Hoje venho com uma dica de leitura que recomendo fielmente para todos. O escravo de Capela é um livro que vai te aterrorizar de uma forma diferente, não pelo sobrenatural, mas pela realidade já vivida na época do Brasil  Colônia. São cenas de arrepiar. E confesso que foi a melhor obra que li do DeBrito até hoje. Confira sua sinopse:

          Sinopse: Durante a cruel época escravocrata do Brasil Colônia, histórias aterrorizantes baseadas em crenças africanas e portuguesas deram origem a algumas das lendas mais populares de nosso folclore.

         Com o passar dos séculos, o horror de mitos assustadores foi sendo substituído por versões mais brandas. Em “O Escravo de Capela”, uma de nossas fábulas foi recriada desde a origem. Partindo de registros históricos para reconstruir sua mitologia de forma adulta, o autor criou uma narrativa tenebrosa de vingança com elementos mais reais e perversos. 

          Aqui, o capuz avermelhado, sua marca mais conhecida, é deixado de lado para que o rosto de um escravo-cadáver seja encoberto pelo sudário ensanguentado de sua morte.


          Então fica a sugestão. Ficou curioso? Ou já leu?  Comente logo abaixo e vamos interagir. Até mais!!!


@Gustavo Barberá - 15/09/2019.




"Coleção Folha - O melhor de Agatha Christie"


          Quem disse que a nossa rainha do terror não escreve contos? Essa semana chegou o livro "Três ratos cegos e outros contos" que irá aguçar demais sua curiosidade. Confira a sinopse:

           Sinopse: Nos nove contos reunidos neste livro, Agatha Christie dá as pistas de por que ela fascina gerações de leitores ao redor de todo o mundo.

           Publicado pela primeira vez em 1950, o livro é uma preciosa amostra do estilo da autora, com sua precisa caracterização das personagens, indícios sendo displicentemente deixados para que o leitor se confunda e a presença marcante de seus mais queridos protagonistas: o excêntrico detetive belga Hercule Poirot e a simpática velhota miss Jane Marple.

           No conto que dá título ao livro, Agatha usa o mesmo recurso que em E não sobrou nenhum e Os cinco porquinhos: é uma cantiga popular infantil que dará as pistas e apontará os próximos passos, instaurando o clima soturno na trama.

           Aqui, o ambiente dramático é tão bem fundamentado que foi a partir desta história que ela escreveu A ratoeira, a peça que bateu o recorde de mais tempo em cartaz, ainda hoje sendo encenada em Londres.

           O conjunto das histórias pode ser lido como uma espécie de mostruário das diversas facetas com as quais Agatha consegue trabalhar.

           E olha como é super fácil adquirir essa obra e as demais já lançadas:

*Nas bancas;

*Pelo site https://agathachristie.folha.com.br/ ;

*Pelo SAC 3224 3090 (Capital e Grande São Paulo) ou 0800 775 8080 (Demais localidades).

           Cada livro sai por apenas R$ 19,90 e assinantes Folha ou UOL, ao assinarem ganham uma surpresa no fechamento da assinatura. E ainda pode parcelar até em 10x no cartão de crédito.

Boa leitura.


@Gustavo Barberá - 14/09/2019.




          Olha que dica legal de leitura que venho trazer hoje para vocês. O livro é "O dia do Curinga", de Jostein Gaarder. Vamos conferir sua sinopse?


          Sinopse: "Você já pensou que num baralho existem muitas cartas de copas e de ouros, outras tantas de espadas e de paus, mas que existe apenas um curinga?", pergunta à sua mãe certa vez a jovem protagonista de O mundo de Sofia. Esse é o ponto de partida deste outro livro de Jostein Gaarder, a história de um garoto chamado Hans-Thomas e seu pai, que cruzam a Europa, da Noruega à Grécia, à procura da mulher que os deixou oito anos antes.

           No meio da viagem, um livro misterioso desencadeia uma narrativa paralela, em que mitos gregos, maldições de família, náufragos e cartas de baralho que ganham vida transformam a viagem de Hans-Thomas numa autêntica iniciação à busca do conhecimento - ou à filosofia.

          O dia do c Curinga é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única e ainda mais fantástica - e que só pode ser feita por um grande aventureiro: o leitor.


          Já leram essa obra? Pretendem ler? Deixe sua opinião logo abaixo nos comentários. Até mais.


@Gustavo Barberá - 13/09/2019.




         Confira as aventuras das irmãs Scarlett e Donatella Dragna no jogo do Caraval, onde os somente os espertos se dão bem. Elas foram convidadas a participar e jamais sabiam que esse jogo poderia custar até suas vidas. Leia a resenha completa, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá - 12/09/2019.




          Preparados para conhecerem minhas leituras de agosto?  Gostei demais do que li, foram obras que recomendo para todos. Confira suas sinopses, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá - 11/09/2019




          Há mais ou menos um ano atrás tinha lido "Horror na colinade Darrington" e me surpreendi demais com a escrita do escritor Marcus Barcelos. É um livro que devorei em uma única sentada, onde desde a primeira página já nos prende a atenção com esse enredo aterrorizante e sombrio que o livro possui. Vamos conhecer sua sinopse:

          Sinopse: Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil. No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto.

           Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga que abriga mistérios e parece próxima do inferno. Dez anos depois, Ben decide contar tudo o que viveu, desvendando uma conspiração capaz de destruir até asua própria sanidade. Onde termina o inferno e começa a realidade?


           Quem não leu e é fãde terror e sobrenatural, não imagina oque está perdendo. Recomendo demais essa leitura que não irá te deixar dormir em paz. E quem já leu, deixe seu comentário logo abaixo. Até mais pessoal!!!


@Gustavo Barberá - 10/09/2019.