Resenha do livro "Demons slayers - a origem"



 

 

 

 

Título Original: Demons Slayers – a origem
Autor: John Keller
Ano: 2019
Editora: Pendragon
Páginas: 252
Onde comprar:
Amazon, Pendragon

 

* Obra gentilmente cedida pelo autor

 

     Sempre estamos disponíveis e curiosos para ouvir histórias de terror. Agora imagine se juntar em um balcão de bar ao estilo daqueles que ficam na beira de estradas em filmes americanos, com uma turma de motoqueiros onde estarão contando histórias bizarras de seres das trevas, regada a muita cerveja.

 

     A obra conta a história de Alan Wolf, o qual está fugindo de sua turma de motociclistas, pois é o dia de seu aniversário e ele deseja passar o dia em paz, longe de tumulto, mas é enganado direitinho pela sua turma, e ao receber uma mensagem falsa, ele acaba chegando em um bar e lá começam a contar histórias sobrenaturais, o qual foram testemunhas vivas.

 

 

     Esqueçam a rivalidade lobisomens x vampiros, já muito batida em livros e filmes. Aqui teremos uma equipe que caçam não só esses seres, mas demônios e outras entidades infernais. O autor conseguiu reunir tudo isso em uma narrativa atraente e instigante. A cada página lida, queremos saber mais o que irá acontecer, pois a curiosidade fica muito aguçada.

 

     Narra em primeira pessoa, pelo protagonista Alan, esse enredo está incrível. Para quem é fã de uma história repleta de carnificina e muito sangue, assim como eu, irá delirar ao ler essa história que traz uma emoção nova a cada capítulo lido. Achei uma história bem ao estilo Quentin Tarantino.

 

“Naquela noite ela percebera que o pior de todos os seres que temia havia um a ser mais temido. O ser humano”.

 

     Tudo nessa trama casa perfeitamente para nos deixar com aquele frio na espinha. O cenário, a descrição e a forma como os personagens se relacionam faz com que ocorra um clima de perfeito de um terror grotesco e animalesco. 

 


 Portanto, se curte uma história com esse nível de adrenalina, Demons Slayers é uma obra ideal para você. Então, pegue seu capacete, sua moro e venha junto dessa turma de motoqueiros se aventurar nos primórdios do inferno à procura de seres e bestas demoníacas, mas precisa ser muito corajoso. E aí, vai encarar?

 

 

 

Sobre o autor

 

John Keller em 25 de abril de 1989, em Guarulhos, no estado de São Paulo. Vive com os pais em Salto de Pirapora, no interior de São Paulo. 

 

Começou a escrever com quinze anos de idade, tem como hobbie o desenho artístico, e já trabalhou com fotografia. Faz parte de uma trupe teatral e mantém outros projetos em andamento.

 

@Gustavo Barberá – 03/02/2021.

 

Menu

 

10 comentários:

  1. Olá!
    Como você está? Espero que esteja bem.
    Eu amei o enredo, parecia que eu estava lendo a sinopse de Supernatural e eu já amei demais. Eu ainda não conhecia o autor e, atualmente, ando em busca de ler mais autores brasileiros, obrigada pela dica.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  2. Oi Gustavo!!

    Ainda não tinha ouvido falar dessa história mas nossa, parece ser muito legal! Essa ambientação de um bar na beira da estrada e histórias sobrenaturais é muito bacana, fiquei super curiosa com a leitura e a capa também tem uma paleta de cores muito bonita!
    Adorei sua resenha, ficou incrivel!!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei empolgada com o nível de adrenalina que a história promete e já quero ler!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. eu gostei da premissa, apesar de coisas com demônios soarem menos clichês que vampiros e lobisomens eu acho tudo bem semelhante porém isso acrescido a motoqueiros é realmente diferente do que vemos/lemos e isso é instigante.

    ResponderExcluir
  5. Não sei se curti mais sua resenha, a história do livro, ou a bio do autor! hehehee Que demais. E você dizer que te fez lembrar do Tarantino, vou deixar indicado Sacanas do Asfalto, do baiano Robson Gundim (em homenagem ao diretor que o autor é super fã).
    E já quero ler Demons Slayers. Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  6. Gosto bastante de ler os títulos da editora Pendragon e essa história traz um estilo bem diferente e curioso. Um diferencial muito bacana essa trama com motoqueiros, bar de estrada ao estilo americano e envolvendo histórias bizarras. Ótimo que achou essa obra instigante e atraente.

    ResponderExcluir
  7. Ola, Gustavo. Nossa, que premissa bacana. Adoro tramas nessa vibe, ainda mais quando remetem a Tarantino. Essa obra me lembrou um misto de sons of anarchy, poe causa dos motoqueiros - e Um drink no inferno. Hahaha
    Sugestão anotada. Espero ter a chance de ler em algum momento.
    Tschüss

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Uau, eu confesso que gosto muito de histórias assim, e este livro me chamou atenção desde o início da sua resenha. É muito bom quando um autor consegue reunir elementos que antes estavam até batidos em outras tramas, de forma tão instigante e atraente.
    Realmente, parece ser uma obra pra devorar!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, não tinha visto essa obra ainda, confesso que sou muito medrosa para ler esse gênero, mas pra quem ama, com certeza irá curtir.

    ResponderExcluir
  10. Olá.
    Eu adorei essa forma de contar histórias de terror. Nunca tinha imaginado assim e parece até mais divertido do que aquele jeito "clássico". Fiquei curiosa para conhecer essas histórias.

    Sil
    blog kzmirobooks.com • Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir