Resenha do livro "O beijo de Darwin"





Título Original: O beijo de Darwin
Autor: Alexandre Braoios
Ano: 2018
Editora: Monomito
Páginas: 320
Onde comprar: Livraria Monomito


Obra gentilmente cedida pelo autor.


            O beijo de Darwin é uma obra que apresenta a famosa frase “querer não é poder”. Aqui, alguns querem o poder, outros tem o mesmo. É um livro impactante que traz assuntos delicados e polêmicos como racismo, homossexualidade, condição social e  manipulação.

           A obra conta a história da geneticista Diana, que foge para São Paulo, querendo se libertar da opressão e autoritarismo de seus pais e ao partir, deixa seus dois irmãos gêmeos: Davi e Aquiles. Alguns anos depois, ela recebe a notícia que seu irmão Aquiles morreu e ao voltar para sua cidade natal, ela começa a investigar a causa da morte dele e a partir daí revelações surpreendentes vão aparecendo.







            É uma leitura viciante. Mal comecei a ler as primeiras páginas e quando dei por mim, já estava totalmente envolvido com a trama. Em certos momentos me senti como estivesse em um seriado americano de tão intensa que a obra estava naquele momento, não dava vontade de parar a leitura, pois é uma história única, um capítulo segue a mesma história do anterior, não é como certos livros que a cada dois ou três capítulos, o escritor intercala com dois ou três momentos diferentes, confesso que não gosto. Aqui Braoios soube conduzir perfeitamente a trama.


“O sobrenatural não é mais assustador do que a natureza do ser humano. Você acredita mesmo que está à salvo de si mesma? Nós somos nossos piores demônios”.


          Narrada em primeira pessoa pela própria Diana, o livro possui um enredo fascinante, dominador e distópico, se assim podemos dizer, mas que segura o leitor na narrativa o tempo todo, pois ao final de cada capítulo, aquele ar de mistério mexe profundamente com sua curiosidade, te levando a querer saber o que terá no capítulo seguinte. É formidável!!!
 



           O diálogo entre os personagens são intensos, fortes e antagônicos o tempo todo, trazendo conflitos no decorrer da história que faz com que o leitor tenha vontade de participar, querer opinar de tão intenso que é, sem falar nas características fortes e marcantes que cada um deles possuem.

 


          Nessa obra existe três eixos fortes que se unem para construir a história que são a relação Ciência x Religião X Política e seus podres dos bastidores que serão revelados no decorrer da trama. Só que podem ler tranquilamente que em momento algum são criticados nenhuma religião e nenhum partido político. Aqui esses dois quesitos são criados de forma ficcional. Outro fato que me fez gostar demais da obra, foram as cenas sobrenaturais que ela possui, são de arrepiar e para amantes desse estilo de história como eu, foi um prato cheio.


“Seu corpo pareado ao meu, meu nariz quase toca o dele. Consigo sentir o cheiro de decomposição dele. Seus olhos estão injetados de raiva. Tento gritar, mas ele tapa minha boca com a mão descarnada e podre”.


           E se você ficou curioso e deseja saber mais dessa história espetacular, não deixe de ler “O beijo de Darwin”, mas cuidado, pois aqui só os mais fortes sobrevivem.


@Gustavo Barberá – 19/06/2019.

10 comentários:

  1. Que resenha maravilhosa. Fico muito feliz que tenha gostado e que você tenha captado a essência do livro.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o que você colocou no fim que mesmo de forma ficcional vai ser enredado a característica de religião e ciência, até porque não tem como discorrer destes fatos e não basear certos impactos oriundos de opiniões de pessoas assim.

    ResponderExcluir
  3. É um livro bastante forte já que fala de assuntos que mexe com as pessoas como racismo, homossexualidade, mais é uma história que vai prender os leitores, é uma obra espetacular do autor Alexandre Braoios, abraços.

    ResponderExcluir
  4. A temática do livro é muito interessante, gosto desta mistura de ciência, religião e política. Ótima dica para minha próxima leitura, depois dessa resenha não tem como não ler.

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvida é um livro que chama a atenção, achei muito interessante o mix de temas, a junção de ciência, política e religião me lembrou um pouco Anjos e Demônios, do Dan Brown, mas não sei se há relação. Adoro livros de suspense e aventura, esse parece ser mesmo eletrizante.

    ResponderExcluir
  6. Pela tua resenha o livro é muito interessante, adoro livros de suspense que você vai descobrindo os fatos aos poucos.

    ResponderExcluir
  7. Uau! Aposto que seja uma história incrível! Fiquei muito curioso por favor são atmosfera de suspense, tratar de assuntos tão polêmicos em uma obra que de quebra ainda traz os desdobramentos por trás de uma morte, com certeza é receita para o sucesso!

    Ótima sugestão!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Que interessante esse roteiro e toca em tantos temas polêmicos, já entrou pra minha lista de leitura, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  9. Me pareceu ser um ótimo livro ainda mais pra quem curte esse estilo de história.
    Achei mega legal a capa em si.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Achei a proposta bem interessante principalmente pelos temas que aborda. É verdade que algumas pessoas têm poder, mas acredito que podemos sim conseguir o que queremos, é necessário esforço e força de vontade. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir