A verdadeira história do Lobisomem







          O Lobisomem é um dos monstros folclóricos mais tradicionais e mais conhecidos do mundo fictício, pois sempre foi tema de livros e filmes de terror.




O que é o Lobisomem?

           Quem nunca ouviu falar no homem que se transforma em lobo durante as noites de lua cheia!?
Lobisomem é um ser lendário em que um homem pode se transformar em uma espécie de mistura de lobo com homem em noites de lua cheia, que só retorna ao normal, na forma humana ao amanhecer.
Tal miscigenação trouxe grandes poderes para o Lobisomem, pois geralmente eles são rápidos, resistentes e dotados de muita força. E como quase qualquer outro monstro, ele também possui um ponto fraco, a prata! Apenas artefatos feitos à base de prata, podem causar danos reais e críticos para detê-los.



Quando e como surgiu o Lobisomem?

           Sua origem e sua lenda é muito antiga, pois os primeiros registros encontrados sobre a criatura, foram na Mitologia Grega.

           Segundo a Mitologia, quem criou o Lobisomem foi Zeus, o Deus mais poderoso de todos os deuses mitológicos! O homem azarão escolhido para ser o primeiro homem lobo da história, foi Licaão, o rei de Arcádia (região da Grécia).

           O que levou a essa transformação, foram seus atos desaprovados pelos deuses, pois Licaão violava a lei da hospitalidade, sacrificando como oferenda quase todos os visitantes do seu reino. Furioso, Zeus se disfarçou de visitante e foi até a antiga cidade. Como esperado, o rei também tentou executar o deus de todos os deuses, e como castigo ele transformou o rei e quase todos seus filhos, que eram tão cruéis quanto o pai, em uma espécie de lobo.

As crenças populares do lobisomem fazem parte do folclore europeu e surgiu na Idade Média, em meados do século XV, juntamente com outras crenças envolvendo a feitiçaria.
Assim como as bruxas, os Lobisomens supostamente existiram e foram perseguidos durante esse período. O principal caso, ocorreu na região da atual Alemanha, em que um fazendeiro chamado Peter Stummp, foi condenado após matar quase 20 pessoas e por praticar o canibalismo.
Capturado e sob forte tortura, ele teria confessado os crimes e afirmado ter realizado um pacto com o demônio em busca de poderes, inclusive a de transformação. Depois da confissão, ele foi condenado e executado cruelmente.

           A perseguição dessas supostas criaturas foram realizadas até o século XVIII. Depois desse período, vários estudiosos começaram a estudar e a recriar histórias associadas ao suposto Lobisomem, dando origem a muitas outras crenças regionais dessa criatura.

    

       O Lobisomem que possui a prata como ponto fraco e todos as outras características que conhecemos, surgiu apenas no século XIX, por escritores romancistas e cinematográficos.

         A partir de então, o Lobisomem se tornou tema frequente em vários livros, filmes e até jogos, assim como Drácula e Frankenstein. 
Fonte: clique aqui.



Literatura



          Na literatura, essa criatura tem seu espaço conquistado. Dentre os vários títulos existentes, irei indicar duas obras:



Livro: "A hora do Lobisomem" - Stephen King

Editora: Suma

Sinopse: O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto. Agora, a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’s Mill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu, um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada.







Livro: "Sangue real" - Duílio Souza

Editora: Luva

Sinopse: Em "Sangue real", Duílio Souza nos leva a uma caçada pelo interior de Minas Gerais: de um lado, o Bispo, um fora da lei que luta por algo muito mais valioso do que dinheiro. Do outro, Miguel, um detetive atormentado, em uma busca obsessiva pela irmã desaparecida. É possível que um assalto dê muito errado mesmo sendo bem sucedido? A quadrilha liderada pelo "Bispo" descobriu da pior maneira que sim, e agora precisam lutar pela sobrevivência, enquanto o homem que seguem tem seus próprios objetivos.

Os destinos desses personagens estão traçados, e o choque é inevitável. O que nenhum deles imagina é que em meio ao seu conflito particular, uma batalha muito maior se desenrola, onde Vampiros e Lobisomens se enfrentam em um embate mortal. A única certeza? Nessa guerra os humanos jamais estarão seguros. Resenha aqui.


          E você? Gosta de livros com lobisomens? Tem alguma dica para nos passar? Deixe logo abaixo, nos comentários. Até mais pessoal.


@Gustavo Barberá - 27/04/2019.


21 comentários:

  1. Oi! Adorei a irreverência do post! Eu gosto muito de histórias que envolvam lobisomens sim! Mas confesso que assisti mais a filmes do que li! Valeu pelas dicas!

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do post, como sempre muito bem elaborado meu caro. Eu lembro do filme Lobisomem Americano em Londres e quando assisti ainda garoto, me tirou algumas noites de sono tranquilo rs. Esse é um dos assuntos que torcemos para o famoso "o povo aumenta mas não inventa" seja uma inverdade rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, adorava esse filme também, ficava ligado quando passava na TV.

      Excluir
  3. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Que artigo tão completo!
    Amo tanto Stephen King! Dos meus favoritos <3
    Beijokitaz



    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, meu caro.
    Eu gosto de filmes e livros sobre o tema, mas lhe confesso que sempre achei a lenda do lobisomem um tanto boba. Um homem ser mordido por um lobo numa noite de lua cheia. Nunca me agradou.
    Gosto a bem da verdade da maneira como se aborda (em alguns livros) a questão do lado selvagem do homem emergir e transformá-lo numa espécie de bicho. Isso sempre me fascinou. A própria psicologia aborda isso e a literatura também de maneira interessante, mas as lendas ficam a desejar.

    bacio

    ResponderExcluir
  5. Ótimo post, mas confesso que sempre preferi os vampiros.
    Não consigo gostar muito dos lobisomens, mesmo achando bem legal a selvageria que eles tem e que também nós mesmos temos de uma forma menos extraordinária.
    Gostei das indicações dos livros, pretendo ler o segundo, gosto bastante de livros que abordam essa guerra entre vampiros e lobisomens.

    ResponderExcluir
  6. Nossa amei o post, se tem uma lenda que me assustava quando criança era essa, porém cresci e comecei a achar um tanto bobinha haha
    Quero muito ler o livro do King, que está com essa edição maravilhosa!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?

    Ameeei o post. Adoro histórias sobre lobisomens, mas não me lembro de ter lido muitos livros sobre eles, acho que vi mais filmes. Adorei as indicações dos livros, vou colocar na lista de desejados. Obrigada por compartilhar. Novamente, adorei o post!!

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  8. Amoooo historas assim! e ainda mais se tratando de lobisomens deu até nostalgia aqui, tanto livro como filme adoro ver e obrigada por essas recomendações!

    ResponderExcluir
  9. Desde pequena ouvia história da mula sem cabeça, lobisomem, do Saci Pererê dentre outros que acontecia na Bahia, Minas nas roça de São Paulo também, que hoje em dia acredito nisso. Ler aqui só me fez relembrar das histórias. Ótimo post.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Gustavo.

    Eu já conhecia a história de Licaão por conta de algum filme, no momento não me recordo qual é.
    Eu adoro histórias com lobisomens, acho eles incríveis e acredito que eles realmente existiram. Esses relatos assustam a gente, mas alguns com certeza é a realidade!

    ResponderExcluir
  11. É interessante que essa lenda possui versões em muitas culturas. Até no folclore brasileiro.

    Obrigado pelas dicas!



    ______
    🌐 Relatos de um Garoto de Outro Planeta
    👍 Facebook: Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir
  12. Gente, não conhecia essa história "real" do Lobisomem e ameei cara. Gosto muito de filmes que tenham Lobisomens, morro de medo até,hahahaha

    ResponderExcluir
  13. Oi, amei saber um pouquinho sobre o surgimento da lenda do Lobisomem, não sabia dessa relação com Zeus. Quero muito ler os dois livros citados, um que gosto muito é Graham, o continente Lemúria, do A. Wood.

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Amei saber mais sobre essa incrível criatura. Sempre amei Livros e filmes de lobisomens e esse do King é sensacional. Adorei o POST! 😊

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Que postagem interessante e esclarecedora Gustavo.
    Eu não tenho costume de ler sobre o Lobisomem mas é uma figura que atrai bastante leitores e adoradores de cinematografia sobrenatural.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  16. Eu gosto de livros e filmes com a temática de lobisomem, mas confesso que nunca fui ver a origem da lenda, achei bem interessante, cada roteiro absorve um pouco e cria seu próprio lobisomem, isso tb acho legal.

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bom?
    Não sabia que o Lobisomem era criação da mitologia grega! Achei super interessante saber um pouco mais sobre esse ser mitológico e adorei também as indicações de leituras!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá,.
    Gente que bacana, não sabia sobre a história de Lobisomem e muito menos sabia que ela estava ligada de certo modo a mitologia. Achei bastante interessante. Confesso que a única coisa que eu li que tinha lobo foi crepúsculo rsrs.

    Amei o post♥

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Adorei o post! Confesso que não sabia nada sobre a origem das histórias de lobisomens, nem mesmo que houve casos de perseguição, assim como acontecia com mulheres que eram acusadas de ser bruxas.
    Admito que nunca curti muito histórias envolvendo lobisomens e, por isso, não me interessei pelos livros indicados. Porém, para quem gosta, acredito que sejam ótimas leituras.
    Beijos!

    ResponderExcluir