Resenha do conto "Corredor Vermelho"

 


 

 

Título: Corredor vermelho
Autor: Patrick Correa
Ano: 2020
Páginas: 7
Onde comprar:
Amazon

 

É incrível e, às vezes, trágico as peças que o destino nos prega, mesmo tendo quem não acredite nisso, após ler essa resenha não há como negar. Corredor vermelho é um conto arrebatador, onde precisa-se ter coragem para enfrentar o que virá nessas páginas atormentadoras.

 

     A história é uma carta psicografada pelo autor de uma mulher que vai junto com seu namorado para o Rio de Janeiro e ao chegar na cidade maravilhosa, uma cascata de coisas ruins começam a aparecer em sua vida.

 

 

     Confesso que fiquei bem impressionado com a narrativa, como a protagonista foi iludida e o seu sofrimento. São momentos angustiantes que mexem profundamente com o leitor, nos deixando pensativo de como a vida pode ser cruel e não ter a mínima compaixão com qualquer um.

 

     Apesar de ser um conto curto, é impactante e forte. A forma como o autor o conduz é sensacional, com um enredo fluído, intenso e que prende muito o leitor durante a leitora. E o que me deixou impressionado é que esse acontecimento pode acontecer na vida real.

 

“Caminhei até a porta, eu precisava olhar pelo corredor e me certificar de que aquilo não passava de uma alucinação sonora intensificada pelo efeito daqueles remédios pesados”.

 

     Como sempre, notamos a originalidade que Patrick coloca em suas histórias. A descrição + narração que ele combina no conto, o faz com que fique perturbador e leve o leitor aos mais catárticos sentimentos. Pena, compaixão, raiva e indignação são exemplos do que podemos sentir.

 

 

     Concluindo, é uma leitura diferente das que já tive contato do autor, mas que mantem todas as qualidades e talento que ele possui, recomendo para todos com a mais absoluta certeza, pois esse é o objetivo dos textos de Patrick Correa, impressionar o leitor com suas histórias. 

 

     Esse conto encontra-se disponível na Amazon e na antologia “Nos braços da morte”, publicada pela editora Cabana Vermelha.

 

 

 

Sobre o autor

 

Patrick Correa é um escritor brasileiro, nascido em Porto Alegre/RS. Sua escrita se caracteriza por mostrar o lado poético da escuridão, marcada com grandes reviravoltas de plot twist. 

 

Autor de livros dos gêneros de suspense e terror psicológico, desde cedo demonstrou interesse pela arte sombria, primeiramente esboçando seus pensamentos através de desenhos, em seguida, criando seus primeiros poemas e contos sombrios. 

 

Dos pequenos poemas e contos, passou a criar histórias mais longas e complexas, com fortes doses de suspense psicológico, criadas com elementos clássicos do terror, o que fica evidente em seus dois primeiros livros "Elise e o Silêncio da Morte" e "O Rosemberg". Patrick também é autor do livro “Jardim dos mortos”.

 

 

@Gustavo Barberá – 25/02/2021.

 

Menu

 

8 comentários:

  1. Essas imagens estão de arrepiar.. Eu já morria de medo de corredores, imagino após ler o conto.
    Achei uma excelente dica para mim que adoro contos perturbadores e repletos de tensão.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Engraçado que falou em corredor vermelho, eu realmente lembrei de O iluminado hahahah
    Apesar de curto, deve ter uma carga de tensão bem significativa. Gosto de histórias curtas impactantes.
    Vou ver se consigo ler em algum momento.
    Tschüß

    ResponderExcluir
  3. eu ainda não havia conhecido o autor nem lido suas obras, mas gosto do gênero de escrita do conto, adoro o suspense, o mistério e o nome já me dá uma boa ideia do que posso esperar.

    ResponderExcluir
  4. Muito curioso como a história é uma carta psicografada pelo autor. Fiquei intrigada por esse conto perturbador e leve ao mesmo tempo com essa combinação da narração! Ótimo ler suas considerações sobre. Gosto muito das suas indicações

    ResponderExcluir
  5. Esse tipo de conto parece ser bem desenvolvido, considerando a premissa da psicografia. Adorei a ideia!

    ResponderExcluir
  6. Gosto de histórias que são angustiantes! E eu nunca li nada do autor, mas seu conto já me interessou!

    ResponderExcluir
  7. Bem o que você disse, o Patrick é muito original. Suas histórias sempre pegam a gente de jeito. E eu preciso ler esse conto! Vou correr lá na Amazon. Minha cara!!!!

    ResponderExcluir
  8. Adorei a indicação. Essa coisa de corredor vermelho já me lembra O Iluminado na horaaaaa! Acho que eh memória emocional, assisti muito com meus pais. Enfim, adorei o tema do conto, achei super intrigante e minha cara! Vou ler, com certeza.

    ResponderExcluir