Resenha do livro "Folhas do mal"








Título Original: Folhas do mal
Autora: Raquel Cantarelli
Ano: 2019
Editora: Lura
Páginas: 184
Onde comprar:
Amazon, Livraria da Lura
 
*Livro gentilmente cedido pela escritora.


     Folhas do mal é uma coletânea de dezoito contos de terror que deixará o leitor perturbado e amedrontado. São histórias sobre todo o tipo de acontecimentos sobrenaturais que se conhece. Aqui, a escritora não poupou detalhes e conta tudo de forma explícita e como deve ser dito, portanto precisa-se de muita coragem para encarar essas linhas.

     Esse livro me conquistou. Cantarelli estava entusiasmada ao escrever esses contos. A forma como ela os narra me fez devorar a obra em poucas horas, pois mal terminava um conto, já engajava no próximo quase que automaticamente. Os personagens, o cenário, a narrativa, tudo está perfeito nesse livro.
 





     Chamo atenção para dois contos que Raquel escreveu, mostrando o lado sombrio do Sítio do Pica Pau Amarelo. Ficaram perfeitos! Neles o terror psicológico está presente a todo momento, tirando a paz de espírito de quem os lê, mas aguçando a curiosidade ao mesmo tempo para saber onde que iria chegar as histórias.



“Cuidado que a Cuca que a Cuca te pega, te pega daqui nas garras da morte ou te pega de lá, nas garras da loucura eterna”.



     Nesse contos, a escritora homenageia seus autores favoritos do horror gótico, como Edgar Allan Poe e H. P. Lovercraft, onde ela reproduz histórias semelhantes a escrita desses ícones do impressionismo e ficam muito bem feitos.



 
     Outro fato que me chamou muito a atenção e que cria um clima sombrio e de medo é a forma com que os cenários são descritos. De forma maligna, assombrosa e obscura, eles incrementam a narrativa, deixando-a incrivelmente maléfica.


“Comecei a perceber que a floresta ficava cada vez mais ameaçadora. Gotas de água gelada começaram a cair sobre meu corpo, que agora também ardiam em febre, e ao meu redor sentia uma presença invisível que me acompanhava, pois vez ou outra podia sentir sua respiração e uma espécie de suspiro abafado”.


      O livro possui uma capa muito bonita, dentro sua diagramação é maravilhosa, com ilustrações aterrorizantes que embalam nesse clima de suspense e horror que seus contos possuem. Ao final, uma poesia é apresentada pela escritora, mas já adianto que não é nada romântica.


 

     Portanto, se você, leitor, se encaixa nesse estilo de leitura, não deixe de conferir esses contos que te irão impressionar e perturbar, mas lhe dará motivos para poder conhecer mais as entranhas do mal e suas mazelas. Recomendo para todos.





Sobre a autora




Raquel Cantarelli é uma criadora de universos fantásticos, por vezes obscuros, habitados por seres fascinantes e conflituosos. Desde pequena, quando também escrevia poesias, era apaixonada pela arte de contar histórias.

Escrever, para ela, além de um imenso prazer, é também uma terapia, uma forma de dar testemunho de suas dores, do seu tempo e de todas as suas saudades. Participa ativamente do grupo HardCover, dirigido por André Vianco, e recebe mentoria e aulas de narratologia no programa Vivendo de Inventar.

É autora dos livros Folhas do MalSementes do Roncador (gênero terror), O Herói Aprendiz (parábolas e contos fantásticos) e da saga Gabrielle Acquamor, cujo primeiro volume é intitulado Gabrielle Acquamor e os Ladrões de Sonhos.

Conheça o site da escritora, clicando AQUI.


@Gustavo Barberá – 22/04/2020.


 


11 comentários:

  1. Olá, Gustavo.

    Gratidão pela resenha, está incrível!! =)
    Acredito que seus leitores irão gostar desse livro que é incrível!

    Abraços,
    Daniel Moraes
    Lura Editorial

    ResponderExcluir
  2. Não costumo fazer este tipo de leitura, mais ao ler sua resenha fiquei um tanto curiosa ou intrigada , parece ser um livro maravilhoso e vou me dar uma chance de saber desses acontecimentos sobrenaturais.

    ResponderExcluir
  3. Oiê! Eu não costumo ler livros desse gênero, mas confesso que eu fiquei MUITO curiosa para os contos sombrios de sítio do pica-pau amarelo e JÁ QUERO ESSE LIVRO!!

    ResponderExcluir
  4. Falou em antologia de terror, falou comigo! Se tem um gênero que eu amo nessa vida, é terror! Eu realmente fico fascinada com o poder da escrita do terror que faz a gente ver a brutalidade de coisas que a gente nem considera tão brutas assim né!
    Adorei a capa do livro e sua resenha me deixou muito curiosa!

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros de terror, esse de contos já me interessou! Assim que puder vou comprar.

    ResponderExcluir
  6. O seu entusiasmo pelo livro me contagiou, fiquei morrendo de vontade de ler. Vamos ver se tenho coragem.

    Tatiana - Sapore Magico

    ResponderExcluir
  7. O lado sombrio do Sítio do Pica Pau amarelo é sinistro, já ouvi algumas hist´rias que rondam isso.

    ResponderExcluir
  8. Que capa de livro linda, espero que nessa quarentena eu tenha um bom tempo para essa leitura.

    ResponderExcluir
  9. Oi Gustavo! Ai, eu não sou o alvo desse livro rs. Não curto histórias de terror, não consigo ler. Nem ver nada do gênero. Só de ler, fiquei impactada com a ideia de um lado sombrio do Sítio do Pica Pau Amarelo, pelo amor hahaha. Mas a diagramação parece linda mesmo. E amei suas fotos. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu amei esse livro e já quero ele na minha estante. Eu tô cada vez mais fascinada por ler e escrever coisas nesse estilo, então, adoro conhecer livros novos nesta temática.
    Adorei a resenha.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Nossa, que trabalho incrível. Fiquei muito interessado pelo livro (apesar de ter um medo básico), e as fotos ficaram impecáveis. Adorei a resenha! Vou já adicionar o livro no skoob pra não esquecer sasokoaks

    Abraço,
    https://lupiliteratus.blogspot.com

    ResponderExcluir