Resenha do livro "A garota desaparecida"






Título Original: Find her
Autora: Lisa Gardner
Ano: 2019
Editora: Gutemberg
Páginas: 352
Onde comprar: Amazon


A garota desaparecida é um thriller que retrata os horrores do sequestro e a tortura psicológica com as vitimas desse crime hediondo. É uma obra que deixará perturbado em determinados momentos por trazer cenas chocantes e aterrorizadoras.

             A história gira em torno da estudante Flora que ficou sequestrada 472 dias e desde então teve que lutar para sobreviver, pois foi vitima de torturas. Quando a detetive DD Warren foi colocada no caso, ela descobre que há mais três suspeitos e mais vítimas no caso. E no mesmo dia em que Flora é libertada, é sequestrada novamente em sua casa. Isso que é ser azarada.

  

  

            Eu fui seco nessa obra, igual um sedento na botija de água, mas me decepcionei. A história não era o que esperava, pensava que haveria suspense, ação e descobertas surpreendentes, mas foi muito pouco.


“Mas humanos são interessantes. Nossa capacidade de adaptação é realmente impressionante. Nossa fúria contra o próprio sofrimento. Nossa necessidade incansável de encontrar uma saída, de fazer alguma coisa, qualquer coisa, para seguir em frente com a vida”.


          Narrada em primeira e terceira pessoas, sendo a primeira pela protagonista Flora, a obra traz um enredo arrastado, apático, sem novidades na maior parte da obra, se tornando uma leitura cansativa e sem graça. Confesso que quase larguei o livro de tão parado que estava a narrativa.
 
 
 
 
          Há momentos em que a leitura prende a atenção do leitor, mas é muito rápido, depois volta no que era antes, foram essas passagens que me fizeram persistir e ler até o fim, há passagens desnecessárias e personagens que não representaram nada na história. 


“Aqui estávamos. Um ano completo depois. A bela e a fera. Um monstro e seu brinquedo”.


          Temas polêmicos como humilhação, abuso sexual, drogas e álcool são abordadas no texto, assim como o papel da família, mas poderiam ter sidos trabalhados melhor, pois no meu ver, passaram um pouco superficial, há momentos que se a autora desenvolvesse um pouco mais, seria um momento bem atormentador. Posso dizer que houve umas duas passagens no livro, durante o segundo sequestro de Flora pareceram cenas do filme “Jogos Mortais”. 

 
 
 
  
          Agora se você não leu a obra, mas ficou interessado, vá fundo, pois cada um tem seu gosto para leitura. O que eu não curti, outros curtirão e vice versa. É um livro com uma diagramação tranquila e páginas amarelas, bem confortável para se ler. A capa é muito bonita também. Pena que dessa vez não irei dizer que recomendo. A tradução foi de Eric Novello.


@Gustavo Barberá – 12/06/2019.

17 comentários:

  1. Eu li e resenhei esse livro também. Eu adoro thriller, e não achei tão ruim assim o livro não. Mas, concordo que ele não é excelente.
    E ah, a Flora não é sequestrada no mesmo dia que é solta não. Acontece muita coisa entre quando ela foi libertada do primeiro cativeiro até ser novamente sequestrada.
    Coisa horrorosa. Gosto nem de imaginar. Fora a claustrofobia danada que senti.
    Espero que tenha mais sorte com suas próximas leituras. Que te agradem mais. Abraços

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  2. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Nunca li, mas tu só me dás tentações :c
    Sendo um thriller tem de tudo para eu gostar <3
    Essa Flora tem algo que eu nem sei definir...
    Beijokitaz





    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderExcluir
  3. Olá , esse não é o tipo de leitura que me prenda , torturas pisicologi cá...me afetam .
    Gostei de saber sua opinião sincera sobre o livro.

    ResponderExcluir
  4. Adoro livro de suspense, não li A Garota Desaparecida, mas tive sentimentos semelhantes com Objetos Cortantes.

    ResponderExcluir
  5. oi!
    Eu nunca li nada desta autora, mas o livro me parece ser bem interessante. Ja coloquei na lista de leitura ;)

    ResponderExcluir
  6. Ola tudo bem?
    Pelo que notei o livro me parece muito bom..Nao conhecia mas vou conferi-lo

    Www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Caramba. Chamou bastante minha atenção. Com certeza vou procurar ler, acho que vai ser interessante ver até onde minha imaginação vai com as descrições das cenas.. ><

    ResponderExcluir
  8. É realmente depende do gosto de cada pessoa, para muitos o livro pode ser fantástico e para outros decepcionantes, mas no final o importante é a leitura, acho que pode ser interessante, valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  9. Já mencionei aqui uma vez que amo esse tipo de livro, com teor psicológico, fiquei bastante intrigado com a história, tentando imaginar o que se passa na mente de uma pessoa há tanto tempo sequestrada. Mas fiquei um pouco apreensivo com a sua opinião, não me parece algo que satisfaria minha curiosidade de leitor. Mas quem sabe um dia, não é verdade?

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Confesso que não é tipo de leitura que me atrai. Mas deu até vontade e um pouco de medo tbm. Abraços

    ResponderExcluir
  11. é bem diferente dos livros que normalmente eu leio, mas achei bem interessante esse lado da historia e da luta pela sobrevivência...

    ResponderExcluir
  12. Me deixou curiosa, não acho que irei ler um dia mas a curiosidade que ficou foi grande por mais detalhes desses dias tão sofridos dela.
    www.diariodesussurros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi. Achei meio pesado. Até gosto de thriler, mas tortura psicológica acho demais. Ele ainda não está na minha lista e vai continuar de fora.
    Gostei da sua opinião.

    ResponderExcluir
  14. Oi Gustavo!
    Que pena que o livro não te agradou e parabéns pela sua sinceridade em relação a sua leitura, como você mesmo comentou nem todos irão amar ou odiar, mas tenho lido alguns comentários e também não ficaram muito satisfeito com a trama. Gosto muito do gênero de thrillers mas eles tem que me prender, parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  15. Uau
    Que obra hein
    Puro suspense, olha que não curto muito este gênero, mas vou ter que ler para criticar

    ResponderExcluir
  16. A garota foi libertada, pouco tempo depois ela foi presa novamente, essa garota era muito infeliz e azarada mesmo, uma história de mistério muito emocionante.Fiquei ansiosa para ler este livro.

    ResponderExcluir
  17. Oi Gustavo,

    Uma pena que a leitura não tenha sido tão prazerosa para você, quando isso acontece comigo é bem decepcionante. Eu estava querendo ler a obra, mas agora estou repensando, pois não ter minhas expectativas supridas é triste. Adorei seu post e opinião sincera!

    Beijos!

    ResponderExcluir