Resenha do livro "Vozes do Joelma"









Título Original: Vozes do Joelma
Autores: Marcos de Brito, Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira e Victor Bonini.
Apresentação: Tiago Toy
Ano: 2019
Editora: Faro editorial
Páginas: 288
Onde comprar: Amazon

Várias pessoas conhecem a famosa história do Edifício Joelma, que foi incendiado na década de 70. A partir daí muitas lendas urbanas foram surgindo e até hoje aterrorizam quando são lembrados ou contados. E através dessa repercussão que sempre aconteceu, a Faro Editorial resolveu convidar escritores renomados e lançar uma obra com contos, baseados nessas lendas.

          O livro é dividido em quatro contos, um mais arrepiante que o outro, onde os escritores desenterram os demônios que fazem parte da vida desse edifício e botam no papel narrativas que perturbam o leitor, mas ao mesmo tempo aguçam a curiosidade de querer saber mais sobre a história lida.






          A obra se inicia nada mais, nada menos com o mestre do terror Marcos DeBrito. Seu conto acontece antes do Edifício Joelma ser construído e que faz todo um sentido sobre a tragédia mais para frente em alguns momentos. Em algumas passagens, senti-me como estivesse lendo a obra “Amityville”, pois a semelhança é próxima, coisa que só DeBrito sabe fazer.


“O cheiro de putrefação que já podia ser sentido no terreno era o indício da violência prestes a ser exposta”.


          Rodrigo de Oliveira vem na sequência, onde seu conto é o mais próximo da catástrofe que aconteceu. Foi a primeira vez que tive contato com sua escrita e digo que ele escreve muito bem, seu enredo me prendeu de uma forma que ao me dar por mim, já tinha quase terminado a sua leitura. E dá até para raciocinar se esse personagem sobrenatural não tenha existido, nem se fosse de outra forma. O escritor detona.
 
          Em seguida com um sobrenatural que podemos afirmar que acontece no presente, chega Marcus Barcellos, antes, durante a após o incêndio, trazendo um pressentimento de que estamos sendo observados durante a leitura. No início um pouco triste, pois há uma perda de um ente querido, mas depois a coisa vai evoluindo de uma forma extraordinária, onde espíritos e entidades começam a aparecer e também podemos conferir as atitudes que o ódio pode nos levar a cometer.
 
 
 
 
 

          A obra fecha com o conto de Victor Bonini, onde também nos trouxe o sobrenatural e o suspense que ele dosa na medida certa. Aqui temos vários personagens e muita agitação. Confesso que fiquei angustiado e muito aflito em uma determinada cena em que a protagonista passou momentos de horror em um determinado local, onde aguçaram todas as minhas sensações sinestésicas. Foi horrível, parecia que eu estava sentindo tudo o que ela estava passando naquele momento. O escritor caprichou.


“É um homem com um olho amarelado caído para fora da órbita e uma pele azulada”.


          E o que fez um diferencial nessa obra foram os comentários de Tiago Toy antes de se iniciar cada conto e o fechamento deles. Com uma escrita fantástica e bem elaborada, Toy me deixou mais claro o contexto de cada conto e sem falar em um personagem das trevas que veio para não deixar ninguém dormir em paz por algumas semanas. Confesso se escutar o barulho um molho de chaves se estiver só, não sei o que acontecerá comigo. 
 
 
 

          O que senti e com certeza há por traz dessa obra foi muita pesquisa realizada, foi uma obra que deve ter tomado o tempo de todos eles para nos proporcionar essa brilhante coletânea de contos que jamais sairá da mente de quem leu. E se você deseja saber quem são esses personagens, espíritos e demônios, assim como o que acontece com mais detalhe em cada história, só lendo “Vozes do Joelma” e garanto que você não se arrependerá. Recomendo para todos.


 
@Gustavo Barberá – 03/12/2019.

Menu

11 comentários:

  1. A história desse incêndio é muito trágica e triste, tanto que é lembrada até hoje. Achei muito interessante essa proposta dos contos baseados nessa história, com certeza eu gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  2. Achei bem legal a proposta da Faro Editorial, quando resolveu convidar escritores renomados. E também, lançar uma obra com contos, baseados nessas lendas urbanas, que surgiram com esses relatos. Além de especular essas evidencias narradas e aterrorizantes. Ótimo poder conhecer melhor essa obra e ler todas as informações sobre a mesma.

    ResponderExcluir
  3. Amigo, a gente se meteu em um mega projeto com a leitura desse livro e o resultado não poderia ser melhor que sucesso, assim como vi estar a sua resenha! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem? Estou lendo várias críticas positivas sobre o livro e fiquei bem curiosa para saber mais sobre ele. Um trabalho incrível unir tantos autores, ainda mais nacionais. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  5. Essa com certeza é uma leitura que marca a gente, tanto pelos fatos do Joelma quanto pelo brilhante talento dos autores.
    Gostei demais dessa leitura e desse projeto que começou muito bem.
    Parabéns pela resenha!!

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem, Gustavo? Obrigado pela postagem. Não conheço os autores que você mencionou mas conheço a história do Joelma. Penso que foi uma grande sacada da editora, porque o mote é literalmente infinito. Pode-se falar do antes ao depois de múltiplas perspectivas. Imagino que possamos esperar novas edições. E muito obrigado pela recomendação, já entrou para a lista. Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Amei Vozes do Joelma, achei a pesquisa e as histórias contatas pelos escritores muito legais, e eles tomaram o cuidado de seguir uma linha cronológica, gostei bastante também

    ResponderExcluir
  8. Gosto de livros que se baseiam em histórias que ocorreram. Esses contos parecem ser de arrepiar. Acho legal livros que tem comentários antes e depois de começar.

    ResponderExcluir
  9. Oi Gustavo! Eu tenho visto muitos comentários sobre esse livro e tenho ficado bastante curiosa sobre ele, principalmente porque eu não conhecia muito sobre o acidente, pra ser sincera. Mesmo não sendo mt a minha praia de leitura, acho que vai valer mt a pena. Adorei as fotos dele. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Intrigante, não leio assim, mas mexeu comigo, e quero ver a proxima resenha.

    ResponderExcluir
  11. Aaaaah, eu preciso desse livro! Vi um documentário espírita sobre o Joelma e é fantástico saber o que se desenrolou depois da tragédia! Imagino que mesmo se tratando de um livro de contos, ele deve ser extraordinário!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir