Resenha do livro "Antologia sangue e água benta"

 





Título original: Antologia sangue e água benta.
Autores: Humberto Lima, Fabiana Volpato, Bruno Nogueira, Gisele Honorato e Thiago Moraes.
Editora: Quimera
Ano: 2020
Páginas: 66
Onde comprar:
Quimera

 

* E-book gentilmente cedido pela editora.

 

     Desde que li “O Exorcista”, jamais imaginaria ter acesso a outra obra a mesma altura dele e após alguns anos, eis que surge a “Antologia sangue e água benta” que me levou ao ápice do impressionismo do horror com seu conteúdo presente e o melhor de tudo isso é o fato de ser composta por autores nacionais.

 

     Como o nome sugere, a obra é uma coletânea de contos em que contém demônios, possessões e exorcismos, que me deixou perturbado desde a primeira página do primeiro conto, são contos que realmente irão deixar sua noite de sono bem agitada, mas para quem é fã verdadeiro de terror como eu, digo com absoluta certeza que é um prato cheio, são histórias extraordinárias.

 

 

     Aqui está tudo perfeito, a narrativa, a ambientação criada pelos autores, o cenário e principalmente, o enredo muito bem pensado e bem feito. Nenhum autor pecou em nada nessa antologia que prende a atenção e aguça a curiosidade durante sua leitura, além dessas histórias ficarem em nossa memória durante dias, pois alguns rituais aqui presentes são abomináveis.

 

     Gostei também de um dos contos abordar toda a burocracia e resistência que a Igreja tem para ter a autorização para um exorcismo, já que muitos não acreditam que possessão exista, mas sim que o comportamento da pessoa seja de origem mental e que essa afirmação já venha desde séculos passados.

 


 

     Quando encerrei a obra, fiquei desejando uma continuação e bem que os autores poderiam nos presentear com uma continuação, pois foi muito bom mesmo fazer essa leitura, nunca li nada com esse teor e de qualidade. Bem que as forças ocultas poderiam infernizá-los a noite para que fizessem isso.

 

     E se você é fã de terror pesado e ainda não leu essa antologia, então não sabe o que é o limite do medo, pois as sensações que esses contos lhe transmite é sobrenatural, pois até o mais experiente padre exorcista estremecerá ao ler esses relatos. Vocês precisam ler essa obra urgente.

 

 

@Gustavo Barberá – 29/04/2021.

 

Menu

 

2 comentários:

  1. Hey Gustavo o/

    Eu curto um terror mesmo sendo super medrosa. Mas eu tenho um problema com livros de terros: eles não me dão medo, pelo menos o que eu já li. Diferente dos filmes que ai eu tenho mó cagaço mesmo.
    Eu sei que coisas mais "gráficas" me dão medo. Quem sabe não seja esse que dê aquele frio na barriga neh?

    Boas leituras,
    Karen Gabrieli | Apesar do Caos

    ResponderExcluir
  2. Terror para mim não é um gênero que chama tanta atenção, mas aposto que a leitura está recheada de elementos para quem gosta do gênero. E, melhor ainda, o livro parece bem curtinho e rápido.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir