Resenha do livro "O homem inacabado e outros contos"







Título Original: O homem inacabado e outros contos
Autor: Alexandre Foureaux
Ano: 2019
Editora: Chiado
Páginas: 154
Onde comprar:
Amazon

* Obra gentilmente cedida pelo autor.

     Tem vez que começamos a questionar nossa vida, de como ela poderia ser, caso mudássemos uma coisa aqui, outra lá e assim vai. Sempre haverá aquela sensação de estar faltando algo nela que nos deixaríamos mais feliz e satisfeitos. Pois é na obra “O homem inacabado e outros contos” que o escritor Alexandre Foureaux irá mostrar as várias facetas dessa obscuridade que às vezes no vem atormentar.

     A obra é uma coletânea de nove contos, onde todos têm um ponto em comum: a procura de algo que preencha um buraco criado na alma, a sensação de ser um ser humano incompleto e atormentado por fantasmas que nos fazem tomar atitudes impulsivas.



 
     São contos incríveis, aliás, que livro incrível! Foureaux escreve muito bem, as histórias te prendem o tempo todo, são histórias coerentes, concisas e diretas. Nenhuma delas em momento algum se tornaram arrastadas e sem sentido, ao contrário, quando menos se percebe, já terminamos a leitura de tão intensa e surpreendente que é cada uma dessas narrativas.

“Você tem escrito todos esses anos sobre pessoas que conhece, mas não escreve sobre si mesmo”.

     É a vida multifacetada do ser humano, onde algumas situações em certos contos fazem parte da vida de determinadas famílias, são histórias que nos faz expressar todas as sensações do nosso emocional e nos induz automaticamente ir para o próximo conto após o término do atual em que estamos lendo.


 

     São contos curtos, mas muito bem criados, nota-se neles a criatividade e o talento do autor ao cria-los. Com um vocabulário tranquilo de se entender, essa leitura é muito prazerosa e isso estende-se por todo o livro.


“O poeta parecia sorrir e se movimentar, e Josué não pôde acreditar. Não queria admitir que aquele bêbado sujo sabia de cor os poemas de Drummond”!


     Se ficou curioso (a) para conferir esses contos, não perca seu tempo e corra para adquirir seu exemplar, pois eu afirmo aqui que não irá se arrepender, conheçam a escrita de Alexandre Foreaux, que é sensacional, pois cada página lida é uma nova aventura nas entranhas de seus contos. 



Sobre o autor



Alexandre Foureaux nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 15 de outubro de 1967, um domingo muito quente, segundo sua mãe. Envolveu-se com artes plásticas e literatura muito cedo, mas acabou se tornando funcionário público. Casado com sua alma gêmea, tem dois filhos e mora em Anápolis, Estado de Goiás, Brasil.



@Gustavo Barberá – 07/08/2020

3 comentários:

  1. Tenho muito isso de questionar como a minha vida seria se eu tivesse tomado decisões diferente ou seguido por outros caminhos. Não por achar minha vida ruim ou que falta alguma coisa, mas de simples curiosidade mesmo. Acho divertido imaginar com a minha vida poderia ser completamente diferente se eu tivesse escolhido x e não y. A proposta desse livro parece ser um pouco mais pesada, no sentido de os personagens dos contos se sentirem arrependidos das escolhas que tomaram. Mas nem por isso são histórias menos interessantes, fiquei bem curiosa por aqui, porque a temática é muito boa.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Diferente a proposta desse livro. Curti! E sendo de contos então, melhor ainda, até mesmo para poder ler aos pouquinhos e talvez junto com outro. Valeu pela dica! E parabéns pela resenha.
    Beijinhos e boa semana.
    Isabelle
    https://blogalgodotipo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Gosto imenso de contos, principalmente quando os elementos da escrita estão a nossa volta. A realidade é sempre mais interessante quando descrita em linhas autorais. Mas, confesso que não sou muito de questionar o que eu seria se algo fosse diferente. Sou mais do tipo que se é para ser diferente, terá que ser...
    Mas na literatura isso é um excelente argumento.

    bacio

    ResponderExcluir