Leituras do mês de Janeiro










Minhas leituras desse mês foram:



Livro: "A origem do além" - Evezel

Sinopse: O Sol e o Caos travam uma incessante batalha pela liderança do novo Sistema que surgiu em uma nova Galáxia, chamada Via Láctea. Tudo está sob o controle do Sol até que a sucumbência de um planeta, ineditamente envolto de trevas que nem o mais brilhante dos brilhantes consegue iluminar, acontece. Cabe ao mesmo recrutar as forças do Sistema Solar. Apresentam-se apenas doze corajosos guerreiros. São eles: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes. Está nas mãos da, agora nomeada, Armada do Sol lutar contra o Caos para impedir que o planeta, e mais tarde o Sistema todo, seja envolto de escuridão. Mas antes da guerra começar, terão de guerrear contra si mesmos, em uma batalha interior para provar que estão preparados.






Livro: "A sociedade do S" - Susan Hubbard

Sinopse: Ariella Montero está buscando a verdadeira identidade de seu pai, de sua mãe – e de si mesma. Através de um enredo rico em suspense Susan Hubbard, como descreveu a escritora Carolyn Parkhurst, com um estilo gótico de se contar histórias revela em A Sociedade do S, a história mais incomum sobre como se tornar adulto. A mãe de Ariella desapareceu no dia em que ela nasceu, deixando-a aos cuidados de seu pai cientista e super protetor, que dá aulas para ela em casa e limita seu contato com o mundo exterior. Só quando chega na adolescência, Ari descobre que sua dieta especial e sua vida isolada em casa, a distingue dos outros. A confissão de seu pai de que ele foi vampirizado pouco antes do casamento, e de que Ari pode escolher se quer ser imortal como ele ou mortal como a mãe dela, coloca ela em uma viagem que finalmente a leva até sua mãe e à compreensão das verdades difíceis sobre sua família.




Livro: "A sete palmos" - Waldick Garret

Sinopse: Em A Sete Palmos, você encontrará um homem doente, assombrado por uma maldição de infância; um promotor de justiça recém empossado, designado a uma estranha cidade infestada de habitantes enigmáticos; um homem atormentado em uma noite de letargias e tragédias; quatro amigos em uma rodada rotineira de pôquer presenciando desaparecimentos inexplicáveis e fatos surreais; um casal que após sobreviver a um terrível acidente aéreo é levado a uma afastada e sombria vila no meio das cordilheiras; uma neblina estranha, mortal, que desviará o curso da humanidade; um policial aposentado, e sua fiel pistola, que estará prestes a enfrentar os piores horrores da sua profissão. Depois de Manuscritos de Sangue, Garrett nos agarra pelo colarinho e nos conduz novamente a locais sombrios, enevoados, sórdidos. São sete novelas para nos arrebatar e nos jogar na fria lama dos mais irascíveis pesadelos. Agarre-se em algo, tente se manter calmo, sobreviver, separar o real do imaginário porque, à sua volta, emergirá um mundo escuro, repleto de angústia e horror.






Livro: "O orfanato da Sra Peregrine para crianças peculiares" - Ranson Riggs

Sinopse: Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos. “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” JOHN GREEN, autor de A culpa é das estrelas. “Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” TIM BURTON



Nenhum comentário:

Postar um comentário