Projeto #12MesesComClarice2019







          Hoje venho apresentar-lhes mais um conto do projeto #12MesesComClarice 2019, que venho desenvolvendo juntamente com os blogs parceiros Café com Leitura blog, blog sobre a Leitura e o blog Conduta Literária. O conto desse mês é “Eu e Jimmy”.


                 
        O conto é narrado em primeira pessoa, onde a personagem que não apresenta nome está encantada com seu amigo Jimmy, mas não aguenta mais ser submissa e inferior a figura masculina, aqui temos uma transição da não aceitação da mulher como objeto inferior.



“Lembro-me ainda de Jimmy, aquele rapaz de cabelos castanhos e despenteados, encobrindo um crânio alongado de rebelde nato”.



           Jimmy é um personagem sem emoção, frio e sempre querendo ser o dono da razão, o qual trata a protagonista de forma rústica e grosseira e depois tenta conquistar a atenção da protagonista com suas feições masculinas com seu sorriso que a cativa demais, por exemplo. Para ele, não precisa ter romantismo em um relacionamento, que tudo acontece conforme a natureza manda, pois somos animais, então um se apaixonar pelo outro é resultado dela.






          Com o tempo, nossa personagem começa a estudar teorias de Hegel e ao observar seu professor nas aulas, ela começa a tirar conclusões sobre a postura de Jimmy e resolve levar uma conversa com ele, o qual o deixa muito irritado, gritando com ela e a ofendendo-a. Isso só a deixa mais certa de que ele é uma pessoa muito superficial de suas atitudes. Ela busca consolo em sua avó que também mostra ser uma mulher forte, assim como sua mãe.


“Minha querida, os homens são uns animais”.


          O conto é bem curto, onde o foco narrativo é a libertação da submissão da mulher e seu destaque na sociedade, assim como a quebra de paradigmas da mulher considerada o sexo frágil. 



@Gustavo Barberá – 05/05/2019.

Menu

12 comentários:

  1. Boa noite... esse é um dos contos que menos me agrada. Por ser a personagem feminina que narra, o personagem masculino ficou um tanto opaco. Sei que deve ser o propósito aqui, mas fica difícil compreender a perturbação da personagem com um cidadão tão enfadonho. Sem contar que a narradora lembra que a mãe antes de se casar era uma figura terrível e o casamento a fez acalmar-se. Viva a submissão e nesse ponto a crítica tipicamente clariciniana já foi deixada de lado porque todo mundo quer saber de duas pessoas juntas ou não e por qual razão. rs
    Clarice sendo Clarice... até o próximo conto!

    bacio

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gustavo! Como vai? Nossa, um prazer estar aqui falando de Clarice contigo!E agradeço por me acolher nesta proposta dos 12 meses com essa escritora que tanto admiro! Adorei suas impressões do conto, que é tão curtinho,não é verdade!?
    Um capricho!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Gosto muito de ler sobre Clarice, embora nunca tenha lido nenhum livro dele. A minha Biblioteca está em 400 e tal livros e ainda não li metade. Um dia vou ler <3
    Belo projecto <3
    Os homens são sem dúvida uns animais, alguns irracionais.
    Fiquei cada vez mais curiosa...
    Beijokitaz




    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Ah eu acho esse projeto super legal! Faz tempo que não leio nada da Clarice, mas sempre gostei do estilo dela! Tenho vontade de ter essa edição de todos os contos pra ir lendo em pequenos goles...
    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Esse projeto que você tá participando é bem legal. Sobre o conto, nunca ouvir falar dele mas parece ser bem legal! ❤ Adorei o post!

    ResponderExcluir
  6. ain eu morro de vontade de ler essa edição, mas sinto que ela é pra ser degustada, assim como você tá fazendo!
    Eu não conheço muitas coisas da Clarice, mas tô procurando conhecer aos poucos, lendo uns contos ali e outros lá, espero que consiga conhecer mais!
    Adorei suas impressões sobre o conto, parece ótimo mesmo! E esse projeto é tão sensacional!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Gustavo
    Acho este projeto fantástico e quero ler estes contos também
    Clarice é maravilhosa
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto muito de contos, faz tempo que não leio. E fiquei curiosa pra ler mais contos da Clarice.

    ResponderExcluir
  9. ola , me indentifico muito com os textos da Clarice , parece que ela foi a mulher que quero ser kkkk
    Amei seu projeto e estarei sempre por aqui acompanhando. bjssss

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Eu já li algumas obras da Clarice e curti bastante, gosto da escrita da autora e achei o seu projeto muito interessante. Parabéns pela iniciativa.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Para ser bem sincera, eu nunca li muitas coisas da Clarice. Gostei da indicação de conto, pois é uma leitura mais dinâmica e pode incitar o interesse. Show.

    ResponderExcluir
  12. Faz tempo que não leio contos, mas os das Clarice sempre me encantaram. Esse eu ainda não conhecia, mas ele me parece interessante. Mas achei clichê também.

    ResponderExcluir