minhas leituras, resolvi inserir uma leitura da editora por mês, com o objetivo de esgotar os livros que tenho aqui em casa. A ideia surgiu no final de janeiro, portanto nesse mês não há livro lido da Dark. E com a correria da rotina que possuo, nem me toquei em fazer uma divulgação do projeto criado, mas antes tarde do que nunca, não? 

         Eu já li duas obras - uma em fevereiro e outra em março - que estão no link "Leituras" logo acima na página. Mas em 2018 também li algumas obras e todos os livros lidos possuem resenha aqui no blog. Esse mês já tenho o livro escolhido, mas só quando iniciar sua leitura, seu nome será revelado no lado direito superior do blog, no item "Leitura atual", que provavelmente será na semana de 21 a 27 de abril.

         Estou adorando e me divertindo muito. E quem desejar se juntar a esse projeto, pode me mandar uma mensagem nos comentários ou no email leituraenigmatica@gmail.com.

         É isso aí pessoal, espero que tenham gostado. Até uma próxima. É Darkside e Leitura Enigmática na parada!!!

@Gustavo  Barberá - 05/04/2019.


Lançamentos Editora Novo Conceito






            Olhem as obras que estão chegando pela Editora Novo Conceito, nesse mês. Lembrando que postei algumas semanas atrás também o lançamento de "O farol e a tempestade" e "Legendário", a continuação de Caraval. Esse mês, nas livrarias.


@Gustavo Barberá - 04/04/2019.



Cinco motivos para se ler contos








          Olá pessoal, tudo bem?  Quem gosta de ler um bom conto? Pois é, eles são uma leitura agradável e por isso me envolvo tanto com esse tipo de leitura. E nesse post irei apresentar cinco motivos para lê-los:


1- São textos curtos, portanto não tomarão muito seu tempo;

2- Não se tem a obrigatoriedade de ler o livro de contos tudo de uma vez, sendo que são textos independentes;

3- Não precisa seguir na ordem,  já que são várias histórias, podemos escolher qual ler aleatoriamente;

4- Podemos intercalá-los com leituras mais pesadas para aliviar nossa rotina de leitura;

5- Há muitos livros de contos baratos, portanto não irão pesar muito no orçamento.


        E há contos para todas as idades, então não pode-se dar a desculpa de que existem contos somente para uma determinada clientela. É uma leitura muito agradável, posso garantir. Agora vou mostrar os livros de contos que estão logo acima na foto. São livros que agradam todas as faixas etárias.


* Os grandes contos populares do mundo - Flávio Moreira da Costa;

* Clarice Lispector: todos os contos - Clarice Lispector;

* Contos Romanos - Alberto Moravia;

* Contos inacabados - J.R.R. Tolkien;

* Os contos de Beedle, o Bardo - J.K. Rowling.



          Agora a pergunta que não se quer calar: E os contos de fadas? Esse será assunto para um post futuro, dedicado somente a eles.


          E vocês? Gostam de ler contos? Desejam iniciar? Deixe seus comentários logo abaixo? Até mais pessoal!!!



@Gustavo Barberá - 03/04/2019.


Resenha do livro "O diário do Erasmo"







         Confira a resenha do livro "O diário do Erasmo", um cachorrinho peralta que vai te conquistar desde a primeira página lida. Uma história comovente e possui passagens bem educativa. Recomendado para crianças, jovens e adultos, não dá para perder. Leia a resenha completa, clicando aqui.


@Gustavo Barberá - 02/04/2019.





Leitura atual: "No rastro da iguana dourada"







          Olá pessoal. Venho mostrar - lhes minha primeira leitura do mês de Abril. O livro foi enviado pelo escritor Marcos de Queiroz  para o Leitura Enigmática e de primeira já fiquei muito curioso para realizar essa leitura. Fiquem com a sinopse:


          "Numa modorrenta noite de outono, a aparente normalidade na Cidade Maravilhosa – ao menos para os padrões cariocas – é interrompida com um misterioso surto que vitima subitamente centenas de pessoas, abarrotando as unidades de emergência espalhadas pela região metropolitana e provocando o caos generalizado, em meio a uma série de boatos que se alastram pelas redes sociais. Um ponto comum entre as vítimas: todos dependentes químicos! A única pista da polícia: uma nova droga no mercado, cujas embalagens exibem o enigmático símbolo de uma iguana dourada!Diante da intensa pressão da opinião pública, as autoridades decidem criar uma força-tarefa com intuito de elucidar o caso e, correndo contra o tempo, capturar o responsável pelo ataque antes que um novo surto aconteça!"

          Assim que a mesma for concluída, haverá resenha aqui no blog. E vocês, o que estão lendo no momento? 


@Gustavo Barberá - 01/04/2019.