Resenha do livro "Ironia de um processo criativo"







Título Original: Ironia de um processo criativo
Autores: José Waeny
Ano: 2017
Editora: Independente
Páginas: 206
Onde comprar:
Amazon

*Livro gentilmente cedido pelo autor.

     Em meio a uma investigação regada ao sentimento de revanche, o autor José Waeny nos apresenta “Ironia de um processo criativo”, uma obra carregada de mistério e intrigas que deixará o leitor apreensivo a todo momento no decorrer da leitura.

     O livro conta a história de Reinaldo, um escritor que após passar por um grande trauma perdeu boa parte de sua memória, inclusive da perda trágica de seus pais em um acidente. Isso também bloqueia seu lado criativo, onde após o sucesso de seu primeiro livro, ele não consegue inspiração para continuar escrevendo. Certo dia passeando com seu filho em uma praça, ele encontra com um senhor e a partir daí algo é revelado sobre seu passado que ele não lembrava e sua vida nunca mais seria a mesma.

 
     Mais uma vez o autor me surpreendeu com sua escrita incrível, onde suspense, mistério e crime andam de mãos dadas. Tenha tempo para ler essa obra, pois ela não irá deixar você em paz, até termina-la. Não tem como você fechar o livro, essa história irá te viciar e mesmo depois de terminá-la, você irá querer que ela continue.

“Eu estava atônito em saber de tudo aquilo, quase 5 anos depois de tudo ter acontecido”.

     Narrada em primeira pessoa pelo próprio Reinaldo, aqui temos um enredo em que não é algo contínuo, o autor teve a audácia de mudar a todo momento as cenas, deixando a história com mais emoção, confesso que houver momentos que eu cheguei a ir para trás de tão grande foi o susto do que lia. Muitos segredos virão à tona.




     As cenas mexem demais com nosso emocional, nos fazendo sentir todas as sensações possíveis e ainda Waeny nos presenteia quase no final com um plot twist de tirar o fôlego. Que reviravolta surpreendente acontece na trama. Isso realmente pode ser chamado de história policial regada a muito suspense.

“Quase não pude acreditar quando olhei embaixo dos bonecos, e os nomes estavam lá registrados”!

     Portanto, não deixem de ler “Ironia de um processo criativo”, pois se você quer se aventurar em uma investigação e com muitas mentiras e acusações, essa história é perfeita e com uma escrita dinâmica que só José Waeny possui. Recomendo para todos.



Sobre o autor



José Waeny é de São Paulo/SP, e formou-se em Engenharia Civil na Universidade Mackenzie, tendo trabalhado com projetos de engenharia até a maturidade.

Em 2016, dedicou-se a escrever uma obra literária: seu primeiro livro, “Herança viva”, foi escrito devido a uma experiência pessoal e familiar surpreendente, que gerou uma inspiração definitiva.

Isto realizou um grande desejo, bem antigo, tornando-o escritor por opção própria. Suas obras podem ser chamadas de romances contemporâneos, em sua maioria, thrillers de temáticas diversas.







@Gustavo Barberá – 31/07/2020.




9 comentários:

  1. Oi, Gustavo. Adoro suspenses e dramas que envolvem memórias apagadas, mistérios do passado e personagens confusos com todas essas situações. Adorei suas impressões sobre o livro e com ctza vou add ele na lista de futuras leituras.

    ResponderExcluir
  2. Oioi! Adoro thrillers policiais bem desenvolvidos, que deixam a gente preso ao livro até que ele chegue ao fim, e até o final conseguem surpreender com suas sacadas inesperadas. Não é à toa que sou fã de Harlan Coben. Com certeza vou procurar esse livro. Abs!

    ResponderExcluir
  3. Narração em primeira pessoa de alguém que perdeu boa parte da memória parece óbvio mas eu diria que apesar de aparentemente simples não é tanto assim não. Amo esse tipo de enredo, grato pela indicação !

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gustavo! Essa história já me ganhou na parte do suspense e mistério! Que enredo angustiante. A proposta de um personagem com parte da memória bloqueada narrando a história é bem interessante. Otima resenha.

    ResponderExcluir
  5. oi como vai? eu ainda não tinha ouvido falar dessa obra e nem do autor, mas a premissa é boa apesar de ter a sensação de que a leitura impacta de certa forma.

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante esse livro contar a história de um escritor que perdeu boa parte de sua memória. E isso, acaba bloqueando o lado criativo dele, após passar por um terrível trauma e tragédia. Gostei que em meio a uma investigação envolta de revanche e sentimentos, vamos ser apresentados a essa obra carregada de intrigas e mistério! Imagino que as cenas são bem fortes mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem? Bem interessante o enredo trazido pelo autor. Imagino que deva ser muito difícil perder a memória, ainda mais quando se é escritor e precisa de toda sua experiência para escrever, e transformar em texto sua vivência. Fiquei curiosa para saber o que aconteceu durante esse bate-papo. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  8. Olá, Gustavo 🤗
    Eu adoro um bom suspense, ainda mais com reviravolta, pq me deixam de coração na mão hahah
    Achei o título bem diferente. Gostei disso.
    Küss 😘

    ResponderExcluir
  9. É Gustavo, você sempre emplaca mais um desejados na minha TBR da vida. Fiquei curiosíssima pra ter acesso essa leitura. Eu AMO um bom mistério. Adorei o título do livro e isso já me ganha bastante. Mas adorei sua descrição da história. Estou totalmente fisgada.
    Abraços

    ResponderExcluir