Resenha do livro "O buraco da agulha"





Título Original: Eye of the Needle
Autor: Ken Follett
Ano: 2018
Editora: Arqueiro
Páginas: 336

Não é para menos que Ken Follett seja um escritor de grande sucesso. Seu primeiro romance “O buraco da agulha”, relançado em comemoração aos seus quarenta anos de escritor é prova disso. Um livro de espionagem ambientado na Segunda Guerra Mundial que irá te conquistar e aguçar a curiosidade de chegar ao epílogo para saber o desfecho da trama. Essa obra foi escrita quando Follett tinha vinte e sete anos e desde sempre mostra que manda bem nas palavras.

      A história de passa no ano de 1944. Os aliados estão se preparando para desembarcar na Normandia e libertar os territórios ocupados por Hitler, na operação que entrou para a história como o Dia D. Para que a missão dê certo, eles precisam convencer os alemães de que a invasão acontecerá em outro lugar. Assim, criam um exército inteiro de mentira, incluindo tanques infláveis, aviões de papelão e bases sem parede. O objetivo é que ele seja fotografado pelos aviões de reconhecimento germânicos.






      O sucesso depende de o inimigo não descobrir o estratagema. Só que o melhor agente de Hitler, o Agulha, pode colocar tudo a perder. Caçado pelo serviço secreto britânico, ele deixa um rastro de mortes através da Grã-Bretanha enquanto tenta voltar para casa. Mas tudo foge a seu controle quando ele vai parar numa ilha castigada pela tempestade e vê seu destino nas mãos da mulher inesquecível que mora ali, cuja lealdade, se conquistada, poderá assegurar aos nazistas a vitória da guerra.


“Circundou todo o falso campo de aviação, olhando os caças e bombardeiros de mentira, conectando – os com os alojamentos parecidos com cenários de cinema, tonto com as implicações do que tinham encontrado”.


      O livro possui passagens fantásticas que se passaram na Inglaterra, Alemanha e outros países durante a Segunda Guerra Mundial, onde se misturam fatos históricos + ficção, deixando a história atraente e intensa, pois as cenas descritas pelo escritor nos induzem a participar da narração daquele momento. A sensação é de que estava às vezes assistindo a um filme ou lendo o seu roteiro, de tão perfeita que é a semelhança.





     
 Com um enredo intenso, surpreendente e misterioso, “O buraco da agulha” aguçará todas as sensações possíveis do leitor, como a curiosidade, a aflição, o desespero de saber o que acontecerá em determinada cena e a vontade de se teletransportar até o conflito para poder ajudar a protagonista quando estava em apuros.


“Então ouviu um grito de dor e perda, e viu ao lado da lâmina do machado, caídos na madeira envernizada como lagartas, dois dedos decepados”.


      Narrado em terceira pessoa, entre os personagens que são fantásticos em suas atuações na trama, não posso deixar de comentar sobre a dupla Lucy & Faber. Ela uma dona de casa frustrada com seu casamento e um pouco apática com a vida que leva e por outro lado Fabber, o Agulha chamado por Hitler que surge em sua vida e por poucos dias lhe faz sentir mulher. Como na maioria das tramas, polêmicas como traição, casamento por aparência, sedução e desejo sexual aparecem de uma forma intensa; Follett caprichou na narrativa das cenas de adultério entre os dois protagonistas, sem ser vulgar ou ter a necessidade de descrever baixarias.
 
 
 
 
 

      E o que dizer do final dessa história? Ele foi simplesmente perfeito!!! Digno de se transformar em um filme. De uma hora para outra, a trama se transforma praticamente em um filme de terror, tipo Sexta Feira 13. Agoniante, cartástico e vingativo, não conseguia largar o livro de forma alguma. Fui até o final, porque simplesmente não tinha como parar. Assemelho aqueles filmes onde tudo é um mar de rosas, mas de uma hora para a outra, tudo se transforma em um inferno, mas com vingança e muito sentimento sendo colocado em jogo.


”Ela recuou atabalhoadamente, com medo de ele ceder e jogá-la pelo penhasco”.


      A capa de comemoração de aniversário é belíssima, a antiga é bonita também, mas a atual na minha opinião superou. A diagramação é bem tranquila, as letras são confortáveis de se ler e a cor do papel ajuda também. E se você está curioso na trama ou em dúvida se irá ler, não sabe o que está perdendo; essa obra será um investimento e tanto na sua bagagem literária e tenho certeza que dirá aquela famosa frase “Por que não li esse livro antes”. Recomendo. A tradução foi de Alves Calado.


@Gustavo Barberá – 18/11/2018.

 

86 comentários:

  1. Olá! Não sou muito se ler livros com uma pegada histórica (não consegui ler nem A menina que roubava livros), mas a empolgação da sua resenha é contagiante.
    Vou anotar aqui a dica para um momento que eu for me aventurar nesse gênero.
    Outra coisa que me chamou a atenção foi o destaque sobre a escrita do autor, porque as vezes temos ótimas histórias que acabam deixando a desejar.
    Fico feliz que tenha sido uma leitura gratificante pra você!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa, tudo bem?

      Não tem como não se empolgar com esse livro, ele foi uma das minhas melhores leituras de 2018. Recomendo ao extremo!!!

      Excluir
  2. Não gosto muito de livros baseados na história, mas gostei da tua síntese e da forma como expuseste o livro :) Beijo

    www.keke.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado e tenta dar uma chance para essa obra, irá gostar.

      Excluir
  3. Oi Gustavo!!
    Sem dúvidas Ken Follett é um grande autor. Eu sempre vejo nas redes sociais a empolgação de seus leitores por mais um lançamento.
    Achei a capa linda, mas não é um gênero que me agrade muito apesar de já ter lido. Amei sua resenha e a da tua empolgação sobre o livro.
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      Ken Follett escreve muito bem, seus livros não deixam o leitor com tédio, ao contrário, nos deixam ligados na trama o tempo todo.

      Excluir
  4. Oi Gustavo!
    Eu não fazia ideia de que esse livro foi o primeiro a ser lançado pelo Ken Follett. Obviamente eu conheço ele, porém, nunca li nada dele e sinceramente, não tenho muita curiosidade em conhecer.
    Dessa vez passo a dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina.

      Nossa, você não imagina o que está perdendo. Ele escreve super bem. Comece com essa obra, você irá adorar!!!

      Excluir
  5. Olá!
    Eu vi esse livro no lançamento da Arqueiro, mas como nunca li nada do autor fiquei com receio de fazer solicitação.
    Tenho curiosidade em conhecer mais da escrita e já deu para perceber que ele consegue deixar a história instigante, com vários elementos de suspense em meio aos fatos históricos.
    Acredito que vá gostar!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?

      Pode solicitar a obra sem medo, você não se arrependerá, te garanto!!!

      Excluir
  6. Olá!!

    Eu tenho muita curiosidade em ler os livros do Ken, mas até agora não tive a oportunidade ainda.

    Esse livro de fato parece fantástico? Mas infelizmente, eu tenho um sério problema com livros que envolvam a guerra e por conta disso, acredito que o melhor pra mim é me manter distante desse livro por enquanto.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      Ele se passa na Guerra, mas não tem cenas de mortes ou algo semelhante que se passa na mesma. É apenas a época que faz parte do tempo da narração. Pode ler tranquilo que a história é de espionagem e mistério, além de uma ótima dose de suspense.

      Excluir
  7. Ainda não conheço a escrita do autor, mas sua fama sim. O livro em questão traz uma premissa que me agrada muito e pela qual sempre pesquiso e essa mistura de ficção com fatos históricos sempre me proporcionam uma leitura envolvente. Assim como os elementos que aparecem de forma intensa não são problemas quando é feito dentro do contexto, o que parece ser o caso. Gostei de conhecer um pouquinho mais desse autor e espero muito em breve ler algo dele.

    Abraços.
    https://acabinedeleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gustavo!
    Esse autor está na minha lista entre os que quero muito ler em breve. Já ouvi falarem muito bem sobre os livros dele e quero poder conhecê-los. Tinha visto a capa desse livro algumas vezes, mas ainda não sabia sobre o que se tratava a história. Achei a ideia da Segunda Guerra Mundial e os elementos de espionagem bem interessantes e nunca li um livro com esse contexto, então gostaria de tentar e ver o que acho. Além disso, achei a capa do livro linda! Obrigada pela dica, quero ler assim que eu puder. Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, tudo bem?

      Esse será um mega investimento que fará, será um dos melhores livros da sua estante. Recomendo.

      Excluir
  9. Oi Gustavo,
    Conheço o livro, mas ainda não li nada do autor. Sua resenha me deixou com muita vontade de ler algo dele. Tenho "Jackdawa - Agentes Secretos" na estante e pretendo ler em breve. Esse livro foi relançado com o título de "As Espiãs do Dia D" pela Editora Arqueiro. Dizem que a obra prima do autor é "Os Pilares da Terra", conhece?
    Com amor, André.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi André, tudo bem?

      Ainda não li "Os pilares da Terra", mas já li excelentes críticas sobre essa obra e pretendo realizar essa leitura em breve. E recomendo essa obra, pode ler sem medo que irá gostar bastante.

      Excluir
  10. Oi Gustavo, tudo bem?

    Ainda não conhecia a obra, mas fiquei bem curiosa depois de ler a sua resenha. Gosto de livros que trazem esta mistura de intenso, com mistério e surpreendente, estes tipos me fisgam e proporcionam uma leitura maavilhosa, na maioria das vezes. A ideia das passagens na Segunda Guerra Mundial costumam me agradar muito. Adorei conhecer!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Follett soube dosar na medida certa ficção e Segunda Gerra Mundial. O livro está fantástico, recomendo a leitura.

      Excluir
  11. Eu sou apaixonada pelos livros do autor, ainda não conhecia esse e já fiquei aqui louca para ler também! Adorei a sua resenha, está ótima e você me deixou muito curiosa. A premissa me pareceu instigante e acho que se eu tiver a oportunidade de ler vou pegar e ler de uma vez!!! Obrigada pela dica incrível, espero ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que irá lê-lo de uma vez sim, pois eu fiquei desse jeito, não conseguia largá-lo de maneira alguma de tão boa que é a trama.

      Excluir
  12. Olá, Gustavo!
    Eu ainda não conhecia o autor, mas amei a temática do livro, amo livros que se misturam com a história “real” e eu mal posso esperar para ler esse. Amei a dica.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Eduarda, tudo bem?

      Esse livro é um prato cheio para você, então. Recomendo a leitura, com certeza!!!

      Excluir
  13. Simplesmente amo histórias de espionagem, acho que se pudesse leria todas. Agora quando a ambientação vem pra segunda guerra mundial, a história pra se eleva. Os trechos que você colocou na resenha são provas mais que suficientes que a escrita do Follett é surpreendente. Parece ser um pouco brutal, mas, é a segunda guerra, né?! Apaixonei e quero ler, espero que esteja de promoção hoje na black friday

    ResponderExcluir
  14. Raquel Pereira23/11/2018 11:23

    Simplesmente amo histórias de espionagem, acho que se pudesse leria todas. Agora quando a ambientação vem pra segunda guerra mundial, a história pra se eleva. Os trechos que você colocou na resenha são provas mais que suficientes que a escrita do Follett é surpreendente. Parece ser um pouco brutal, mas, é a segunda guerra, né?! Apaixonei e quero ler, espero que esteja de promoção hoje na black friday

    ResponderExcluir
  15. Olá! Menina, primeiro que essa diagramação é topssima hahaha, então, com certeza, se eu olhasse ele em uma livraria, compraria sem duvidas. Em segundo lugar, é que eu sou fascinada em histórias de segunda guerra mundial e tenho quase certeza que esse livro é de acordo com o que gosto de ler. Vou aderir esse nene na minha lista de leituras, pois, com certeza eu vou comprar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kátia, tudo bem?

      Será um super investimento, te garanto. Recomendo.

      Excluir
  16. Oie!!

    Essa capa está realmente muito bonita.
    Eu adoro o Ken, mas esse livro ainda não li, quero demais. Acho a escrita do autor maravilhosa e muito instigante, e a parte histórica é fascinante!

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então corre e garanta seu exemplar para começar a leitura, você não sabe o que está perdendo!!!

      Excluir
  17. Oi, Gustavo.
    Esse livro já está na minha lista de desejados para o Natal.
    Não vejo a hora de colocar minhas mãos nessa linda edição e espero ter essa mesma sensação!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?

      Será um presentão esse livro. Recomendo.

      Excluir
  18. Esse é um livro muito interessante, quando se conta história sobre a Segunda Guerra Mundial nos deparamos com muitos fatos,e a história fica ainda mais sensacional quando há espionagem, a capa é magnifica, a história com certeza vai fascinar aqueles que gostam do gênero, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, essa história é um prato cheio para os fãs da SGM.

      Excluir
  19. Olá, Gustavo!

    Já ouvi falar muito do autor, mas não pretendo começar a lê-lo por esse livro. Apesar de todo o conteúdo histórico, misturando fatos reais com ficção, não me atraiu tanto. Até sou muito fã de histórias que se passam durante a 2ª Guerra Mundial, mas esse livro não me interessou, talvez por ter essa questão de espionagem, que eu não gosto muito nem de ler ou assistir.

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena porque é uma história e tanto, mas leia outros títulos do autor para conhecer a sua escrita que é fascinante.

      Excluir
  20. Que capa linda, já gostei por ai. E esse livro parece ser ótimo, falar sobre a segunda guerra, hittler, achei tudo muito genial por serem tópicos que me interessam bastante. Com certeza vou ler esse livro assim que tiver um tempinho

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pela resenha! Muito bem escrita!
    Conheço Ken Follett apenas por causa da adaptação de Os Pilares da Terra, livro que pretendo ler em breve. Não conheço a escrita do autor e não imaginava que ele tinha começado sua carreira com um livro sobre espionagem! Foi uma grata surpresa, pois a narrativa parece ser mesmo muito interessante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é fascinante. Te recomendo a leitura que não irá se arrepender. É muito intensa e surpreendente.

      Excluir
  22. Olha, como dito no Ig, creio eu, nuca li nada de Ken Follet! Mas sua resenha é de dar gosto! Muito bem escrita, caprichada nos detalhes, nos quotes... sem contar o fato de que é uma história que aborda fato rela da história. Eu amo isso! Ta aí uma dica de leitura de Ken para mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ler sem receio, te recomendo. É uma leitura e tanto.

      Excluir
  23. Olá!Não conhecia o autor Ken Follett,gostei de conhecer,ele é incrível,o fato de seu primeiro romance ser relançado já fala por si próprio,já desperta a curiosidade vendo a capa fantástica deste livro O buraco da agulha.
    Histórias com espionagens já nos prende a leitura e com os relatos da segunda guerra mundial é realmente um livro incrível.
    Excelente resenha!Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      E coloque incrível nisso. Esse livro é maravilhoso, recomendo sua leitura.

      Excluir
  24. Oi Gustavo,
    Não li nada desse autor ainda, mas todos os leitores dele gostam do autor. Não sabia que esse era o primeiro livro do autor e nem que era um relançamento. Gostei muito de saber que o livro se passa na SGM, pois gosto muito dessa época histórica, também fiquei interessada por saber que o livro é intenso, sabe?
    Adorei conhecer suas impressões e vou, por óbvio, anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, tudo bem?

      É uma super leitura. Pode ler sem medo. Recomendo.

      Excluir
  25. Oi Gu, lembro da época que trabalhei em livraria e o sucesso que esse autor fazia entre os mais velhos, e poxa vida, quarenta anos como escritor é muita coisa! Nunca li nada dele mas fiquei muito interessada porque a contextualização em especial me parece muito bem feita, dica anotada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayhara, tudo bem?

      Leia então a obra, você irá adorar. Independente da idade, ele conquista todos as faixas etárias com sua escrita. É fantástico.

      Excluir
  26. Olá! Eu lembro de ter lido a sinopse desse livro em uma livraria, mas ela não tinha me chamado atenção, pois não gosto muito de livros da época do nazismo ou em época de guerra, porém, sua resenha despertou uma vontade de querer conhecer mais essa história. Eu gosto de livros que trazem investigação e tudo mais, por isso esse me atraiu um pouco, apesar da época em que se passa. Dica anotada!

    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      É somente o tempo em que se passa a história Nayara, não vai ter nada falando de nazismo ou Guerra. Pode ler com tranquilidade.

      Excluir
  27. Eu já li alguns livros do Ken Follett e O Buraco da Agulha foi um deles. É realmente um livro excelente, a história é eletrizante, a leitura vale super a pena! Adoro tramas que mesclam ficção e fatos históricos e Ken Follett fez isso muito bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você. Folett escreve de uma forma surpreendente, essa obra está fantástica.

      Excluir
  28. Olá, tudo bom?
    Eu nunca li nada do autor, mas fiquei super curiosa para conferir este livro, ainda mais após todos os elogios que teceu em sua resenha. Além dessa trama super bem criada, com um pano de fundo histórico bem construído e com um final perfeito, fiquei ainda mais curiosa por saber que se passa no período da segunda guerra, que sempre chama muito minha atenção. Adorei sua resenha e a indicação!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo e você?

      Essa história está bem construída, ficou excelente. Recomendo a leitura.

      Excluir
  29. Olá, adorei a resenha, conteúdo histórico sempre tem uma boa pegada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      E como tem, esse livro está fantástico, recomendo a leitura.

      Excluir
  30. Olá, buongiorno... eu li esse livro na década de oitenta. Gostei, mas não voltei a ele. Foi um dos poucos livros que uma leitura bastou. Gostei da personagem Lucy e do fato do livro não tentar mostrar quem era o herói e o vilão da segunda guerra, até porque, considero impossível, mas muitos autores tentaram esse caminho e mataram seus livros.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luna, tudo bem?

      Para você ver que Follett venceu através desses anos, ele está conquistando leitores, desde quando lançou essa obra e continua arrasando.

      Excluir
  31. Oi, Gustavo
    Adoro este livro! Foi um dos primeiros que li dele e é o estilo de escrita do Ken Follett em seu maior vigor. É muito bom ver que com o passar dos anos a escrita dele só melhorou e os enredos continuam nos envolvendo completamente durante a leitura. Essa edição ficou muito bonita, mas ainda tenho um apego àquela primeira haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E com certeza continuará esse sucesso. Estou ansioso para novos lançamentos dele.

      Excluir
  32. Oie, tudo bom?
    Adorei sua resenha, amo livros que nos fazem sentir da maneira que você descreveu, com vontade de ir pra lá pra ver o que vai acontecer! (Se bem que, devido ao cenário, eu passo a oportunidade de presenciar pessoalmente, RS). Leio muito sobre a segunda guerra, então daria uma chance ao título!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo e você?

      Pode dar uma chance sim que irá adorar a leitura. Recomendo ao extremo.

      Excluir
  33. Todos os livros ambientados no cenário da 2a guerra me fascinam. Não conheço a obra de Ken, mas já me apaixonei pela trama de O Buraco da Agulha. Parece um livro desafiador, ao misturar ficção com realidade. Gosto disso.
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e recomendo essa leitura, você irá adorar!!!

      Excluir
  34. Acredita que ainda não li nada desse autor? Gostei muito da resenha e fiquei curiosa,é o tipo de livro que geralmente gosto muito, vou dar uma chance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comece por essa obra, tenho certeza que irá adorar!!!

      Excluir
  35. Nunca li nada do autor, achei o titulo espetacular com um nome bem marcante e a capa linda.
    Não gosto de historias de guerra, mas sua resenha me ficou ótima e me conquistou.
    Achei a historia maravilhosa com toda essa encenação para enganar o inimigo. Fiquei curiosa pelos personagens da Lucy e Fabber.

    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vamos sanar sua curiosidade, lendo a obra. Esses personagens são de tirar o fôlego.

      Excluir
  36. Otima resenha. Não conhecia mas fiquei fascinado, por ter Hitler nessa história, sou apaixonado em tudo que fala sobre hitler ou nazismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então essa obra é um prato cheio para sua leitura, recomendo.

      Excluir
  37. Oie!
    Eu ainda não li nada do Ken Follet, mas você acaba de me lembrar que preciso corrigir essa falha! ehehe
    Adorei saber mais sobre o enredo desse primeiro livro dele, já anotei na lista de desejos! Adorei a resenha!
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      Vamos começar a ler o mais rápido possível, você não faz ideia do que está perdendo. Recomendo muito suas obras.

      Excluir
  38. Sua resenha conseguiu aguçar a minha curiosidade. O livro parece realmente espetacular pela forma como você o descreveu. Muito bom quando nos deparamos com uma trama envolvente!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  39. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada do Ken Follet, mas tenho curiosidade. Pelo que percebi da sua resenha, o autor tem uma escrita muito intensa e que permite ao leitor conseguir realmente se imaginar naquele ambiente. Além disso, parece ser que é uma trama bastante dinâmica e com personagens envolventes.
    Adorei sua resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo e você?

      Realmente, lendo essa obra, me deu muita vontade de entrar na trama e participar, querendo contar os segredos por trás dela e alertar os personagens. É incrível!!!

      Excluir
  40. Na minha infinita lista de leituras...Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  41. Nunca li nada do Ken Follet e nem sei muito bem porque. Afinal, sempre leio elogios as obras deles e amigos já me indicaram diversas vezes. Talvez essa obra seja uma ótima forma de começar a conhecer o trabalho do autor. Primeiro porque a empolgação que você passou com a resenha deixa explícito o quanto você gostou do livro. Segundo, porque eu gosto bastante de história ambientadas no período da 2ª Guerra. E essa mistura de fatos históricos com ficção me agrada bastante. E o que você falou sobre o final me deixou ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos então começar a ler "O buraco da agulha", você irá adorar, tenho certeza. Recomendo mesmo!!!

      Excluir
  42. Olá!
    O nome do livro me é familiar, mas não me recordo de onde. Mas lembro que não me chamou muita atenção na época, mas depois dessa resenha eu com certeza vou dar uma chance. Amei o enredo e admito que fiquei curiosa com o restante da história. Obrigada pela dica.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      Pode ler sem medo que irá adorar a trama. Recomendo!!!

      Excluir
  43. Olá,

    Todos os livros que li resenha desse autor envolviam a Segunda Guerra, só reparei nisso agora. Enfim, tenho muito interesse em ler algo do Ken, não decidi por qual livro começar, sobretudo quando várias de suas premissas conversam comigo.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      Comece por essa obra, você irá se apaixonar e depois irá querer ler tudo do escritor. Recomendo.

      Excluir