Resenha do livro "Elise e o silêncio da morte"

 



 

 

Título Original: Elise e o silêncio da morte
Autor: Patrick Correa
Ano: 2017
Editora: Giostri
Páginas: 164
Onde comprar:
Amazon

 

* Obra gentilmente cedida pelo autor

 

     Elise e o silêncio da morte é um spin off de “O Rosemberg”, mas contada de uma forma dinâmica e inovadora, fazendo com que o leitor consiga ler, mesmo sem ter lido a outra obra, já citada. Então, se você gosta de uma boa história com direito a cenas sobrenaturais e atormentadoras, essa indicação é ideal.

 

     A obra conta a história de Vincent, um jovem que começa a ser perturbado por uma entidade que se apresenta em forma de uma bruxa de pano, inicia, junto de alguns amigos, a investigar a origem dessas visões e as respostas estão nas ruínas do teatro “O Rosemberg”, fechado há anos, juntos com seus mais sombrios segredos.

 

 

     Mais uma vez o autor nos traz uma obra com muito suspense, mistério e apesar de todo esse sobrenatural presente na história, o objetivo geral da mesma é abordar a ganância, egoísmo e até onde o homem é capaz de ir para se auto beneficiar.

 

     Com capítulos curtos e com um desenvolvimento incrível que vai acontecendo no decorrer da história, nos prendendo e aguçando a curiosidade, desejando-se saber casa vez mais saber o seu desenrolar final, faz com que nem se perceba ao chegar em seu final, pois os acontecimentos nos prendem muito na trama.

 

“Os três andam com passos largos e apressados em direção à escadaria, descem as escadas e quando Vincent pisa no primeiro degrau, olha para trás e vê a imagem da bruxa de pano lá em cima, parada, observando”.

 

     Narrada em terceira pessoa, Patrick Correa criou um enredo intenso e fluído, com a presença de muitos diálogos, o para mim ficou formidável, pois ajudou a dar emoção na história, além de possuir elementos do terror psicológico que incrementa e desencadeia sensações de perturbação no leitor.

 

     Não posso deixar de falar sobre o cenário e as descrições presentes no decorrer da trama, a forma sombria e enigmática de como são expostas, deixa a mesma aterrorizante, fazendo jus do estilo literário do livro. Muitos momentos me peguei imaginando a cena na realidade e isso seria muito sinistro. E o que mais se surpreendeu em tudo foi o final, onde o autor mostra a verdadeira face dos personagens da trama e nos prega uma surpresa e tanto.

 

 

     Portanto se está curioso para saber dessa história, acomode-se e venha junto de todos ouvir e descobrir os fatos mais bizarros e surpreendentes que só Vincent poderá te contar. Fatos que aparecerão na calada da noite e jamais poderão ser esquecidos. Recomendo demais.

 

 

Sobre o autor

 

 

Patrick Correa é um escritor brasileiro, nascido em Porto Alegre/RS. Sua escrita se caracteriza por mostrar o lado poético da escuridão, marcada com grandes reviravoltas de plot twist. 

 

Autor de livros dos gêneros de suspense e terror psicológico, desde cedo demonstrou interesse pela arte sombria, primeiramente esboçando seus pensamentos através de desenhos, em seguida, criando seus primeiros poemas e contos sombrios. 

 

Dos pequenos poemas e contos, passou a criar histórias mais longas e complexas, com fortes doses de suspense psicológico, criadas com elementos clássicos do terror, o que fica evidente em seus dois primeiros livros "Elise e o Silêncio da Morte" e "O Rosemberg". Patrick também é autor do livro “Jardim dos mortos”.

 

 

@Gustavo Barberá – 21/02/2021

 

Menu

14 comentários:

  1. Oi Gustavo, tudo bem?
    OMG! Eu sou mega medrosa, acho que ficaria com um pouco de medo de ler esse livro, risos.. Mas o enredo é muito curioso. O homem não tem jeito, sempre ultrapassando qualquer limite para obter o que deseja. O que será que o autor preparou para esse final? Sua resenha ficou ótima!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  2. Oi Gustavo!!

    Gente que proposta incrivel a desse livro!!!! Eu vi bastante gente falando do outro livro dele e tenho muita curiosidade em ler, mas ainda não tive tempo. Adorei saber dessa história e parece muito ser o meu tipo de leitura, socorro!!! Adorei essa dica!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gustavo, tudo bem ?
    Eu confesso que morro de medo de livros assim, sempre comento sobre isso. Não me aventuro por essas terras por conta disso.
    No entanto, pela sua resenha, me parece que o livro é bem interessante e muito bem escrito, que nos prende e nos envolve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa a proposta do livro parece ser bem interessante, mas infelizmente eu morro de medo de livros assim, só me aventurei em livros de terror uma vez e foi péssimo para as minhas noites de sono e paz quando eu estava sozinha , mas com certeza deve ser um livro e tanto para quem gosta!

    ResponderExcluir
  5. Com todo respeito, mas o autor é gato!!!
    Dito isso, achei a premissa do livor ótima e fiquei master curiosa. espero ter a oportunidade de ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Interessante as perspectivas da temática dos livros. Acho que o ser humano, infelizmente, é capaz de tudo quando se pensa no individual, infelizmente. Fiquei curiosa por conta da premissa, e acho que seria uma leitura que tiraria muito aprendizado. Adorei a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, sendo um spin-off, eu preciso ler o outro livro primeiro, eu acho, para ficar mais claro para mim! Fiquei contente de conhecer algo do autor, e deixou curiosa sim!

    ResponderExcluir
  8. Confesso que eu sou muito medrosa, então, não sei se eu conseguiria ler, mas fiquei feliz de ter sido apresentada. Se eu der uma chance, vou começar pelo Rosemberg!

    ResponderExcluir
  9. Antes de mais nada, que homem lindo é esse autor! S2
    Eu gostei da premissa desse livro, ainda mais por nos dar a oportunidade de ler a história por outro ângulo, sem precisar ler o primeiro volume. Apesar de ser bem medrosa, acho que leria esse livro (durante o dia, claro, kkk), pois fiquei bem curiosa com o enredo dela, principalmente por ter o terror psicológico.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  10. Oi, não conheço o autor e este trecho "um jovem que começa a ser perturbado por uma entidade que se apresenta em forma de uma bruxa de pano" já foi o suficiente para me conquistar, se a resenha fosse só isso, já estaria satisfeita, honestamente, preciso desse livro hehehehehe

    ResponderExcluir
  11. A história é bem interessante, parece ser bem assustadora, infelizmente não tenho coragem de ler histórias assim, sou muito medrosa, mas a indicação é ótima.

    ResponderExcluir
  12. Fiquei bem intrigada em conhecer esse spin-off que pode ser lido mesmo sem ler a obra "O Rosemberg" primeiro. Geralmente, fico ainda mais interessada quando a história consegue ser contada de uma forma dinâmica e inovadora como você descreveu. Com certeza é excelente por contar com cenas sobrenaturais, além de atormentadoras também.

    ResponderExcluir
  13. Oi Gustavo!
    Gostei dessa capa, fiquei intrigada com o enredo e muito curiosa por saber mais da história, adoro esse suspense e mistério que envolve a trama e como você mesmo escreveu a surpresa no final. Obrigado pela dica, parabéns pela resenha, abraços!

    ResponderExcluir
  14. opa, tudo bem?

    eu acho que não conhecia a obra e nem o autor, mas eu curto demais esse tipo de história... é um dos meus gêneros preferidos! e a premissa é bem instigante, viu? vou pesquisar mais sobre.

    abraços!
    www.juristageek.com

    ResponderExcluir