Resenha do livro "Para depois que eu partir"




Título Original: Cards for Brianna
Autores: Heather McManamy & William Croyle
Ano: 2017
Editora: Universo dos livros
Páginas: 192
Onde comprar: Amazon

Para depois que eu partir é um livro baseado em fatos reais que irá sensibilizar o leitor, através de atitudes tomadas por uma mãe a beira da morte, mas que não deixou a melancolia tomar conta de sua alma, fazendo com que seus últimos dias, junto de sua família e amigos queridos sejam inesquecíveis.

        A história conta a trajetória de Heather McManamy, onde após receber um diagnóstico de câncer em estágio avançado, escreve um diário para sua filha Brianna de apenas quatro anos na época, fazendo registros de todas as fases da vida dela, como se ela estivesse presente. Além disso, aproveita cada momento de sua vida de forma infinita junto de Brianna, seu marido Jeff e seus melhores amigos.




        A obra é uma lição de vida. É um livro que irá emocionar e ao mesmo tempo te fortalecer, pois Heather se mostra confiante, otimista e alegre, mesmo nos seus últimos momentos de vida, ela jamais recaiu e perdeu a vontade de viver. Isso faz com que refletimos e revisamos nosso modo de ver a nossa vida. 



 
        Narrada em primeira pessoa, pela própria Heather, o enredo desse livro é marcante, forte em alguns momentos e muito lindo. A dedicação dessa mãe para deixar registros escritos, em áudio e vídeo são maravilhosos e mesmo em crises de dores causada pela doença ou em efeito colateral da quimioterapia, ela se mostra forte e presente, não gostando de ser algo de piedade das pessoas. 



“Não espere ter câncer ou alguma outra doença ou circunstância devastadora para forçá-lo a encontrar a sua esperança. Encontre-a agora. Busque raiozinhos de esperanças em tudo o que fizer”.



        E mesmo nessas condições, as aventuras que ela passa com seu marido e seus amigos é fantástico, a forma de ver o mundo muda, com ela diz, se torna diferente, devemos sempre aproveitar o que a vida nos proporciona e não ficarmos adiando o que podemos fazer no presente. Não precisamos esperar uma tragédia acontecer em nossa vida para percebermos mais tarde essas coisas.



        E quem deseja conhecer essa emocionante história, não pode deixar de ler “Para depois que eu partir” e se você for uma pessoa emotiva, prepare um lenço ou lençol, pois derramará muitas lágrimas no decorrer dessa bela história. A tradução foi de Jacqueline Valpassos.


@Gustavo Barberá – 13/02/2019.

23 comentários:

  1. Essa é uma história que emociona muito, por ser baseado em fatos reais, uma mãe com uma grave doença escreve um diário para filha relatando as fases em que ela estava vivendo, é um livro que nos trás uma lição de vida, é um maravilhoso livro abraços.

    ResponderExcluir
  2. É uma história que prova o quanto é poderoso o amor de uma mãe. Mesmo com todas as dificuldades de uma doença terminal, ela não desistiu de deixar uma lembrança que vai acompanhar sua filha por toda a vida. De uma certa forma essa mãe sempre estará presente. Tocante sinopse.

    ResponderExcluir
  3. Depois que vi no ig fui a procura desse livro, que já me encantou pela capa e mexeu comigo pela resenha.
    Fatos reais e ainda uma mãe relatando, me deixa com o coração apertado. Uma leitura forte e uma lição de vida.
    Está entre meus desejados agora.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. oi!
    Apesar do livro falar sobre morte, ele é divertido e irônico... Adorei a historia!

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente não gosto de livros que fale de doênças etc... não suporto ver o sofrimento de pessoas imagine em livros... mas gostei muito da sua indicação

    Abraços,
    https://keilycesporkeilaluciablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Não nego que não dispenso histórias como essa, o fato de ser baseada em fatos reais torna tudo ainda mais intenso, mais verdadeiro. Já reservei para acompanhar, é uma ótima sugestão!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Leio poucos livros que são baseados em histórias reais, mas só por esses comentários eu já me impactei com a história. Com certeza é uma leitura forte e cheia de ensinamentos.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?

    Essa força da Heather me lembra muito o meu avô, que mesmo com câncer também era confiante, otimista e alegre. A história parece ser maravilhosa, uma lição de vida e tanto.
    Já tinha visto o livro, mas não sabia o que se passava nele, já estou doida para comprar.

    Obrigada por compartilhar!!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  9. Olá!São estas histórias que nos inspiram a enfrentar com amor e dignidade estas doenças que chegam em um piscar de olhos,que não deixam opções além de ser fortes,viver com dependência ou piedade de outros só faz se sentir morto enquanto há vida.
    É uma história emocionante e dolorosa sim,mas nos faz sentir o verdadeiro sentido do amor,pois o amor de Heather por sua filha e marido a levou a agir desta forma,viver e fazer eles felizes com o pouco tempo que lhe restava,mesmo diante de tanto sofrimento.
    Amei o livro,e já me emocionei com a resenha,quando ler o livro vou precisar de um lençol com certeza.
    Belíssima indicação,resenha perfeita.Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oi Gustavo, tudo bem?

    Como a manteiga derretida que sou, imagino que a obra deva me trazer muitas emoções e me fazer viver um turbilhão de sentimentos. O enredo é realmente interessante e chama bastante a atenção, fazendo o meu tipo completamente. Ainda não conhecia a obra, mas a dica já está anotada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Gustavo!!
    Soooocorro que esse livro deve ser emocionante. eu tenho um filhinha, então já me coloquei no lugar dessa mãe e de tudo que ela fez para que todos soubessem o quanto eram amados por ela. Ame sua resenha e com certeza vou chorar lendo esse livro.
    Bjs
    Adriana Cardoso
    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa, histórias baseadas em fatos reais me comovem ainda mais! Parece que nos aproximam mais da realidade do dia a dia das pessoas, dos personagens... Essa em especial parece linda e triste! amei tudo aqui: resenha, fotos... Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. livros que nos contam historias reais são livros com uma base muito forte, são livros que nos ensinam e que por vezes nos fazem questionar e se fosse comigo?

    são este tipo de livros que me pegam para ler ando agora a ler um também sobre historias reais e estou adorar...

    ResponderExcluir
  14. Olá, Gustavo.

    Esses livros baseados em fatos reais acabam comigo, a maioria carrega muitas emoções. Pelo visto a mãe dela se agarrou em fazer esses vídeos e o diário para estar um pouco presente, mesmo que não seja em carne e osso, no futuro da filha, muito lindo!

    ResponderExcluir
  15. Legal saber que a história apesar de triste e emocionante serve como reflexão para muita gente. Obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Nossa, deve ser um livro muito emocionante, gosto de histórias com esse tipo de mensagem, serve de reflexão, e ultimamente ando ainda mais sensível histórias com pessoas com câncer já que estamos enfrentando essa doença na família.

    ResponderExcluir
  17. Eu não conhecia o livro, mas acho que o lenço é inevitável. O enredo é forte e triste também. Imagino que a visão de mundo para a personagem no estágio terminal da doença pensando em deixar suas marcas e presença para a pequena filha tem muito a nos ensinar. Com certeza a dica foi anotada.

    ResponderExcluir
  18. Eu não conheço este livro, mas já li inúmeros outros com enredos bem parecidos. Aliás, este tipo de leitura é um dos meus favoritos, histórias de vida, de resiliência, que nos ensinam a lançar um novo olhar sobre os momentos que nos parecem ser de caos.
    Vou levar tua indicação. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  19. Livros baseados em histórias reais e em primeira pessoa geralmente são bem intensos, muitas vezes faço esses leituras em doses hemopáticas rs, sou meio mole para sofrimentos.

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu tenho certeza que esse enredo vai me emocionar. Só de ver que tem partes da relação de mãe e filha acho que vou derramar algumas lágrimas.
    Adorei sua resenha e já vai pra lista de leituras.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  21. Oi, pelo seu post, esse me parece um livro bem marcante e emocionante, com essa atitude da mãe de deixar lembranças para a filha e de aproveitar o tempo que lhe resta.

    ResponderExcluir
  22. Oi,tudo bem ?

    Nossa não conhecia a obra mas toda a proposta assim como sua resenha ressaltou bem o quão forte e marcante é a obra. Com toda certeza está está bem trabalhada e incrível, a narrativa e os pontos fortes ressaltados já deixaram claro.

    ResponderExcluir
  23. Eu já tinha visto esse livro outras vezes, mas nunca parei para ler nada sobre ele... A sua resenha me fez perceber o quanto esse livro é especial e comovente, espero poder ler ele em breve... Obrigada pela dica...

    ResponderExcluir