Resenha do livro "Iris"









Título Original: Iris
Autor: Carlos E. S. Dantas
Ano: 2015
Editora: Life
Páginas: 96
Onde comprar: Amazon

*Obra gentilmente cedido pelo autor.


          Iris é um livro de poemas, onde subjetivismo, emoção e intensidade são as palavras corretas para caracterizar o que possui nessas páginas que o compõe. São linhas da mais pura expressão apaixonada e entusiasmada que o escritor Carlos E. S. Dantas refletiu por meio de estrofes e rimas.

     Composta por setenta poemas do estilo contemporâneo, que não enjoa, nem deixa o leitor com tédio, sua leitura é muito rápida, pois o envolvimento com os sentimentos que o autor nos passa é marcante, nos faz refletir e relaxar. É aquelas leituras que se faz no final de tarde de um final de semana que está se iniciando.


 


     São palavras simples, tocantes e arrebatadoras. Há momentos que parecemos conversar com o livro, pois o mesmo parece declamar os versos para nós de tão intensa que fica a leitura e a paz que ela traz em nossa alma.


“Teus olhos são esféricas prisões,
mas de encarceramento voluntário
com celas abertas e sem grilhões”.


     São poemas curtos, com títulos que nos convidam para a leitura, onde natureza, sentimentos e louvor à vida se misturam, transformando-se em um enredo mágico e aglutinador que irão atuar em nosso âmago, nos confortando e nos preenchendo dos mais puros sentimentos e paixões.

 


     O poeta estava realmente inspirado ao escrever essa obra, pois ele conseguiu retirar as mais belas palavras da nossa língua e passar para esse livro, percebe-se claramente que ele escreveu com a alma de um ser apaixonado pela vida e o que ela nos proporciona de bom e felicidade.


“Murcham sobre mim de jasmim as flores;
creio que profetizem meu estado
em futuro de um eu abandonado,
num porvir sem ti, um jardim de dores”.



     Se você se considera um(a) eterno(a) apaixonado(a), não pode ficar sem ler essas páginas que te levará a catarse com seu conteúdo, mas ao mesmo tempo te transformará em um ser melhor e de bem com a vida, com muito amor para dar e receber. Recomendo demais.




Sobre o autor




Carlos Edmilson Silva Dantas nasceu em 04 de dezembro de 1988e é natural de João Pessoa, capital do estado da Paraíba.
 
Formou-se em Direito, em 2014, na Universidade Federal da Paraíba. Herdou do avô Edmilson da Silva, o encantamento para a escrita. Possui poemas e contos publicados em antologias na CBJE e da Literacidade, além de artigos publicados na edição de 100 anos da Revista dos Tribunais e na revista italiana Diritto e Diritti.
 
Teve o poema "Poética loucura" selecionado na antologia do prêmio "A palavra em prisma", da Prefeitura de Guarulhos.
 
 

@Gustavo Barberá – 16/02/2020

Menu

0 comentários:

Postar um comentário