Resenha do livro "Numezu"








Título Original: Numezu
Autor: Jorge Alexandre Moreira
Ano: 2019
Editora: Monomito
Páginas: 184
Onde comprar:
Amazon

 *Livro gentilmente cedido pelo escritor. 

     É de costume casais realizarem uma segunda, terceira ou mais luas de mel para comemorar o romantismo, outros já para tentarem resgatar esse sentimento. E se essa lua de mel tão esperada se transformasse em uma lua de fel? É o que acontece em “Numezu”, uma obra do autor Jorge Alexandre Moreira que vai fundo nas entranhas do sobrenatural e desenterra todo o mal,  até que a morte realmente os separem.

     A história gira em torno de Laura e Raoul, que depois de traições, brigas e percebendo o declínio do casamento decidem se dar uma nova chance, fazendo uma viagem de barco como se fosse uma segunda lua de mel. Durante um mergulho, Raoul encontra uma bizarra estátua que estava presa no fundo do mar com características monstruosas. A partir desse momento as coisas começam a tomar outros rumos de forma catastrófica. Ao mesmo tempo, temos a história de Gaspard, um rapaz que foge desesperadamente de seus próprios demônios e por meio do destino, seus caminhos se cruzam.
  



     É uma leitura um pouco pesada, mas para quem gosta de uma história com direito a carnificina, muito sangue, violência moral e física, entre outros acontecimentos demoníacos, aqui está a obra certa para você. O autor não poupa palavras para deixar o leitor perturbado e curioso ao mesmo tempo para o que está para acontecer nos próximos capítulos.  


“Pé ante pé, sobre pernas rígidas, Laura cruzou a meia-nau do Sortilège, um doloroso passo de cada vez. Respiração travada no peito, em antecipação a fustigada de dor que cada movimento provocava”.

 
     Confesso que fiquei sem palavras com a audácia de Moreira para bolar as cenas que contém nessa obra que me deixou de boca aberta, às vezes perguntando se era realmente o que eu estava lendo. São passagens inacreditáveis.
 

 

     Narrada em terceira pessoa, o enredo dessa obra é forte, instigante, mas um pouco exagerado em relação a palavras de baixo nível. Eu fiquei um pouco desestimulado no começo da trama, pois a mesma ficou meio que parada, mas inesperadamente, houve uma reviravolta que me fez não querer largar mais o livro, de tão aterrorizante que a trama ficou. E sem falar no final digno de um livro de horror.

 
“Deliciara-se com os gritos, gargalhara das súplicas inúteis”.
 

     A obra é muito bonita, a capa faz jus ao nome, a diagramação é muito bem feita e ao término da história, há um posfácio, onde o autor fala sobre sua experiência de ter escrito “Numezu”. Confesso que gostei muito de ter lido.
 



     Se deseja passar momentos de aflição, junto de Laura, Raoul e Gaspard, não deixe de ler “Numezu” e embarque nessa viagem que será inesquecível, mas não de uma forma agradável, sinto dizer. Recomendo para todos.





Sobre o autor
 


Nascido no Rio de Janeiro em 1972 e fã incondicional de Stephen King, Clive Barker e Jorge Amado, Jorge Alexandre Moreira foi militar durante seis anos, nos quais se formou na Academia Militar das Agulhas Negras e chegou a servir como tenente no Rio Grande do Sul. É autor de Escuridão.













@Gustavo Barberá – 20/04/2020


 

10 comentários:

  1. Vish! Acho que teria bastante medo de dormir depois que ler esse livro... Mas como sou teimosa, vou colocar ele na minha lista de espera, vai que crio coragem e leio? Digo isso porque, mesmo sendo bem medrosa para certas coisas, que acredito que envolvam a tal estatueta misteriosa, gosto de me aventurar em livros de terror, vai entender? rs
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  2. Pense numa lua de mel desgraçada, como você disse, de fel hehehehehe eu não conhecia o livro e já fui gostando pela capa. As palavras de 'baixo nível' como você cita, não me incomodam, mas é preciso saber de forma geral, se apropriar da linguagem, portanto, não posso opinar sobre serem ou não exageradas, mesmo assim, quero ler.

    ResponderExcluir
  3. Nossa senhora!
    Primeiro de tudo, que formato de livro é esse ?? Teria dificuldade de ajeitar ele na minha estante!
    Hahahaha
    Segundo, que história de arrepiar! Jesus amado.
    É sempre bom enaltecer os autores nacionais, inclusive esses que se aventuram pelas histórias de terror! Adicionei na minha lista!
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  4. Achei espetacular essa resenha do livro. Eu nunca li nada parecido com essa trama que a obra traz e nem tão pesado. Gostei que a obra do autor Jorge Alexandre Moreira mergulha profundamente nessas entranhas do sobrenatural e desenterra todo o mal do casal até que a morte os separem de verdade. Interessante essa história focada na Laura e Raoul!

    ResponderExcluir
  5. Caraca! Sua resenha me ganhou todinha. Já quero. Já tô indo na Amazon deixar ele no carrinho para minha próxima compra!!! Eu sou a loka do terror/horror/suspense. Pode ser que esse seja um pouco mais brutal do que tenho visto por aí. E eu já QUERO!!!
    Obrigada por ser conciso em sua resenha. Me deixou mais aflita ainda pra conhecer essa obra aterrorizante.
    Abraços

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem? Concordo com você a edição está bem bonita. Desde a capa já chama nossa atenção. Quanto ao enredo gostei bastante. Já criei várias teorias. Essa mistura de relacionamentos com sobrenatural deve ter dado muito certo. Li críticas bem positivas. Agora fiquei curiosa. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  7. Ja quero. Se tem esses elementos de terror já conta pontos a mais comigo. Adoro o gênero e não conhecia esse livro, mas já tô super a fim de ler. 😍
    Küss 😘

    ResponderExcluir
  8. Uau!! Que resenha maravilhosa! Ainda estou pensando porque não conheci essa obra antes? Fiquei extremamente curiosa, e já vou seguir o autor nas redes sociais para não perder nenhuma novidade.
    Quando vi a capa achei que era mais um livro de terror, que é um gênero que nunca li. Porém gosto muito de ler suspense, e algumas coisas mais pesadas... Quando você falou das partes demoníacas lembrei-me muito de um livro recente que li e amei demais, inferno no Ártico. E por ter me remetido à essa obra, acredito que iria amar conhecer essa..
    Quase sempre esses livros tão bons nós surpreendem no final, e no início da leitura achamos bem parado kkk
    Enfim, gostei muito da sua resenha e espero ler esse livro em breve.
    Beijos,
    Subsolo da mente

    ResponderExcluir
  9. Ta aí um livro que chamou demais minha atenção. Achei meu número! Hahahahaha
    Gosto bastante desse gênero mais pesado, ainda mais qndo o autor sabe pesar a mão na história.
    Parabéns pela resenha, fiquei super curiosa!

    ResponderExcluir
  10. Uau! Parece ser daqueles livros que dão medo mesmo! Não sou tão acostumando a livros desse gênero assim, mas aos poucos estou me acostumando. Amei sua resenha e as fotos

    ResponderExcluir