Resenha do conto "A macieira"

 




Conto: A macieira
Autor: Daniel Moraes
Ano: 2020
Páginas: 7
Onde comprar:
Amazon

 

É tão bom quando terminamos um texto e ele nos dá aquela sensação boa e aquece nossos corações. Ficamos tão de bem com tudo ao nosso redor e conosco mesmo que nos faz encerrarmos nosso dia com chave de ouro. E o conto “A macieira” é um desses a que me refiro.

 

    O conto nos traz a história de Teco, um garoto simples, que se torna o melhor amigo do narrador que não tem o nome revelado e juntos criam um laço tão profundo e forte de amizade que nada o faz romper. 

 


     O autor nos apresenta um enredo tão tranquilo, com palavras mansas, que vai envolvendo o leitor cada vez mais na vida dos protagonistas e criando um vínculo tão forte com a narrativa que parece fazermos parte dela e o que mais gostei nisso é a forma em que o autor nos conta essa história de forma cronológica, anos se passam em um piscar de olho, onde muita coisa acontece na vida dos dois.

 

     Quem for emotivo, provavelmente irá precisar de um lenço, pois há momentos em que a trama irá mexer com seus sentimentos, mas não se preocupe, pois aqui não temos nenhuma cena forte, mas sim fatos da vida real, que pode acontecer com qualquer um. Também temos nessa linha do tempo as mudanças que ocorrem no decorrer dos anos e a introdução da vida moderna e da tecnologia.

 

“Um amigo não é aquele que te abraça e te faz sorrir, mas sim, aquele que te consola quando o mundo se vira contra você”.

 

     Portanto, não deixem de ler esse conto que nos traz muitas reflexões e mostra que devemos aproveitar a vida a cada minuto e construirmos nossa história ao lado de quem amamos. É uma história que irá te tocar profundamente.

 

 

 

Sobre o autor

 

Escritor, editor, influencer, jornalista, publicitário e bookaholic assumido, criou do portal “Irmãos Livreiros” onde mantém atualizado com as novidades do mercado editorial. 

É autor do livro “Bodas de Papel” publicado pela Editora Rouxinol e, a convite da Lura Editorial, tornou-se organizador da coleção “O Canto dos Contos” e “Contos de Natal”. Seguindo a premissa, assumiu a curadoria desta antologia, que conta com a participação de diversos autores selecionados.

Seus projetos de escrita estão em andamento com previsão de publicação para 2021.

 

 

 

@Gustavo Barberá – 20/05/2021.

 

Menu

 

0 comentários:

Postar um comentário