Resenha do conto "Subversão"








Conto: Subversão
Autora: Soraya Abuchaim
Ano: 2020
Editora: Independente
Páginas: 25
Onde comprar:
Amazon

Vingança, sangue, carnificina, ódio e sentimentos diabólicos é o que podemos encontrar em “Subversão”, um conto da dark queen Soraya Abuchaim que irá despertar sensações de incômodo e perturbação no leitor.

     A história se passa em um velório, onde um pai inconsolável chora ao lado do caixão lacrado de seu filho, vítima de um tiro perdido, só que de repente o cadáver da criança se levanta e possuída por um espírito demoníaco, ela começa a cometer uma carnificina, fazendo todos os presentes se desesperarem.

 
 

     A forma que a escritora conduz a história é incrível, pois não conseguia parar de ler, tamanha era minha curiosidade para saber onde essa história iria parar, foram momentos de muita angústia, desespero e tormenta, da forma que somente Soraya sabe nos proporcionar.


“A tampado caixão abrira-se, uma aberração; uma mãozinha azulada a segurava firme”.


     Narrada em terceira pessoa, o conto possui um enredo bem bolado, a cada página lida, uma nova surpresa me esperava, deixando-me estático e curioso ao mesmo tempo para saber seu desfecho. E mais uma vez a consciência pesada fala mais alto nessa história.




     A descrição sombria do cenário durante a narração ajuda a deixar a mesma com mais sinistra e ajuda a mexer com o leitor, o que ficou sensacional, mas o plot twist no final da história, é o ponto chave desse conto, jamais se esperava tal acontecimento. Essa história bem que poderia ter uma adaptação para televisão, ficaria perfeito.

 
“O cheiro podre de enxofre e lixo que emanava no ambiente ganhou proporção maior, tornando-se nauseabundo e quase insuportável”.


     Se ficou curioso (a) para saber detalhadamente os segredos desse conto, corra até a Amazon e confira “Subversão” na íntegra, com certeza irá ficar surpreso na mesma proporção que fiquei, depois de saber de todos os demônios revelados nessa narrativa.




Sobre a escritora


Escritora de terror, Soraya Abuchaim é casada, mãe e apaixonada por livros, tendo como mestre Stephen King. Ama vinho e histórias que tenham sangue, e não vê problemas em matar alguns personagens quando necessário.

Começou a escrever contos de forma despretensiosa em seu blog Meu Meio Devaneio e, de uma ideia simples, surgiu seu primeiro suspense, “Até eu te possuir”.

Hoje, ela trabalha em outros projetos literários, incluindo alguns contos na Amazon, o mais atual chamado “Madrugada Macabra”, que chegou a ser um dos mais baixados na categoria terror e suspense. É a autora dos livros “A vila dos pecados”, “Ferrão de escorpião” e “Pelo sangue que nos une”.


@Gustavo Barberá – 23/07/2020.

Menu

0 comentários:

Postar um comentário