Resenha do livro "Elisabetta Pésaro - História narrada à beira de um túmulo"









Título Original: Sopra uma tomba
Autor: Luigi Capránica
Ano: 2019
Editora: Scortecci
Páginas: 136
Onde comprar:
Livraria Asabeça

*Livro gentilmente cedido pela tradutora em parceria com a editora.


     Elisabetta Pésaro é um romance dramático do século XIX que irá arrancar suspiros e sentimento de injustiça, que desde séculos passados ocorriam nessa sociedade inescrupulosa em que vivemos. É uma tradução comentada por Leonora de Luca, o que sensibiliza muito no decorrer de sua leitura.

     O livro nos conta a história de Elisabetta Pésaro que tem a sua reputação suja e arruinada por Giácomo Casanova, um charlatão que desejava se casar com ela para ser herdeiro de sua fortuna, o que faz acusações sérias de adultério da parte de Elisabetta, deixando-a desesperada e inconsolável. Seus pais e as pessoas ao seu redor não acreditam nela e seu pai a força casar com Giácomo, o que a faz fugir de casa em busca de justiça. O tempo se passa e Elisabetta falece, sem conseguir provar sua inocência. Anos se passam e por meio de terceiros, consegue-se mostrar que Elisabetta foi alvo de um plano difamatório e premeditado.
 


 
     Esse livro é muito emocionante, com uma história triste, que nos desperta o desejo de revanche com a personagem o tempo todo, sofremos junto dela e vemos que através dos séculos, o homem sempre foi um ser de espírito ruim, corrupto e sem coração.

 

“A reação inicial da estupefação tinha se seguido a ira – e, por fim, sobreveio a tristeza, fazendo com que o pobre velho caísse em prantos e começasse a pedir esclarecimentos sobre aquele fato vergonhoso”.



     Narrada em terceira pessoa, o livro traz um enredo que prende o leitor o tempo todo na trama, não desejando largar o livro, pois há tantos fatos a serem apurados que aguçam demais nossa curiosidade, nos fazendo permanecer na leitura ligados a todo momento.

     O que me chamou atenção nessa obra também foi o fato de ser uma história com uma pegada um pouco medieval, com castelos, jantares e atividades típicas daquela época, mesmo não se passando nela. Gosto muito dessa era e muitas cenas me surpreenderam com sua descrição típica desse século.
 


 
     Essa história possui muitos sentimentos que levará o leitor a uma catarse violenta, mas apresenta momentos sombrios e reveladores, onde arrancará arrepios. Ela é dividida em suas partes: parte um, denominada “Espinhos da vida” e parte dois, que recebe o nome de “As rosas da morte”.

 
“- Ela não é, por acaso, a dona do seu consentimento, do seu coração”?
 

     Após o término da história, há uma parte dedicada a comentários que a tradutora Leonora de Lucca realiza de todos os capítulos, o que nos esclarece todas as dúvidas, caso apareçam no decorrer da leitura da obra. O livro possui, ambas, capa e diagramação muito bonitas, com fonte muito confortável de se ler e com um final arrebatador e digno de ganhar uma premiação, pois o leitor lava sua alma de tanta revolta que ficamos com as injustiças presentes na trama.




     Portanto, se ficou curioso(a) para conhecer a vida trágica de Elisabetta Pésaro, não deixe de ler essa obra e ficar conhecendo tudo sobre sua amarga trajetória, mas que se torna uma doce vitória. É uma história muito linda, recomendo para todos.


@Gustavo Barberá – 17/04/2020.


Menu


11 comentários:

  1. Gustavo!!!!
    Mas eu quero ler esse livro, por favor.
    A vida da personagem é trágica e muito linda ao mesmo tempo, pois tem todo esse drama dela, ela morrer e não conseguir provar sua inocência duro isso

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro drama e já sei que o livro vai super funcionar pra mim, Vou sofrer? Vou, mas quem liga???
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Assim que li o título, confesso que pensei se tratar de uma história de terror, um dos meus gêneros preferidos. Não gosto muito de história de drama, mas esse enredo parece bem interessante e me despertou sim uma vontadezinha de ler. Gostei do que você mencionou de ter uma pegada medieval, também gosto de histórias com características dessa época. Ah, e as fotos do post ficaram muito bonitas!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Nossa, fiquei super interessada pois amo enredos com pegada medieval, ainda mais sendo dramático. Já prevejo eu adorando a escrita também <3 E sendo emocionante, não posso perder a dica! Indicação anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Opa, tudo bem por aí?

    Essa história parece reunir vários aspectos que me agradam bastante em uma obra. Adoro quando alguém elogia a escrita do autor em uma resenha, porque me deixa mais instigado ainda para ler. Eu achava que se tratava de um thriller ou algo do tipo quando vi a capa (que eu amo haha).

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gustavo!
    Eu não conhecia o livro nem o autor, mas primeiro, preciso comentar sobre a capa, que está lindíssima.
    No entanto, lendo a sua resenha, tenho minhas dúvidas se eu o compraria. Apesar de se passar em uma época bem interessante, não fiquei muito curiosa sobre a trama.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/04/resenha-talvez-um-dia.html

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Parece uma história tão forte, tão dolorosa. É triste ela ter morrido sem provar sua inocência e só depois de anos concluírem que ela foi vítima de difamação. Não sei se eu leria esse livro, ficaria arrasada.

    ResponderExcluir
  8. Oi Gustavo!
    Já o nome da personagem parece da era medieval, mesmo não sendo, não conhecia o livro e gostei enredo, já sabendo que a personagem morre sem que a justiça seja feita antes do acontecimento fico meio frustrada. Mas por outro lado vão descobrir as armações do Giácomo e isso me deixa curiosa sobre a trama. Parabéns pela resenha, vou anotar a dica, bjs!

    ResponderExcluir
  9. Olá Gustavo!!!
    Quando eu vi o nome achei que já tinha haver com a cultura medieval ou com o período elizabetano, mas fiquei surpresa de fato com todo o enredo do mesmo e da personagem ser injustiçada e só anos começa a se fazer justiça por ela.
    Eu anotei a dica e espero muito gostar do mesmo.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oiiiii,

    Nossa parece ser uma história apaixonante! Eu amo histórias do tipo, parece ser realmente envolvente, mas para mim parece ser uma história com uma receita de ressaca literária kkkkkk quero muito ler, mas tem que ser em um momento que eu esteja melhor, porque se não é certeza de que eu vou ficar de ressaca.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem ?
    Eu achei muito interessante a proposta de dividir em duas partes, achei os nomes tão intensos e impactantes, que fiquei bem curiosa para ler. Me parece algo tão profundo.
    ADOREI A DICA e anotei.
    Beijos

    ResponderExcluir